Elas vestem melhor que nós... Cuissardes...

Sempre que vejo uma gringa usando um par de cuissardes ( essas botas que cobrem parte das coxas, lembrando que cuisse em francês é coxa) fico maravilhada. Desde pequena tinha o sonho de portá-las, mas na verdade, nunca usei. Tenho a vontade, mas não as coxas para portá-las. Gringas têm pernas finas. Ponto a favor. Gringas simpliifcam o uso do acessórios. Elas fazem um absoluto equilíbrio entre o corpo, a roupa e o movimento. Gringas ( a maioria) não ficam vulgares ao usarem.  Quer mais? Gringas usam um par de cuissardes com se fossem um par de baskets ou qualquer outro sapato. Andam naturalmente, usam saias curtas que não mostram nada e fazem o look: "acordei e simplesmente minhas cuissardes entraram como uma luva numa manhã de corre e corre chuvosa". Parabéns para elas. Não às botas para nós. Reservem-nos as sapatilhas, os tênis, os scarpins. É um momento para aprendermos a misturar as coisas, sem alardes. Por um fashionismo brasileiro mais naturalista. Nada de ser telúrica ( ok, você pode adotar esse look), mas guardar a sensualidade, sem parecer fantasiada como uma dançarina de um show bizarro de tv. Ok que o carnaval está chegando, mas não somos porno-stars ou vedetes. Somos mulheres em busca de elegância. E ela não passa para nós pelo uso das botas longas com minissaias e diria mais: tampouco pelas botas com calça jeans, um hábito que destaca uma brasileira das demais a alguns metros de distância. Vestir-se bem não é estar na moda ditada pelas editoras de moda e sim entender o que podemos enquadrar no nosso life style e no nosso corpo cheio de curvas. 
Bonne nuit
A?


Paris hoje?
Uma inspiracão?

Arte nas ruas:



@anagarmendia

Bisous
A+


Um comentário:

patricia dias disse...

verdade verdadeira... a nós, só nos resta uma invejinha ... bjs Patricia Dias

LinkWithin

Posts relacionados