Um punhado de inspiração para amar...Love is lost? David Bowie...





 Nessa fase de postagens, no novo momento do site, vale não falar nada. Deixar o vento bater na foto e simplesmente quem passar por aqui, pode tentar absorver. Febres deslumbres, comportamentos, o que quer que seja. Um desejo de saias longas e saltos menores aparece. É forte. Mas também não é uma febre. Isso torna o fato bom. O torna programável. Temos algum tempo para comprar nossos sapatinhos prateados. As saias power-flower mídi são uma questão de corpo. A gente pode ou não usar. Não adianta relutar. Anos 50 sempre são revisitados. Sempre é uma palavra constante.  




Descobri hoje essa foto adormecida nos meus arquivos. Não tirei há muito tempo, mas ela me traz muito. Novos desejos. Inspiração pura.  Não preciso de tempo para entender que os shapes são outros. Contrastes. Conforto. Elegância. Um grande desafio pela frente. Não sermos iguais...


Por que não somos mesmo. Mas podemos entender e viver a moda todas juntas. Sem essa dos antigos. Dos novos. Dos vanguardistas. Temos que comunicar nossas informações. Prova? A foto. Feita em Paris. Março 2014. 



Sem perder o amor pelo som...
Grande Bowie...
Grande som...





Bye
Contando as horas para contar da expo linda que vou fazer em Curitiba e também das palestras e depois...Back to Paris...

Nenhum comentário:

LinkWithin

Posts relacionados