A revolução do street style em Paris


Está difícil, mas não impossível fazer street style em Paris. Em 2006, quando essa mania começou, eu pensava em mostrar as roupas das ruas e acabei indo parar nas portas dos desfiles. De lá para cá tudo virou uma grande referência mundial.


Nasceram as it girls, os blogs de moda acabaram por se tornar espaços para "look do dia" e a história se transformou numa grande encenação cadenciada entre personagens e labels.


Muitos entenderam que essa seria a nova maneira de vender. E era. Mas isso não quer dizer que todo esse circo, como bem nomeou Suzy Menkes, a agora colunista da Vogue no mundo inteiro, seja menos fascinante.


É entre uma porta e outra que podemos ver a evolução dos modismos. Tudo a céu aberto. Não precisamos mais dos convites. Claro, alguns são primordiais, mas talvez os menores, os mais naifs, os menos infectados pela influência do look at me, sejam para onde devemos voltar nossos olhos para descobrir realmente algo que carregue o novo.


Mas se a gente não vai aos desfiles, pode, sim, abrir os olhos e se abastecer com alguns personagens que aparecem. Continua sendo bom ver uma temporada pelo traçado real, ou quase.


O circo existe e está bem montado. A moda continua viva. E é linda.



Mais de mim?
Nas galerias de moda Vogue Brasil.

Bisous,
A+

3 comentários:

db1 comunicação & imagem disse...

Bom dia, Ana Clara!
É bom poder compartilhar com você, suas opiniões lucidas e maduras e suas imagens exclusivas.
Obrigada, sempre!

Ricardo disse...

Gosto dos seus textos mas, as vezes eu acho que você insere uma certa dose de amargor, algo que os torna mais pra down do que up. Tente observar como eram leves seus escritos anos atrás para os de hoje. Você já passou informação de moda com mais tesão ( desculpe a palavra mas, me dava tesão, vontade de apertar o F5 no teu blog. Beijos :)

Garmendia Ana Clara disse...

Ricardo querido, meus textos expressam o que eu vejo no mundo da moda. Talvez ela não esteja dando tesão como antes. Todos que estão no metier estão assim. Venha uma semana de moda para Paris e perceba que a coisa está mais down do que up mesmo! Beijos querido

LinkWithin

Posts relacionados