Bye 2013!



Fica aqui minha mensagem de moda, amor e arte para fecharmos 2013 bem e adentrarmos 14 com força. Sem a ajuda um dos outros não somos nada. Sem o olhar de quem nos admira, somos escuridão. Sem a mão do amigo, somos sós. Sem o sorriso para quem nos acompanha, somos tristes. Sem o amor pela vida, somos morte. Sem a certeza de que necessitamos e devemos ser generosos com quem quer que seja, somos vazios. Sem a força do trabalho e da consciência que precisamos dar sempre nosso melhor, somos fracos. Porque tudo isso junto é vida, é amor, é paixão, é evolução. Vamos em frente amigos. Vamos dar as mãos e fazer cada minuto de nossas vidas momentos muitos melhores juntos. Não com esse ou aquele que você sonhou ou idealizou, mas com quem está a seu lado lhe oferecendo a mão em cada momento diferente de sua vida. É o meu desejo. 
Amor a todos.

Bisous
Ana+

Review street style: Summer 2013

Best moments...


The blue, the white and the platinum shoes... 

                                                                 The rose



                                                            And the mens…





Minha vontade é de falar muito sobre 2013. Foi um ano onde os estilos se propagaram e a gente teve que se bater vendo o que acontecia no off cat walk para poder entender o que iria rolar nas passarelas. E ficou assim. Cada um viveu o personagem que quis, mas os egos se acalmaram e as roupas e acessórios ganharam mais elegância. DESTAQUES? O AZUL, A ARTE, O CLASSICISMO, OS MANCHADOS, AS PEDRARIAS, O TUDO E O NADA. 

2013 foi um ano onde os cabelos encurtaram, as saias alongaram e as blusas se cortaram. O cropped vendeu, venceu e convenceu. Voltaram as calças baggys ( e eu enlouquecida pelo meu modelo de couro) e as minissaias não saíram de combate nas mulheres de pernas muito finas e estilo la parisienne. 

Tivemos uma espécia de Vale-tudo mesmo. Dos sneakers, a praga fashio,  aos trainers, não deixamos de usar nossos sapatos sportswear. Nada que tenha eliminado qualquer tipo de salto. Fomos dos arquitetônicos da Dior, passamos pelos insisistentes Louboutins, encaramos as plataformas da Charlotte Olympya ( creio que uma das mais copiadas do ano) e acabamos caídas de amor pela coleção da Prada e Miu Miu, porque sim, eles funcionam para quem vai para o batente e ama sapatos de label.

Ufa, madrugada e eu aqui repassando tudo, com muitos desafios. Comprar uma lente nova para mudar a minha foto, fazer filmes e ainda escrever bem mais do que escrevi em 2013. Por motivos pessoais, me faltaram palavras. Muitas veses fiquei  quieta. Estava em processo de perda familiar. Algo que, mesmo que não nos deixe parar,  nos tira a vontade, a força de se manifestar. Mas eu fecho o ano com meus Retratos lançados e agora é fazer um novo capítulo da minha história com a moda. O site vai para seu oitavo ano. Nossas blogagens com notícias e textos autorais foram massacradas por blogues comerciais que vendem produtos e moda pasteurizada. Enfim, a crise passou e o mundo se dividiu entre a inteligentzia e o comercial. Comme de habitude. Voilà.
Em frente, on y vas…


Meu carinho a quem continua por aqui
2014 espero poder estar mais presente, com menos sofrimento pessoal e mais tempo a me dedicar a moda e aos amores possíveis.

Love you all
JE VOUS AIME

Bisous
A+

Máxi…Street style Paris…Coluna Agora é moda...



Sabe quando chega aquele momento em que você precisa ter algo novo mesmo que essa peça seja uma febre no mundo desde 2011? Os maxicolares estão em alta desde que Anna Wintour, a redatora-chefe da Vogue América, começou a aparecer sempre com um modelo escandalosamente lindo. Pois é. Agora você precisa ter um. Sem exageros na minha palavra. Um bom máxi é fundamental.



Com ele você pode colocar apenas uma camisetinha simples. Ele é o personagem principal na sua produção. Os modelos mais em alta são os dourados, enormes, exagerados, quase esculturas. 


Podem ser também um pouco menores. Podem ser exóticos. Podem ser em pedras. Elas não caíram. Achei que a moda ia cansar, mas os máxi se renovaram e se tornaram um dos hits de 2013 e grandes promessas para 2014. Até segunda ordem. Bien sür. Som? Clams Casino, “I’m god”. Beijos, beijos!

Link para ler a coluna completa no caderno VIVER BEM DA GAZETA DO POVO AQUI
Bisous
A+

Sobre meu livro encomendar anaclaragarmendia@mac.com



Street style Paris 2013

Começo a partir de hoje a soltar algumas imagens guardadas do street de Paris deste ano. 




Para os boys não esquecerem que o elemento sobriedade é também um modismo em mode on. Sabe que deixar para ver as imagens é sempre tão fresh. Fico pensando se, na hora que faço todas essas fotos, eu conseguisse sair de dentro do furacão, talvez pudesse ver muito mais do que vejo, mas não é assim que funciona. Então, é para gente se inspirar depois mesmo. Boy, compra um chapéu borsalino, um casaco Humprey Bogart e se joga na vida com o I-pad na mão. Amo!


Para quem está na vibe das festas e em clima tropical:







Italian style para os homens. Curte um terno estilo pijama? Então vai fundo, por que se Paris usa, o mundo pode usar. O mocassim marrom é mais total. Não precisa ter aquela cara de quem acabou de sair da loja, não precisa mesmo e, na minha opinião, não deve ter. Até para ser cafona você pode ser chique. Bem, mas minha paixão mesmo é o look dela. O vestido é o modelo que mais martela na minha mente como aquele que se deve ter agora. É uma maneira elegante de você usar o justo. Sim, esqueça os bandagens. Deixe-os para as musas da tv - para Beyoncé. Entre na linha vanguardista dos modelos de Viktor & Rolf e lembre-se: ainda que a cor anunciada para 2014 seja o violeta, o azul klein continua muito bem na parada. Para combinar? Um sapato prata. Louca para ter.

Faltam dias para eu voltar para Paris.


Bisous
A+

Retratos de uma cidade do século 21


E finalmente nasceu meu primeiro livro! Foram três anos de muito trabalho e uma total sintonia com meus, mais de cem, fotografados. Entre anônimos e famosos, fui tecendo a minha primeira obra com a técnica de fotografia que nasceu despretensiosamente aqui no blog. É um trabalho autodidata, feito em quatro cidades: Curitiba, Paris, Rio de Janeiro e Nova York. 
Aqui a capa do livro e trechos dos meus apresentadores: Costanza Pascolato (amiga querida e incentivadora de vida) e Alcino Leite Neto (também grande amigo e profissional). Tanto um quanto outro acompanharam minha transformação de jornalista graduada que sou a fotógrafa intuitiva caçadora de moda, pessoas e olhares. 

Alguns de meus personagens...



Alexandre Nero é ator, cantor e compositor, em seu apartamento no Rio de Janeiro.



Francisco Lachowski modelo internacional, fotografado ao sair do desfile de Thierry Mugler, em Paris, no verão de 2011.



Jaime Lerner, um dos principais arquitetos brasileiros em atividade. É referenciado mundialmente por seu trabalho em programar cidades. 
Aqui em seu office em Curitiba, maio de 2011. Essa é uma variação da foto que foi para o livro.



Juliana Ogliari modelo e atualmente em atividade na publicidade, em Nova York. Também uma variação da foto que foi para o livro.









Para comprar? Livraria da Vila no Patio Batel, em Curitiba. 

São mais de 200 páginas!
O preço? R$195,00 

É possível fazer encomendas pela fan page: https://www.facebook.com/RetratosdeAnaClara


Bisous!!!


Merci a todos que lotaram as estreias.  

Snapshot Paris & Milão


E acho que esse ano foi o momento propício para todos nós que vínhamos fazendo da moda nosso maior norte. Essa liberdade fez muitos olharem para outros lados e também outros lugares. 
Fui para Milão fazer fotos das peças do projeto Icarius e acabei por conhecer um universo incrível de design, arquitetura e life style. Um desses personagens que cruzei e fiquei babando com a beleza e o alto astral foi Candela Novembre. Ela é ex-modelo, argentina de nascimento e criação, mas vive na cena milanesa. Casada com Fábio Novembre, designer premiado e respeitado por lá. Adentramos a casa deles de manhã e o cenário nem precisou ser montado. O home-office de Candela e Fábio é algo que chama tanto a atenção quanto a própria beleza dela. A modelo vestiu rapidamente as peças de Icarius e simplesmente nos divertimos numa das muitas sessões de fotos - que ainda vou postar por aqui. Candela, assim como Inga Savits, foram duas personagens femininas das quais aprendi a admirar e comecei a seguir no Instagram. Fofas, lindas, talentosas e descomplicadas… Principalmente!!!


Comme il faut a gente fala em francês! 
Candela tem fórmulas fáceis para se vestir. É adepta de bons sapatos de salto alto como Jimmy Choo e Inga Savits, e ainda curte os clássicos sleepers. Na Europa, com £150,00, você compra um bom. No Brasil, não vejo a moda acontecer muito, apesar de amar a ideia. Nem eu ainda uso, mas amo ver quem usa bem como Candela. Aqui com seu jeans, sua camisa, seu chapéu e o robe do Icarius, uma das peças híbridas que a gente mais fotografou. As fotos, como sempre, são sem tratamento. Como nasceram, estão publicadas. 

Sim, Candela é um escândalo de linda mesmo sem maquiagem (Acordando!) Existe gente assim. Essa é a autêntica it-girl! Não precisa se esforçar! 
Sobre Fabio Novembre? Acesse aqui e delira assim como eu.


Ainda volto para falar mais sobre os personagens de Milão…




Mas mais um review Paris street style:





Tantas maneiras de usar o preto e o branco que é impossível não dizer que eles foram mais uma vez implacáveis na moda. A camiseta ganhou uma importância a mais nas produções elaboradas (meio estranho isso, mas é o que me vem à mente nesse momento e funciona). Não gosto de termos prontos e nem de novas nomenclaturas, mas tudo bem, aceitemos e vamos em frente. Camisetas, casacos mais compridos (bem mais), contrapontos de estilos num mesmo look e muito cabelo curto. Essa foi a febre do ano: Os cabelos e as camisetas...


E ainda as tatuagens e tudo aquilo que fala no seu look. O que você pensa e gosta de ser. Em frente que 2014 já chega, e muita coisa boa ainda acontece até lá para a gente se inspirar e pensar em novas maneiras de viver nossa moda.


A+

LinkWithin

Posts relacionados