A vida imita a arte...




hitch
Uma das coisas que mais me chamou a atenção esse ano em Paris foi a quantidade de homens vestidos de mulheres. Literalmente. Não estou falando em travestis, mas em homens. Dias antes de encontrar esse simpático senhor fashionista na porta de um desfile, eu e Luiza, a outra Garmendia, pegamos o metrô e de longe vimos um homem portando saia, scarpin, bolsa e camisa de seda. Curiosas, fomos sentar perto dele. Tanto eu quanto Lu, amamos ver aquela cena. Como se fosse algo que nunca poderíamos ver, mas ali estava diante de nossos olhos. Um homem com uma postura masculina, vestindo lindamente roupas femininas. Além do mais, ele estava de unhas pintadas e maquiado. Lindo de verdade. Uma atitude que nos rendeu um quentinho no coração. Tão bom ver alguém que assume suas vontades, seus desejos mais profundos e enfrenta a vida de frente com estranhos numa linha qualquer de um metrô de Paris. É isso. Dias depois vimos a cena da foto. Voilà, pensei. É trendy. A rua real havia nos sinalizado. 

Lembrei muito do filme "Quanto mais quente melhor"  de 1959 , considerado uma obra prima do cinema com Marilyn Monroe, Tony Curtis e Jack Lemon.  A vida e a arte andam juntas sempre.  







Bisous
A+
Faltam poucos dias para eu voltar para Paris...



Fashion Rio, Vogue Brasil....


blog6
Passei quatro dia correndo no Rio. Não fui nem à praia, mas valeram os momentos de moda e amizade que vivi. A moda enfrenta um de seus momentos mais nevrálgicos. Isso é certo. Os eventos encolheram. Temos poucos desfiles. Temos sede de mais. Mas talvez seja um bom momento de percebermos que a moda brasileira precisa realmente achar sua veia. Sua identidade. Temos alguns bons nomes. Sempre tivemos, mas parece que o medo da recusa leva a imensas réplicas do que vemos fora. Por isso, não vou comentar os desfiles, apesar de amar a moda carioca e toda a liberdade que ela nos traz. 


blog5
Mas nos meus streets acabo focando no que mais me parece ser moda e aqui uma imagem. Adoro esse look. Internacional total. Tenho um "óculos igual", disse a ela. " O seu deve ser mais fashion!!!. Fofa. Todos são. É um look vencedor sempre. 


blog4
O fato é que vi muitas mulheres  ( e homens também. Veja nas minhas postagens no site da Vogue aqui.) lindas e com caractertisticas boas. Não uniformizadas. E vi que o conceito de que o Brasil precisa estourar fora não vale. O que vale é uma moda que funcione para os lugares onde a gente viva. Sempre com o predomínio da elegância. É isso. 


blog3
Modeletes maravilhosas. Sempre de preto. Amo. A cor nunca nos abandona. É eternamente moda. Nunca temos " um novo preto". To repitindo né?  Mas também não são sempre os meus leitores. 


Na minha coluna de hoje um pouco mais sobre meus pensamentos sobre a moda:

blog
Não é um momento fácil para a moda no mundo. Tem muita gente criando roupas que não identificam o consumidor real. O universo on-line distorceu o que é moda para usar e a moda para encantar. Para saber o que é boa moda, faça o seguinte exercício: foque no olhar das pessoas. Se elas transmitirem algo forte, alegre, firme e positivo, é porque a roupa funciona. Se não conseguem passar emoção, mesmo com uma roupa incrível, então é porque essa moda é artificial. Pense assim quando for escolher as cores, as peças, os acessórios. Mire-se no espelho e perceba se você é real. Se for, mande ver na produção mais alucinante. Se não, troque tudo e tente achar sua linha. Beijos. 

Som? O novo da Carla Bruni, “J’arrive à Toi”. To escutando sem parar.
Bisous.   

Fashion Rio...

blogRIO
Direto da Marina da Glória para o site da Vogue Brasil e também umas pitadas aqui no blog. O Rio é sempre lindo des estar, viver, sentir e absorver uma maneira muito particular que o povo daqui tem de vivenciar a roupa. O Rio é mais para sentir o corpo do que a roupa. Isso é um fato consumado. Então, tudo é bonito, mesmo que não seja a última moda. Mas tem moda também como a mania dos crucifixos. Eu tenho o meu. Acabo de ganhar um lindo vindo da Inglaterra. It's so beautiful. Apegue-se a um também. É o acessório do ano.
Depois tem mais. 
Bisous
A+ 

Sobre a beleza....

tratada
Continuo na busca de imagens puras que transmitam mais que moda. Transmitam uma atitude maior. O mundo anda meio chato. Mas a gente pode transformar algo. Eu transformo da minha maneira e espero a semana que vem quando, mais uma vez, baixo no Rio de Janeiro para trabalhar, fazer as fotos e curtir aquela cidade tão especial. Ao som de Carla Bruni, faço um post quase silencioso. Tenho saudades de Paris. Tenho saudades de gente que vê arte por tudo. Tenho saudades de verdade. Vamos em frente né?
Som da Bruni que escuto e amo! 




Acompanhe meus posts diários no Facebook do PKB, melhor!!! Sexta-feira faço um replay aqui, ok?
Pode ser? Rola?
Bisous
A+


Pharrell Williams... Especial PKB...

Agoraémoda15outF4
Tenho produzido textos de segunda a sexta para o Facebook de meu patrocinador oficial, o Parkshopping.... Começo a querer publicar aqui também... Vou fazer uma pirâmide invertida ( simmm, anônimos!!!! Eu estudei e ainda estudo e a Internet foi uma invenção startada pelos ingleses ...Sorry, mas venha mais bem fundamentado!!!! Sei que rolou nos States também  e assim sucessivamente. As ideias nunca são domínio de uma mente apenas. Somos um universo onde as partículas de inteligências estão esparramadas). 
Bem, o post de hoje eu amei fazer. Vou replicar sempre aqui, ok?


Sobre moda, beleza e outras histórias…


O dia que Pharrell olhou para mim...



A primeira vez que vi o artista Pharrell Williams ao vivo foi exatamente quando fiz essa foto. Nessa época em Paris eu ainda ficava observando e sonhando em entrar em um desfile da Louis Vuitton. Era o começo de minha carreira internacional e já era apaixonada pelo street style (comecei em 99 em NY). De câmera minúscula na mão, eu ia em busca de imagens para meu blog e para meus projetos, hoje todos realidade.  Pharrell é músico, produtor, artista. Trabalha com gente como Madonna e, dizem, a fez chorar pelo nível de exigência que tem em seus trabalhos. Para a moda, Pharrell é um ícone. Elegante e visionário, o americano tem sua grife, a Millionaire, com a qual tem parcerias grandes pelo mundo da moda. Enfim, ter o olhar de Pharrell em minhas lentes e conseguir retratar como é ser chique naturalmente é um privilégio. Fica a dica de os homens serem assim. Simplesmente chiques. Simplesmente eles. Simplesmente elegantes em um terno risca-de-giz com uma gravata laranja. Corre e compra. Inspira gato!!!! Beijos. Até segunda.
 Bisous
A+



Bárbara Leão de Moura...Vogue Brasil...

barbara
A Bárbara é desses pessoas que a gente vai aprendendo a admirar. Ao primeiro instante, pelo jeito nobre que consegue absorver a moda, sem se tornar vítima. Num segundo e bem forte momento, aparece a beleza, os cabelos super bem cuidados e um olhar direto no falar. Sempre discreta, mas com a pitada de fashionismo exata que uma editora de moda de uma revista como a Vogue deve ter, ela tem aquele algo mais. Aquele "quelque chose"  que distingue uma bela mulher de uma deslumbrante. Bom-humor é fundamental para fazer alguém decolar no nosso meio ( se não o blasé vira falta de educação...). É assim que a vejo e fotografo em um bom momento da São Paulo Fashion Week. Merci "Barbarella" dos nossos dias por mostrar que é possível voar saindo delicadamente do chão a bordo de um lindo vestido de chamois, um dos trendys da estação, sem perder o equilibrio com seu scapin Pierre Hardy. Bravo! 

Um filme para entender quem me lembra nossa linda editora de moda:



Faça um efeito olhos de Barbarella. Inspiração novo filme YSL:




Bisous
A+ 

LinkWithin

Posts relacionados