Snapshot Paris & Milão


E acho que esse ano foi o momento propício para todos nós que vínhamos fazendo da moda nosso maior norte. Essa liberdade fez muitos olharem para outros lados e também outros lugares. 
Fui para Milão fazer fotos das peças do projeto Icarius e acabei por conhecer um universo incrível de design, arquitetura e life style. Um desses personagens que cruzei e fiquei babando com a beleza e o alto astral foi Candela Novembre. Ela é ex-modelo, argentina de nascimento e criação, mas vive na cena milanesa. Casada com Fábio Novembre, designer premiado e respeitado por lá. Adentramos a casa deles de manhã e o cenário nem precisou ser montado. O home-office de Candela e Fábio é algo que chama tanto a atenção quanto a própria beleza dela. A modelo vestiu rapidamente as peças de Icarius e simplesmente nos divertimos numa das muitas sessões de fotos - que ainda vou postar por aqui. Candela, assim como Inga Savits, foram duas personagens femininas das quais aprendi a admirar e comecei a seguir no Instagram. Fofas, lindas, talentosas e descomplicadas… Principalmente!!!


Comme il faut a gente fala em francês! 
Candela tem fórmulas fáceis para se vestir. É adepta de bons sapatos de salto alto como Jimmy Choo e Inga Savits, e ainda curte os clássicos sleepers. Na Europa, com £150,00, você compra um bom. No Brasil, não vejo a moda acontecer muito, apesar de amar a ideia. Nem eu ainda uso, mas amo ver quem usa bem como Candela. Aqui com seu jeans, sua camisa, seu chapéu e o robe do Icarius, uma das peças híbridas que a gente mais fotografou. As fotos, como sempre, são sem tratamento. Como nasceram, estão publicadas. 

Sim, Candela é um escândalo de linda mesmo sem maquiagem (Acordando!) Existe gente assim. Essa é a autêntica it-girl! Não precisa se esforçar! 
Sobre Fabio Novembre? Acesse aqui e delira assim como eu.


Ainda volto para falar mais sobre os personagens de Milão…




Mas mais um review Paris street style:





Tantas maneiras de usar o preto e o branco que é impossível não dizer que eles foram mais uma vez implacáveis na moda. A camiseta ganhou uma importância a mais nas produções elaboradas (meio estranho isso, mas é o que me vem à mente nesse momento e funciona). Não gosto de termos prontos e nem de novas nomenclaturas, mas tudo bem, aceitemos e vamos em frente. Camisetas, casacos mais compridos (bem mais), contrapontos de estilos num mesmo look e muito cabelo curto. Essa foi a febre do ano: Os cabelos e as camisetas...


E ainda as tatuagens e tudo aquilo que fala no seu look. O que você pensa e gosta de ser. Em frente que 2014 já chega, e muita coisa boa ainda acontece até lá para a gente se inspirar e pensar em novas maneiras de viver nossa moda.


A+

Um comentário:

Roberta Ramos disse...

Bem fashion ...

LinkWithin

Posts relacionados