Olivia Palermo, Vogue Brasil, Valentino Garavani...




Enfim volto com imagens do preto e branco da semana de Couture de Paris e a linda Olivia Palermo na entrada do desfile de Valentino. Ontem foi um dia frio e meio chuvoso, então Paris esmoreceu um pouco. Todo mundo teve que se abrir mais. Esconder o arrepiado dos cabelos, mas foi bom ver como algumas mulheres resolveram o "bad day blond hair". Penteados como o de Olivia super resolvem. Foi assim que as modelos de Alexander Vauthier desfilaram anteontem no Palais de Tokyo. Espero poder postar meus comentts aqui sobre alguns desfile como também o da Dior, uma grande evolução no trabalho de Raf Simons. Não sinto mais a falta de Galliano. Simos cria um novo capitulo da historia da Dior com uma linguagem nova. Vou postar as fotos e contar, ok? Podem me cobrar!!!



No street, a volta dos macacões. Das salopetes, continua. E ressurge a figura da garçonne...
Mais sobre os meus posts no site da Vogue Brasil. Clica aqui.


O dia em que vi Valentino!!!!


Fiz esse post hoje para o meu patrocinador. Mas repito aqui...
É muito amor ver alguém assim tão respeitoso com o povo que ficou na chuva do lado de fora da apresentação da marca que ainda leva seu nome!!!
Bravo! Segue o texto...

Sobre moda, beleza e outras histórias




O dia em que vi Valentino Garavani!!!



Sei que pode parecer futilidade eu falar que tenho alguns sonhos na minha vida de jornalista de moda, mas tenho. Realizo muitos deles ao escrever, ter um retorno dos meus leitores e saber que posso influenciar um pouco relatando do meu jeito o que vivencio por onde passo. Ontem preenchi mais um sonho. É como se eu tivesse um álbum de figurinhas e precisa completá-los. Alguns desses personagens são mais complicados de encontrar. Não estão facilmente em todos os lugares. É o caso de Valentino Garavani. O estilista italiano ainda tem uma marca com seu nome, mas não cria mais. Passou o bastão para novos criadores. Então vê-lo ao vivo e a cores em Paris e ainda acenando para o povo, foi lindo ! Explico, ok ? Valentino criou grandes peças que habitam nossos desejos  femininos. Foi ele quem vestiu Jack Kennedy para se tornar Onassis. Foi ele quem criou o mito do vestido vermelho. Quando se fala em perfeição, luxo e sensualidade é o vermelho Valentino que vem à mente de qualquer pessoa que tenha um pouco de noção de moda. Enfim, esse homem bronzeado e de idade avançada escreveu um capítulo da história da moda e eu curti muito tê-lo visto ser amável com as pessoas que estavam a sua volta. Claro que é obrigação ser educado. Mas a gente sabe que a banda, infelizmente, não toca nesse ritmo. Nesse mundo frenético de moda que vivo é muito ego para pouco talento. Sério. Então ver o aceno de Valentino me deu um sopro de esperança. Talvez o mundo da moda não esteja perdido. Talvez quem admire esse homem se espelhe nele. Talvez a gentileza ainda tenha espaço para imperar. Merci L’IMPERATEUR,  como é chamado Valentino. Grazie mille por aparecer e me mostrar que ainda existe uma lanterna acesa no fim do túnel. 


Bjos ! 
A+






2 comentários:

Cami Barth disse...

Adoramos!!!!
www.varaldeestilos.com.br
Face: Varaldeestilos

Cami Barth disse...

Adoramos!!!!
www.varaldeestilos.com.br
Face: Varaldeestilos

LinkWithin

Posts relacionados