Street à Rio 5...

Benjamin
Eis que no Rio os franceses andam dominando a parada ( começo a falar carioquês também!!!). O sol voltou finalmente e estou quase me despedindo de minha temporada por aqui. Antes ainda vou soltar imagens dessa gente que habita entre a maravilha e o caos ( parafraseando Rio 40°C o som). É verdade. Benjamin é ( +) um francês que se apaixonou pelo Rio e resolveu ser feliz aqui. Com ele, trouxe o estilo ímpar que os franceses têm, mas adicionou o gingado carioca. Ele começou a fazer dreads depois que fiz a foto. Pediu licença para atender uma pessoa ( ficamos tomando um drinque e curtindo a paz da Casa) e quando veio se despedir, ao cair da noite, estava com o look bem mais abrasileirado!!!. Benjamin abriu a Casa Mosquito, uma pousada linda toda decorada com coisas brasileiras, misturado ao bom olho francês. 
Bem, fica aqui mais um look lindo do Rio com sotaque francês. 

O som?????







Bisous
A+

Street à Rio day 4- Leblon..




blogjuliana
Depois de muitos infinitos ( parecem...) dias de chuva no Rio, resolvo dar uma de parisiense e saio com a câmera na mão pelas ruas do Leblon. Diz a lenda que carioca não sai em dia de chuva. Diz a lenda também que a carioca não sabe se vestir quando esfria. Bem, é tudo lenda mesmo. Encontrei Juliana e Gisah ( foto abaixo) em momentos separados. Juliana se veste como uma parisiense. Ao vê-la falando ao telefone, depois de ter sacado seu look, percebo que fala em francês!!!! Sim. É brasileira, mas....Morou em Paris e tem bases por lá. Fechou...Carioca acrescenta em francês seu toque ser elegante e linda em dias de chuva. 



gisah
Carioca em dia de chuva se veste "Chez Zarrraaaaaaa Paris", brinca Gisah ao explicar seu look. Gisah também morou anos em Paris, mas é carioca da gema. Ao fazer sua foto, me divirto e mato as saudades. 
Foi ela a amiga que me disse, cerca de 7 anos atrás, que eu deveria investir em minha carreira internacional com base parisiense. 

Merci ma copine. Je t'embrasse fort.
Bisous A+


Street à Rio day 3...

Blogrio
Natasha Novis aparece no outro lado da rua e eu presto atenção para ver o que ela colocou no cabelo. Tenho aprendido muito aqui no Rio. Esse mix de classicismo com o inusitado do laço no alto da cabeça mostram como a brasilidade pode ser encarada como algo de muito bom gosto, quando a intérprete tem o espírito afinado. Sucesso total. Tem gente comentando que quer ver mais Street à Rio. Estou aceitando dicas de lugares diurnos que eu possa ir fazer minhas fotos e aproveitar mais ainda a beleza daqui, ok?
Mandem sugestões!!!!
Bisous
A+

Street style Rio!

amiga
Andrea é amiga de Baby, do post anterior. Aprendo aqui no Rio como usar pouca roupa, mas ainda assim ser elegante. A camisa verde é nossa velha conhecida. Tenho uma faz uns dois anos, mas confesso que não tinha pensado em usar assim como Andrea fez. Aos poucos vou me familiarizando com uma maneira totalmente oposta de vivenciar o corpo e a roupa. Aos poucos vou achando que o Rio é o lugar perfeito no Brasil para se pensar em roupa. A moda aqui tem essa pegada do toque carioca, fantástico. Vou aprendendo com eles. Obrigada Rio.
Bon week end!
Bisous
A+

Baby do Rio... Street Style Brasil...

baby
Enfim abri meus trabalhos nas ruas de Ipanema aqui no Rio. Foi assim que encontrei Baby na Garcia D'Àvila, uma das minhas tantas ruas preferidas nessa cidade perfeita. Ser chique no Rio é exatamente essa combinação que Baby fez: ser simples, colorido e com um jogo de corpo que não exaspera na sensualidade, mas que tem ela como base. Amei. Vou postar mais imagens na seqüencia. 

Ontem também conheci Francesa Romana. Fiquei maravilhada com as parcerias feitas pela designer italiana com o grande Oscar Niemeyer e também com outros importantes artistas brasileiros.
Meu xodó? 




Melhor, um dos muitos é essa pulseira inspirada no calçadão. Amei. Depois conto mais. Francesca vai ganhar um perfil em uma das minhas colunas e eu vou guardar as infos da tarde super bacana que eu passei com ela.

Bisous
A+

Sobre o tempo...


Apesar de estar em temporada brasileira, ainda não consegui começar meu street style por aqui. Então, curto caminhadas pela orla com meu I-phone e me delicio com as possibilidades de novas imagens. Pura inspiração. Assim como Paris, paira sob o Rio de Janeiro a bruma da criação, da inspiração e, principalmente, o savoir-faire ou em bom português o saber-fazer e aquilo que eu descubro com muita intensidade: o saber viver. Para o carioca, a vida é menos complicada, me parece ao vê-los cruzar por mim e também quando troco ideias com amigos que vivem aqui. E também menos complicada no vestir, mas isso eu deixo para quando fotografar...

Enquanto isso...
Penso, logo me visto é o título da minha coluna de semana passada na Gazeta do Povo, onde usei a foto abaixo como ilustração. O link aqui.


Continuando...

blog2
 Quando recapitulo as imagens de Paris, elas me falam muito. Muito sobre o tempo que vivemos. Sobre as influências de estilos, de personagens, de lugares, culturas, enfim é tudo um grande novelo ( acabo de ouvir isso de uma amiga e incorporo total!!!), sem realmente um fio que nos leve ao começo ou ao fim. A moda de agora é o reflexo de tudo. Da mistura, da confusão econômica, da necessidade de sobrevivência da arte, do surgimento de novas ideias. Da vontade de criarmos looks novos ou de recriarmos a nossa maneira imagens velhas. 



BLOG
 É onde me deparo com essa foto, inicialmente publicada na minha coluna do site da Vogue Brasil durante a semana de moda de Paris. Aqui algumas peças antigas conhecidas nossas. A bolsa Speed monograma da Vuitton, com a marca de propriedade dela. O que para alguns pode parecer cafona, para outros é uma forma de valorizar sua escolha pelo clássico. O sapato-fetiche Valentino, lançado ano retrasado e um dos maiores sucessos da marca depois do vestido vermelho. Eu tenho um. É realmente causador de furor. Postei isso quando comprei em outubro de 2010, se bem me lembro...Tudo isso para dizer que o mais sensacional de agora são as maneiras pessoais de vivermos nossas peças. Acabo de comprar uma nécessaire da Vuitton para fazer de carteira. Vi Alexa Chung usando em uma festa em Shangai. Achei interessante e repliquei a ideia. Ao buscar a peça na loja, me deparei com a incrível alegria do vendedor. Fashionista como eu, sabia bem do que eu falava quando pedi a bolsa. Ele me explicou que, assim como Alexa, algumas clientes andavam fazendo isso. Dando uma nova leitura para peças eternas. Amei esse conceito. Valorizar o monograma Vuitton é esquecer as falsificações e adentrar dentro da historia da moda do século 19. 

C'est pas mal. Temo que nos enroscar no novelo, mesmo que pareça loucura, mesmo que nos sintamos zonzos com tantas infos. É assim mesmo que temos que prosseguir, para podermos termos vontade de misturar e fazermos uma moda mais autoral, nunca sem historia.

Bisous
A+






Menina Fantástica...Show da Vida, Mega Models...

E de repente minha rota se desviou para Foz do Iguaçu. Semana passada, logo depois de anunciar que começaria a postar coisas do Fashion Rio, meu telefone tocou. Era a produção da Mega Models me convidando para ser jurada do concurso Menina Fantástica,  Etapa Sul. Não tive muito tempo de pensar, aceitei, cancelei compromissos no Rio e voei para esse lugar maravilhoso abençoado pela natureza. Ali a gente tem a sensação que nada se pode controlar, a não ser o que realmente temos em nossas mentes. Filosofo total, porque os momentos que se seguiram foram realmente mágicos. 
Meninas lindas cheias de sonhos apareceram a minha frente. Eu tive a honra de ser escolhida para junto com o ator Daniel Rocha e Raphael Garcia, diretor da Mega Models escolher duas de dez meninas. Todas perfeitas. Todas doces. Todas cheias de vida. Enfim, foi duro, lindo e perfeito. 
Coloco o link para vocês verem do blog deles com a cobertura do dia:



E aqui a gravação que foi ao ar ontem no Show da Vida:



Foi lindo. 
Volto com novos posts
Bisous
A+




Feelings 2012...





parisconcorde
Fiquei pensando dias em postar ou não essa foto, talvez por que ela me diga tudo quando a vejo e me faltem palavras para legenda. A fase que nossa moda passa é tão marcante que soltam-se as amarras das palavras e o que vemos torna-se o que de maior temos. Tudo isso parece meio pirado, mas ao ouvir Paulo Borges durante coletiva de imprensa hoje no Hotel Fasano no Rio de Janeiro vi que não estou tão louca assim. Foi um encontro de apresentação dos patrocinadores, dentre eles O Boticário, Prefeitura do Rio, enfim a gente foi para prestigiar e bater papo com os amigos que giram o mundo pelos desfiles e que, assim como eu, deram volta para o Rio. É o terceiro evento desse ano. Imaginem!! Eu que tinha jurado que não faria nenhuma FW mais em 2012. O peixe morre realmente pela boca e aqui estou curtindo essas imagens de Paris, em pleno Leblon. Voltando ao Paulo, o Borges. Ele fala que ficou impressionado com a qualidade do trabalho dos estilistas que desfilaram na SPFW. Pouco tempo para criar= criação mais emotiva= genial. Disse que achou tudo lindo num papo com Costanza que eu peguei carona, pois trocava outras figuras com ela quando ele chegou e obviamente as atenções se voltaram para o criador desse fervo todo que envolve a moda brasileira. Ponto. Volto para Paris por uns instantes. A imagem me fala em grungismo ( tudo no desfile de Dries van Noten, a passarela imita a ruas). Esse movimento não tem o cunho de destruição que aquele da década de 90, por que confronta com os pararelos das outras duas imagens: uma lady e outra dandy. Então três estilos se equilibram e conversam. Matéria para pensar ( a da criação dos brasileiros em pleno furacão da pressa também!!!). Eu amo os xadrezes, mas não uso. A sandália Prada da foto do meio foi minha mais recente compra. A foto fez a Prada vender mais um par. Agora as ruas influenciando as vendas. 
E segue o processo. 
Em breve tem mais. Falta uma foto para fechar o ciclo prometido semana passada. 
Ela fala mais sobre o grungismo.
Vou publicar para fechar

paraleloos3


Sem palavras. Aposto que os pijamas, conjuntinhos e todos os semelhantes vão bater forte em 2013. É mais do mesmo. Assim vai ser com pitadas de genialidade de alguns criadores.
Fecho com homenagem ao Nicolas Guesquière que sai da Balenciaga no auge. 
Quinze anos de grandes modismos.
Fica aqui uma do último desfile.  




Toque de despedida com coleção inspirada na Espanha, país de Cristobal, o Balenciaga de verdade. 
Nicolas deixa sua marca.
Vai para onde?
Costanza acha que ele cansou. 
Ela sabe mais que a gente né?
Deve entrar para outra maison e criar outro barulho. É bom inverter a rotação.


Bisous
A+


Carine Roitfeld...Streetstyle 2012


carine2
Esses dias li que Kate Moss anda numa fase de preto total. Até eu ando, mas meu caso é pura falta de tempo e disposição. Muitas viagens, o que dificulta e muito minha organização de cabelo, pele, looks, equipamentos, etc. Viver como cigana em 2012 não é tarefa fácil. 
A gente sempre acaba inacabada ( repetidas palavras propositalmente...) em alguma parte, por isso Kate Moss e Carine Roitfeld me ajudam a fundamentar o quão é importante a gente ser mais que a roupa. E é fundamental o corpo bom para usar o preto justo, curto, com babado, com decote ou solto, arquitetônico!  Chego ao fim do ano com uma espécie de revolução na minha cabeça com relação não apenas à moda, mas ao estilo de vida das pessoas que vivem as roupas e parece muito complicado postar, defender uma tese de uso de essa ou aquela peça, mas.... Ao ver Carine, descomplico.  Fico certa que meu rímel borrado não é tão errado assim ( MAC que o diga apostando em Carine). Que minha não disposição para pentear o cabelo também tem um fundamento. Carine é ícone e aparece assim de preto, linda e sorridente, esperando para entrar no desfile da Hermès, no começo de outubro, em Paris, como alguém absolutamente normal. Sem obrigações de uma elegância forçada. Reflito sobre sua existência ( da elegância forçada), mas ela existe sim e sigo em frente. Carine consegue ser natural com todas as grifes do planeta para usar.


carine
Bom de ver. Bom saber que nossa moda tem ela e Kate para gente se borrar, despentear, mostrar as pernas brancas, tortas ou o que quer que tenhamos em nossos bons corpos que se não seja perfeito, mas seja nosso.
É isso. 
Desculpem se não postei todos os dias. Não pude.
Essa semana cobertura do Fashion Rio.
Também no Rio previsto mais um workshop meu, vem????



Gros bisous
A+


LinkWithin

Posts relacionados