Paris Couture 2012...

Turbante
Tem vezes que eu queria poder me vestir simplesmente assim. Um tubo marinho, um belo óculos preto e um turbante na cabeça. Quanta serenidade nesse look.  Quanta facilidade e segurança ele passa. Tem vezes que a gente quer uma roupa para se sentir mais segura, para descansar a cabeça de muitas possibilidades que podem gerar uma falência de imagem. Eis um que funciona. Sucesso. Nada de brincos, colares, anéis, apenas um turbante e uma pulseira branca para arrematar... Não sei se para mim, ou para você, mas talvez para muitas sim. Fica o registro de uma imagem feita em meio à opulência e alguns devaneios em frente à porta de desfile de alta-costura da Dior, no começo do mês em Paris. Era dia de Raf Simons estrear. Muvuca total. E ela aparece assim esplêndida. Minimalismo perfeito para o momento.Sobre o desfile da Dior e a entrada de Simons na maison, leia minha resenha na Gazeta do Povo. Link aquiBisousA+Bon Week end! 

Paris, SPFW, Rio Fashion Week, Vogue Brasil...

plumas
Dia desses fiquei pensando se a febre das plumas nos brincos tinha passado. Na verdade, ela até passou, mas cruzei novamente na porta de um desfile da alta-costura com essa moça que sempre anda com plumas enormes nas orelhas. Sinceramente penso que plumas são como a gente fala em francês indemodables, ou seja, não saem de moda. A mistura de texturas, cores e estampas e tudo que conduzir a alguns tipos de estilos como o gypsy também são mais nesse momento. Resultado: eu continuo e continuarei a usar plumas e paetês!!!! É bom a gente aproveitar que tem espaço para maximalismo e minimalismo. É tudo trendy em 2012. Vamos nessa então!


Deixei passar...
homens
Encontrei essa menino na saída de um dos desfiles da São Paulo Fashion Week e, mesmo estando agora em Paris, queria falar do look dele. Estou obcecada pelo verde militar. Tenho postado muitas opções de camuflados em meu Instagram, talvez porque Paris esteja tão verde nesse momento e eu encontre nas árvores e em seus troncos a inspiração real para minha paixão. Vou fazer um post com essas imagens tiradas pelo meu I-phone para dar prosseguimento ao assunto. Fora isso, todo mundo usa os casacos, as parcas verdes, enfim é outro tema indemodable por aqui. E no look desse menino tudo é. O jeans, o cabelo e o sneaker. Me perguntam se a febre deles passa logo, acho que não. Pode mudar o shape ( que é o que tenho visto por Paris, modelos sem saltos e de outras marcas que não o da Isabel Marant, Marc Jacobs, etc...) 
Os brancos como os dele são desse time: eternos!



Na Vogue Brasil de julho minhas fotos: 

MISS_V_spfw

MISS_V_RIO


Bisous
A+
Ainda essa semana vou em busca do streetstyle ruas reais de Paris, ok?
Agora que esquentou fica melhor de mostrar o que pegou no meio do povo!

Jean Paul Gaultier....

JPG
Essa imagem me fez ficar pensando na luta que os defensores dos animais têm para tentar acabar com o uso de peles na moda. É questão antiga. Desde que o mundo é mundo, ou que se sabe de sua existência, a cadeia alimentar obriga uns a comerem os outros e depois com a pele se cobrir. A crueldade com que se matam os animais para fazer os casacos de peles gera toda essa polêmica que, acaba não tendo fim. Criadores continuam ( e não apenas Jean Paul Gaultier, ok?) a fazerem uso de peles em suas coleções. Consumidores compram. Pele é imponente. Mostra riqueza, poder, algo particular e merecedor de um estudo profundo. Claro que temos a ala dos que não usam de jeito nenhum, como Stella Mcartney, uma das poucas adeptas do ecologicamente correto em tudo que cria. Ela é um sucesso, até mais que muitos que usam peles. Divago no meio da madrugada chuvosa de um verão particularmente parisiense. Divago por que me tocam as imagens como dessa moça fantasiada de sangue. Não fico indiferente a ela. Nem deveria. Meu dever é mostrar que existe a pele, mas também que tem gente lutando ferozmente contra. Sem agredir. Ela simplesmente estava parada assim na porta do desfile. Não falou, nem gritou, mas conseguiu me fazer pensar nela. Estratégia boa. Congrats. Não compro mais pele. Assino aqui. Sem fazer discurso. Sem atacar. Sem deixar de mostrar quando elas estiverem nas passarelas. Sem colocar as minhas herdadas fora. 
Gros bisous
Bonne nuit
Paris 16°C. 

Couture inverno 2012, Olivia Palermo, Jean Paul Gaultier, Valentino, Vogue Brasil...

blog1.8
Mais uma semana de Couture de Paris que se vai e de novo (esse é meu sexto ano de coberturas ininterruptas por aqui) tenho que fazer uma recapitulação ou até mesmo uma degustação do que marcou a temporada, fora das passarelas. Aqui em Paris, minha fase street aconteceu quase que por acaso ( antes eu fazia em viagens, desde 99, na verdade, mas não pensava em especializar). Os desfiles são lindos, mas muitos a gente não consegue entrar, como é o caso de Valentino. Sua assessoria é sempre tão dura que, cada vez que a enfrento e recebo um enorme não " eu sei que você trabalha na ...., mas não posso te deixar entrar", tenho vontade de chorar. Não chorar por perder mais um desfile, mas pela dureza e pela forma como as pessoas são tratadas. Ora, um desfile é apenas um desfile. Algo tão fugaz que, em minutos, todos estarão correndo para o próximo e nem lembrarão da maior parte dos detalhes do que acabou de acontecer. Por isso mesmo, de alguns tempos para cá, as portas acabaram sendo mais atrativas, belas e divertidas, principalmente quando vemos figuras como Olivia Palermo chegar. Olivia é o contraponto à empáfia de algumas assessorias. Ela sim é alguém que emana moda, educação e beleza, então, ver uma roupa Valentino no corpo de Olivia pode ser um show bem mais agradável e interessante do que nas passarelas. Tudo isso é tão século passado, mas enfim, Palermo compensa. Ela irradia toda a soberania que tem e mostra o quanto uma peça Valentino funciona. E eu amo assim mesmo. ( Acho que fiz esse abre por ver cenas de brutalidade na porta desse desfile, onde paparazzi bate em turista e isso acaba sendo animal, nada chique, nada a ver com aquilo que a moda quer essencialmente passar: beleza!!!!)


Go girl go!!!!


Blog1.3
Em frente, mas antes do desfile de Valentino, fui ao Jean Paul Gaultier, onde sempre sou convidada ( não me perguntem porquê, mas sou uma das poucas da imprensa brasileira a entrar, vai saber!!!!!!) , mas mesmo com convite, fico na porta curtindo o street. Adorei essa composição sportswear. Linda e fácil de fazer. Quero hoje minha calça assim! Minha cobertura do desfile de Jean Paul Gaultier especial para o diário de Daniela Falcão você lê aqui.


Blog1.2
 E dentre esses looks menos românticos, entram as modelos com excelentes formas de viver estampas e modelagens largas de jeans. Ainda boyfriends???? Ou o povo vai inventar outro nome para dizer o mesmo?




Oh j'adore!!!






blog1.10
O fluo é a melhor alegria desse verão...




blog1.9
O cabelo de Alexandra Golovanoff...


Blog1.4
A simpatia de algumas blogueiras que, mesmo que participem das Fashion Weeks, para se promoverem, são extremamente educadas e  parceiras na hora de trabalhar.


blog1.7
 A volta da saia-tutu e o azul marinho!!!!


Blog1.1
As silhuetas geométricas e simples...


Blog1.6
 Asas e cores para gente voar e sonhar...






blog1.5
Dots...


Vê todo meu street + textos para o site da Vogue Brasil aqui. 
 Outra coisa legal que eu fiz essa semana foi ver o lançamento do projeto de Christian Louboutin com a Disney. Ele recriou o sapato da Cinderela.
Um texto sobre esse momento publicado no blog Shakespeare de Batom.



Link aqui.
Bisous
A+

Couture Paris inverno 2013...

couture11
Divertida a semana de alta-costura Paris verão 2012/13. Muita correria, por enquanto algumas imagens e o link para o site  da Vogue Brasil.

Paris Couture Winter 2013...

Paris' F/W fashion week was a lot of fun. Lots of running around as well, but for now here are some images and the link to Vogue Brasil website.



couture4
Lê e vê acessando aqui.

Bisous
A+



Read and see clicking here.

Bisous
A+

Translation: Juliana Ogliari

Lanvin, Haider Ackermann, Paris menswear 2012/13...

lanvin
Encerramos a semana de moda masculina primavera-verão 2012/13 hoje. O dia abriu com o desfile da Lanvin. Um café da manhã gostoso e cheio de diversidade. A passarela da Lanvin traz a roupa do europeu moderno com pegada discreta. Nada de exageros, fora um toque de prata, uma pincelada de estampas em conjuntos como pijamas de mangas curtas. O estilista da marca é um belga. Lucas Ossendrijver tem o aval do diretor criativo Albert Elbaz em tudo o que faz, então o desfile é redondinho sempre. Amo Lanvin maculina. Veja a coleção completa aqui e se delicie. 



Lanvin, Haider Ackermann, Paris menswear 2012/13...

And we finish Mens fashion week SS 12/13 today. Starting the day with Lanvin. A delicious breakfast, with lots of diversity. Lanvin's fashion show brings the outfits from the modern european with a discreet touch. Not exaggerated, besides a touch of silver, a touch of prints in sets as short sleeves pajamas.  The designer for the bran is belgium. Lucas Ossendrijver has the freedom from creative director Albert Elbaz in everything he does, so the fashion show is always a big deal. I love Lanvin mens. Take a look at the full collection here and enjoy it...




blogmenslanvin
Mas eu me delicio mesmo é com o extra passarela. A mistura de povos que vêm para Paris desfilar seus modismos, suas vontades. Essência cultural carregada de charme. Não importa se é manhã, tarde ou noite, tudo é festa. Tudo é motivo para aprendermos novas formas de usar certas roupas. As que mais me chamaram atenção hoje foram as saias rodadas. Elas estavam por tudo, mas não apenas elas. Afinal a hora não é mesmo de uniforme. É sim de valorização. Firmar estilos. Preto com tudo. Darkismo romântico. 





But i what really enjoy is the extra fashion show. The mix of people that come to Paris to show off their own trends, their wishes. Cultural essence charged with charm. It doesnt matter if its morning, afternoon or night, its all party. Everything is a reason for us to learn new ways of wearing certain pieces. The ones that caught my attention the most today were the full skirts. They were everywhere, but not only them. Because now its not the time for uniforms but values. Address styles. Black with everything. Romantic darkism.
also always in with the french girls. Its pure class, absolute and passionate.



paul3
E estilos tão diferentes que eu me pergunto: de onde sai toda essa gente? Lindo. Imagino vindo de um Mississipi moderno. 


And so many different styles that I ask myself: where do all these people come from? Beautiful. I imagine them coming from a modern Mississipi.






menslanvin3
E para quem é leitor do blog de outras temporadas, o reencontro com o garoto francês que eu limpei a maquiagem junto com Marina Sprogis na saída do desfile Vuitton inverno. Contei aqui. Ele não queria voltar para casa com maquiagem. Abordadas na porta do metrô, resolvemos a parada para ele. 
" Oui madame, j'ai ne pas oblié de vous", ele sorri, me cumprimenta e mostra o quanto cresceu em seis meses. Simon é um dos tops dessa estação. Abriu e fechou muitos desfiles. Fofo. Não esqueceu daquele dia! 





And to those that have been visiting the blog for a longer time, here's my reunion with the french boy whose I wiped the make up off together with Marina Sprogis, when leaving Vuitton FW fashion show. He didnt want to go back home with make up. So we helped him out in the subway. Oui madame, j'ai ne pas oblié de vous", he smiles, says hi and shows how much he has grown in the last 6 months. Simon is one of the tops of this season. He 
opened and closed many shows. Cutie. He did not forget that day.




paul2
E a semana masculina vai bem mais além. Não é tempo apenas de homens jovens com cheiro de talco Pompom ( essa saiu do fundo do baú!!!!). Aqui se vê jeitos lindos de viver a maturidade. Aqui se aprende a amarrar um lenço de seda e fazer um rabo-de-cavalo não parecer algo antigo. Lindo.





And mens fashion week goes way beyond. Its not only time for young men that smell like baby powder. Here you can see beautiful ways of living maturity. Here you can learn how to tie a silk scarf and wearing your hair up without looking so old. Beautiful.





paul
E ainda a conexão inglesa dos meninos do desfile do Paul Smith. Mais invenção. 



And more, the english connection of the boys during Paul Smith fashion show. More creativity.


menslanvin2
Mais estilo. Mais informação. Mais atitude. E muito cigarro. Em pesquisa: de cada três franceses, dois fumam. Ouvi alguém dizendo. Não é bonito, mas é um reflexo dos tempos. O cigarro virou tão vilão que acabou sendo uma atração, um ato de rebeldia, melhor, voltou a ser. 





More style. More information. More attitude. And lots of cigarettes. Research: 2 in each french smoke. I heard someone saying. Its not pretty but its a reflection of the times. The cigarette turned into such a villain that became an attraction, a rebel act, it became cool again.





haider
Na Lanvin também cruzei com Haider Ackermann, o homem que veste Tilda Swinton e que Karl Lagerfeld considera seu único e possível sucessor. Responsa. Se Ackermann algum dia for para Chanel vai ter revolução por lá. 



At Lanvin I also ran into Haider Ackermann, the man that dresses Tilda Swinton and that Karl Lagerfeld considers to be his only and possible successor. Pressure. If Ackermann goes to Chanel one day, a revolution will happen.




menslanvin4
Fechando em contradições. As saias rodadas estão com tudo, mas as lápis nunca saem do gosto das francesas. É classicismo puro, absoluto e apaixonante. 
Bisous
A+



Talking about contradictions, the full skirts are super in right now, but the pencil skirts are also always in with the french girls. Its pure class, absolute and passionate.

Bisous
A+

Translation: Juliana Ogliari




Sharon Stone, Ann Demeulemeester, Dior Homme, Paris menswear 2013...

sharon
Faz menos de dois meses que cruzei com Sharon Stone em São Paulo na festa dos 37 anos da Vogue. Vi ela de pertinho e fiquei realmente impressionada com a naturalidade de sua beleza. Sharon não é uma mulher normal, afinal teve a sorte de nascer e crescer no lugar certo e por isso se tornou um dos maiores sexy simbols do planeta. Mas Sharon poderia ser normal, assim como tantas outras mulheres que se cuidam e se posicionam com firmeza em qualquer situação. Hoje a vi novamente no desfile da Dior Homme. Não estava com o galã argentino que eu fotografei no meu Instagram e postei aqui antes da notícia do romance explodir Brasil afora ( esse blog não é um espaço para fofocas, então eu nunca entro em detalhes, por que realmente não me interessa com quem Sharon vai para casa!!!!). Estava com seu filho e alguns seguranças em volta. Não tão bem-humorada como no Brasil, vi uma Sharon igualmente linda. Percebi que tem silicone nos seios e que os cabelos, assim como o de quase todas as loiras que conheço, são levemente escassos.


It's been less than 2 months since I ran into Sharon Stone in Sao Paulo, at the 37 year anniversary of Vogue party. I saw her really close and was super impressed with her natural beauty. Sharon isn't a common mortal, she Hassan lucky to be born and raised in the right place and that's why became one of the biggest sex symbols in the planet. But Sharon could have been normal, just like many other women that take care of themselves and position themselves firmly in any situation. Today i saw her again at the Dior Homme fashion show. She wasn't with her Argentinian beau that I photographed and posted on my instagram before the gossip went all over Brazil (this blog isn't about gossip that's why I never get into details. And it's not of my business who Sharon goes home with!). She was with her son and some body guards. She wasn't as smiley as when I saw her in Brazil but equally as beautiful. I noticed that she has had a boob job and that her hair, just like many other blondes I know, is slightly damaged. 




sharon2

Isso não a deixou mais feia, isso a deixou mais real e explicou por que ela é tão ícone: por se aproximar de uma mulher real. O que realmente é.  Tem manchinhas na pele, algumas rugas comuns a quem não é toda plastificada e pronto. Simplesmente Sharon. Uma boa musa para gente se inspirar. Como roupa um terno e uma camisa branca. Nada mais. Nada melhor para uma aparição com um filho carregado pela mão. Bem posicionada. Elegante. A copiar!!!!


That doesnt make her ugly, that makes her more real and more clear of why she is such an icon: for being close to a real woman. What she really is. She has dark spots in her face, some normal wrinkles for not being full of Botox and that's it. Simply Sharon. A muse for us to get inspired. As an outfit, a suit and white shirt. Nothing else. Nothing better for a showing with the son, carried by the hand. Well positioned. Elegant.

More...
No mais....


IMG_0481
Vestir-se masculinamente feminina é assim. Misture salto com terno. Adicione brincos, batom e sorria. A vida fashion pode ser bem divertida e nada caricata. Amo esse look.

To dress in a masculine way being feminine is like this. Mix heels with a suit. Add earrings, lipstick and smile. The fashion life can be lots of fun and non caricature-like. I love this look. 




boys
E também curto a fase jeans e camisetas com imagens de bichos que os boys usam. Quase todos os cabelos lambidos até agora. É moda para pegar. Nada de engomar tudo não, é easy going mesmo... Nas passarelas têm sido assim. Até agora o melhor desfile foi Ann Demeulemeester, um show de peças que servem para eles e para gente. Na Dior hoje muito blue. A hora é dele. Falei antes né?
Quer ver os desfiles? Acessa o Style.com. Cobertura completa e boa por ali.
Amanhã encerra mens com Lanvin e Paul Smith de melhor.
Eu vou.
Depois conto.
Bisous
Paris com lua quase cheia.
A+

And I also love the denim and t-shirt with images of animals phase that the boys are using. Almost all of them with the hair pulled back with gel so far. Its trendy. But not gel overload, it's easy going. It's like that in the runways too. Best show so far was Ann Demeulemeester, a fashion show with pieces for them which can adapt to us women as well. Dior had lots of blue. It's blue time now. I said it before, haven't I?
Want to watch the shows? Go to style.com. Full shows there. Tomorrow we end with Lanvin and Paul Smith. 
And I'm going. 
Will tell you about it later. 
Bisous
Paris is almost full moon! 
A +

Translation: Juliana Ogliari


LinkWithin

Posts relacionados