Lacoste, Felipe Oliveira Baptista, Sharon Stone, festa Vogue, Temporada de saias...Streetstyle, entre outros...

blogsaias
Semana passada, publiquei na minha coluna na Gazeta do Povo, um especial sobre saias, mas fiquei com vontade de falar mais. Saias são grandes acompanhantes para quem, como eu, gosta de moda, mas não tem tempo para ficar horas escolhendo o look ( e quem tem???). Saias são sensuais. Os modelos longos transparentes ou não ( porque a gente teve a fase do não ao forro, agora vale os dois, sendo mais o com de novo...) estão na mira do tiro. Eu comecei a usar no verão passado e não paro de investir em novos modelos. Curto com um tênis que comprei em Paris e não é da Isabel Marant, é mais leve. O Marant é lindo, mas pesado. Falando nisso, em temporada brasileira, fico de boca aberta com as cópias que grandes marcas fazem do tênis da Isabel. Feio mesmo. Até parece que os brasileiros não tem força criativa para fazer uma moda nossa. O pior é que não são marcas sem dinheiro. 


Lacoste, Felipe Oliveira Baptista, Sharon Stone, Vogue party, Skirt season...Street Style and more.

Last week I published in my column at Gazeta do Povo, a special about skirts, but I want to talk more about it. Skirts are a big deal for people like me, who loves fashion but does not have the time to spend hours choosing an outfit (and who does?). Skirts are sensual pieces. The long skirts, see-through or not (because we did have a very transparent phase, now both styles are in, but the non-transparent is winning) are totally happening. I started wearing it last summer and I keep on investing in new styles. I love a pair of sneaker I bought in Paris and its no Isabel Marant's, its lighter. The Marant shoes are beautiful, but heavy. Talking about that, during brazilian season, I get shocked with the imitation that big brands do of Isabel Marant's sneakers. So ugly. One would think that brazilians are not creative enough to make our own trends. And the worst is that these are brands with money.

Anyway, the skirts...

Continuando as saias...


blogsaias2
Boas versões justas, retas e estampadas. Lindo para usar com as jaquetas bikers, outras estrelas da temporada. Sabe que fico pensando em como usar um modelo desses e chego a conclusão de que antes de curtir realmente um modelo de roupa, devemos pensar se teremos condições de nos movimentarmos com elas. Para mim, uma biker é inviável.  Continuo batendo forte com minha perfecto Rick Owens feita com lã e uma pelica quase segunda pele. 


Good versions of it: tight, straight and printed. Gorgeous to wear with biker jackets, other big trend of the season. I keep on thinking on how to use a style like this and I get to the conclusion that before we actually love a certain trend, we must think if we can move when wearing it. For me, a biker jacket is impossible. I keep on going with my perfect Rick Owens made with wool and a leather that is almost second-skin.



blogsaias3
E esse modelo com meia curta e sapatilha. Sem ver apostaria que não ira rolar. Para ela sim. Pernas finas, longas e retas. Cool. Curti e super curti esse casaco de pelo!!!!! Boa opção para quem é contra o uso de peles. Faz um efeito menos pretensioso, menos agressivo e ajuda a manter a moda em dia com o politicamente correto, se é que isso é possível... 



And this other version of short socks and flats. Without seeing it i wouldnt believe in it. But it works for her. Long, skinny and straight legs. I love it and also love this hair coat. Good option for those against fur. Gives a less pretentious look, less aggressive and it helps on embracing fashion in a more politically correct way, if thats even possible...


O link da coluna sobre saias publicada no jornal aqui
E mais um link de uma outra coluna que tenho na revista do Viver Bem aqui


Bem, eu sigo em temporada brasileira. Anteontem foi a entrevista com o Felipe Oliveira Baptista em São Paulo e a excelente constatação do quão talentoso ele é ao ver as peças da Lacoste expostas no show-room da marca. A Lacoste fez uma grande virada com Baptista na direção-criativa. Apaixonei pelas camisas de seda!!!! 
Também foi um barato a festa dos 37 anos da Vogue na casa Petra.
Sharon Stone ao vivo no meu Instagram:




Heres the link to the skirt article in the newspaper.
And one more link about another column I write for Viver Bem magazine here.

And I move forward in the brazilian season. A couple of days ago was the interview with Felipe Oliveira Baptista in Sao Paulo and the excellent realization of how talented he is when taking a peek at the Lacoste clothes in their showroom. Lacoste had a big turn with Baptista directing their creative vision. I fell in love with the silk shirts!!!
It was also so cool to see the 37 years of Vogue happening in the Petra house.
Sharon Stone herself from my Instagram:






Era para ter feito o foco nela, mas ele roubou a cena. De qualquer jeito, Sharon é linda. Vestia um preto básico, cabelos puxados, sem muito esquema.
 Lembra do meu post???? E quase nada de maquiagem. Perfeita.
Amei São Paulo.
Amanhã Belo Horizonte para o casamento da Cris Guerra!
Mais festa fashionista.


Som de hoje:



The focus was supposed to be on her but he stole the scene. Anyway, she is gorgeous. She was wearing a basic black dress, hair up in a ponytail and simple as that. 
Remember my post? Almost no make up as well. Perfect!
I loved Sao Paulo.
Tomorrow is Belo Horizonte for Chris Guerra's wedding!
More fashion parties.


Today's music:





Bisous
A+


Bisous
A+





Translation: Juliana Ogliari  www.stealthelook.com.br

Anna Dello Russo streetstyle 2012...

anna
Ver Anna Dello Russo passou a ser uma das coisas mais divertidas e instrutivas que me aconteceu nos últimos seis anos. A editora de moda italiana não é apenas alguém que coloca roupas espalhafatosas e se entrega aos delírios de uma posição antes ocupada por Anna Piaggi, ela é muito mais. Anna ensina a usar o simples também. E é essa uma das partes que eu mais gosto de vê-la encenar. Ok que esse vestido preto para- quem não é fashionista- pode ter alguma intenção ousada, mas no caso de Anna é puro despojamento. Amo as sandálias -botas. Amo também esse óculos de gatinho. As modas aqui se entre-cruzam em Anna. Voltam os comprimentos mais secos e longos. Anna ensina como usar um cabelão solto e alisado e eu me dou conta que as chapinhas vão voltar agora, nesse momento, quando entro no mundo excêntrico de Anna para tentar falar de simplicidade. 
Bisous
A+
Bon week end


Watching Anna Dello Russo turned to be one of the most fun and instructive things that happened to me on the last six years. The Italian fashion editor is not only someone who wears funny clothes and opens herself to a position that used to be Anna Piaggi's, she is much more than that. Anna teaches us how to dress simply as well.  And this is one of the parts that I enjoy the most seeing her live. I'll admit that this black dress, to those not-fashionistas can be of a daring intention, but coming from Anna looks purely trendy. I love the sandal-boots. I also love the cat eye sunglasses. The fashion scene here interlaces with Anna. The shaped and longer lengths hair come back. She also shows us how to wear the hair down and straightened and I realize right now, in this very moment while entering Anna's eccentric world to talk about simplicity, that the super straight hair will make a return.

Bisous
A+
Bon week end



Translation: Juliana Ogliari www.stealthelook.com.br

Streetstyle Paris, Natalia Vodianova, Antoine Arnault...

blogcabelos5
Tem dias que a gente acorda e não tem vontade de pentear o cabelo, tem vontade de se produzir, ficar linda, mas o cabelo, ele não. Passo uma temporada brasileira e quando ando por aqui percebo a cultura local de todo mundo correr ao salão para ir até ao supermercado, mas ao olhar as imagens das gringas me consolo e fico na vibe cosmopolita. Um penteado puxadinho pode resolver tudo. As meninas que saiam do desfile da Louis Vuitton me inspiram a realmente continuar minha opção de, algumas vezes, dar um off nos cabelos soltos. Assim como elas, muitas outras obedecem essa desordem de obrigatoriedade de perfeição da cabeça aos pés. Não que não estejam perfeitas, não é? 




Streetstyle Paris, Natalia Vodianova, Antoine Arnault
There are days when we wake up and do not feel like brushing our hair. We might feel like getting all pretty and dressed up, but not the hair. I spent a season in Brazil and when i am here I notice the local culture. of everybody running to hair salon, even if only to go do groceries. But looking at other nationalities, I feel better about myself and try to keep myself in this cosmopolitan vibe. A tight bun can solve it all. The girls that were leaving Louis Vuitton fashion show really inspired me to continue to have this option, of sometimes, give the hair down a little break. And just like them, some other women also obey to this not-so-perfect look from head to toes. Which doesnt mean they dont look perfect, right?



blogcabelos4
A roupa é linda e o descaso, o cabelo puxado de qualquer jeito pode nos deixar com um ar de não totalmente abduzida pela moda. Elas são fashionistas e dão o exemplo libertador. 


This outfit is beautiful and the laid back, casual bun can give us a certain look of not-yet-completely-abducted by the fashion standards. They are fashionistas and set the free example.

blogcabelos3
Bom ver tudo isso acontecer. Ver que mesmo as mais comprometidas com a imagem se dão o prazer de sorrir com os cabelos presos de qualquer jeito. 

its nice to see all of this happening. To see that even the women who are more commited to their images still give themselves the pleasure to smile with their hair casually in a bun.


blogcabelos2
Se a roupa tem tanta informação, a pegada pode ser super cool com a liberdade do penteado ou melhor...


And if the outfit has a lot of info on it, it could be super cool to just transcend that freedom of the hair with a hair style or, even better....


blogcabelos
O não penteado. Natalia Vodianova deixa o desfile da Vuitton escoltada por seu namorado Antoine Arnault ( um dos principais herdeiros do grupo LVMH) também com o não cabelo, com o saí correndo e mesmo assim tenho minha beleza intacta.  Bom, muito bom. Vou continuar aplicando a fórmula. Liberte-se você também. Use roupas lindas e brinque com esse descaso proposital. Delicia de ver e saber que todas, mas todas mesmo, têm seu dia de preguiça. Mulheres de verdade. Essa é a sensação que tenho. Voilà. 
Bisous
A+


The lack of one. Natalia Vodianova leaves the Louis Vuitton fashion show escorted by her boyfriend Antoine Arnault (one of the LVMH group heir) and also with the non-hair, with the "i left in a rush but my style is still intact". Very good. I will keep on believing in this formula. Wear beautiful clothes and play with this casual look on purpose. It is a relief to know that all of us, but really all of us, have our lazy days.
These are real women. This is the sensation that I have. Voilá.
Bisous.
A+

Translation:
Juliana Ogliari
www.stealthelook.com.br



Dior, Galliano, Raf Simons...

galliano
Parto de uma imagem do desfile do label Galliano desenhado por Bill Gayten para falar da ida de Raf Simons para Dior. Semana passada, durante um curso que facilitei em Curitiba, através do Instituto Moda Rio, revi um vídeo feito por mim durante uma visita ao Museu Dior em Granville, lugar na costa francesa onde Christian Dior passou a infância e de onde saiu muito do espírito da grife. Uma das observações dos membros da maison que nos guiavam na visita para ver a exposição Le Grand Bal Dior, era a comparação da roupa com uma rosa. Delicadeza no toque, perfeição, cuidado e aparência simples. Isso me faz pensar que, quando Galliano entrou na Dior, ele quebrou essa intenção do DNA da marca. Tudo que criou durante os anos que ficou por ali foi extremamente exagerado, uma revolução em códigos, uma genialidade extraordinária, mas que, na verdade, não traduzia a intenção do que o monsieur Christian implantou a partir de 1947 quando fundou sua grife no n° 30 da avenue Montaigne. Isso me faz pensar que contratar Raf Simons, o cara que acaba de deixar a super minimalista Jil Sander para tocar as criações da abandonada Dior, é um grande acerto de contas com o passado. E que, mesmo com a falta que sentimos dos grandes desfiles que Galliano apresentava, o que a Dior precisa para vender nada tem a ver com isso. Passados alguns meses do escândalo que derrubou o inglês da direção artística da casa, os números mostraram que, não, não era necessário tanto escândalo para fazer crescer a rentabilidade da Dior. Então, sim é um acerto colocar o discreto Simons para fazer as novas coleções. Dior é um sucesso e, assim como tantas outras marcas, não precisa de um ego à frente de suas criações e sim de alguém que faça o sonho do luxo francês continuar a existir e fazer a economia da moda continuar a apresentar números positivos. Bonne chance Raf!!!


Aqui o vídeo da visita à Granville. Por sinal vai abrir uma outra expo dia 12 de maio. A "Stars en Dior, de l'écran a la ville" permanece até 23 de setembro. Vale a ida! Eu vou!!!!!!





Dior, Galliano, Raf Simons
I start with an image from the Galliano fashion show, illustrated by Bill Gayten, to talk about the Raf Simons joining Dior. Last week, during a course I facilitated in Curitiba through the Instituto Moda Rio, I saw a video made by me during a visit to the Dior Museum in Granville,  place in the French coast where he spent his childhood and from where much of the spirit of the brand came from. One observation from the members of the maison that were guiding us to see the Le Grand Bal Dior exposition, was the comparison between the clothes and a rose. Such a delicate touch, perfection, care and simple look. That makes me think that, when Galliano entered Dior, he broke this intention of the brand having a DNA. Everything he has created during the years he was there was extremely exaggerated, a revolution in codes, an extraordinary geniality, but it didn’t truly translated the intentions that Monsieur Christian had implemented since 1947 when founded his number 30 store at Avenue Montaigne. That makes me thing that, hiring Raf Simons, the man that just left the super minimalist Jill Sanders to move forward with the abandoned creations from Dior is a big history from the past.
And that, even with how much we have missed the fashion shows that Galliano put up, what Dior needs in order to sell has nothing to do with this. Some months past the scandal which ruined the english art director of the brand, the numbers showed that no, so much scandal wasn’t necessary to make Diors rentability grow. So yes, it is some type of old contract to place the discreet Simons to create the new collections. Dior is a success and like many other brands, it doesn’t need an ego fronting its creations but needs someone to make the dream of french luxury keep on existing and make the economy of fashion keep on showing positive numbers. Bonne chance Raf!

Here is the video of the visit to Granville. By the way, another expo is opening on May 12th. The  "Stars en Dior, de l'écran a la ville" stays open until September 23rd. Totally worthy. I am going!











Bisous
Mais blogagens? 
Segue minha pupila no seu Shakespeare de batom
A+ 


Bisous
More blogs?
Follow my niece at Shakespeare de batom
A+ 



Translation: Juliana Ogliari

Paris Páscoa Brasil...Miu Miu, Louis Vuitton, Renner, Marc Jacobs... Paris – Easter – Brazil…Miu Miu, Louis Vuitton, Renner, Marc Jacobs…

pascoa
Não que eu tenha muitas convicções sobre coelhos de páscoa, mas agora olhando essa foto ( feita no dia do desfile inspirador de Viktor & Rolf, no começo de março) me inspiro em pensar em looks e acessórios que possam divertir e também trazer um certo mistério ao nosso momento. Não que eu teria essa coragem louca de sair assim de casa, mas sim que eu acho essas autoralidades lindas. Inspiração, desejo de fetiche, um certo humor e uma grande harmonia entre quem usa e a imagem que gera. As orelhas foram tão moda quando Marc Jacobs fez aquela coleção encabeçada por Madonna ( 2010, não???) e agora acredito que ganham um refresh e voltam à tona. Nem que seja por apenas um momento. Nem que seja no começo de troca de estações, nem que seja para dar aquele toque que faz a gente pensar que a moda pode ser bem divertida...


Foi show meu WKP com o Instituto Rio Moda em Curitiba. Minha caravana de tendências e criação pelo Brasil continua. Em breve: Porto Alegre e Rio...






Quem quiser ver a revista da Renner na internet com toda minha colaboração
clica http://campanhas.lojasrenner.com.br/2012/revistainverno/revista-inverno-renner





Not that I have many convictions about easter bunnies, but now, looking at this picture (from the Viktor & Rolf, beginning of march) I get inspired and start thinking about looks and accessories that might bring fun and also a little mystery to our moment. Not that I would be courageous enough to leave the house like this, but I don’t think its beautiful. Inspiration, fetish, a certain humour and harmony between the one wearing it and the one looking at it. The ears were a big hit when Marc Jacobs did that collection fronted by Madonna (I think in 2010, right?) and now I believe that they are coming back – even if just for a moment. Even if only in the beginning of the season's, even if only to give that little touch that makes us realize that fashion can be a lot of fun…
My WKP with the Instituto Rio Moda in Curitiba was great. My brazilian trip of trends and creations continues. Soon: Porto Alegre and Rio.


And for those who want to flip through the Renner magazine online that has my collaboration please click:

Som que eu curto agora:





E das Misturas para o inverno temos...


And for winter trends:

BLOGMISTURAS
Sobreponha comprimentos, ouse na meia curta ( eu uso e amo!!!) da Miu Miu. Be careful, but is so lovely...
O segredo aqui? A harmonia entre as cores e a silhueta fina dela...
J'adore...

J'adore aussi...


Rendas, jeans, couro, glitter e transparência...


Bisous
A+





Different lengths, Miu Miu short socks (I wear them and love!!). Be careful, but is so lovely...
The secrete here? The balance between the colors and her tiny silhouette. 
J'adore...
And, 
J'adore aussi...


Laces, denim, leather, glitter and sheer….


Bisous
A+

Translation: Juliana Ogliari

LinkWithin

Posts relacionados