Francesca Romana, Oscar Niemeyer...




Entrevista com Francesca Romana onde ela fala sobre parceria com Oscar Niemeyer publicada hoje no jornal Gazeta do Povo. Coincidentemente no dia em que perdemos o mestre da arquitetura brasileira.
Fica aqui minha homenagem. Fica aqui um centelha do que ele distribuiu pelo mundo no trabalho de Francesca:


Ana Clara Garmendia  /


Francesca Romana Diana é uma das mulheres mais interessantes que encontro em uma temporada carioca. Italiana de Nápoles, a designer escolheu o Brasil como morada por ter encontrado aqui o que mais considera importante na sua criação: as pedras.  Num bate-papo informal me encanto com a mistura das duas culturas no trabalho de Francesca. Suas bijus vão além do apelo estético. Tem arte, arquitetura e historia junto, o que torna tudo com uma dimensão muito maior nesse momento em que consumir não é palavra de ordem. Mergulhe você também no estilo de Francesca e aproveite a inspiração que essa italiana trouxe para as nossas terras. Puro primor.

Como começou sua carreira? O que a levou a trabalhar com arte e joias?
Ainda criança, eu já tinha uma paixão para a arte e para as pedras preciosas. Eu ficava encantada com as jóias das mulheres da minha família e meus pais sempre incentivaram a minha paixão, através de viagens e visitas a museus e obras de arte.  
Quando cheguei ao Brasil meu sonho se tornou possível e comecei a  criar minhas próprias peças.



Como é  o processo de parcerias com grandes nomes, como Oscar Niemeyer, entre outros? É difícil?
Trabalhar a quatro mãos é uma experiência única, existe uma troca enriquecedora. Niemeyer foi o primeiro artista com o qual fiz uma parceria  e ele me deu segurança e palpites fundamentais na fase de criação. Mostrei para ele recentemente o fruto de nosso trabalho juntos e foi um momento muito especial e emocionante para mim 
Por que escolheu Rio de Janeiro para viver? Tem alguma semelhança com sua cidade, seu país? Conte um pouco e fale também onde nasceu.
Escolhi o Rio de Janeiro por ser uma cidade linda e por estar perto da minha matéria prima preferida, ou seja as pedras brasileiras.
Eu nasci em Nápoles, cidade que tem muitas semelhanças com o Rio, seja pela natureza onde mar e montanhas se fundem, seja pelos grandes contrastes sociais. 


Qual a diferença entre uma brasileira e uma europeia elegantes?
As duas são maravilhosas, mas acho que a brasileira se destaca porque não tem medo de ser feliz, é capaz de ser elegante e sorrir ao mesmo tempo. 
O que uma mulher deve ter de mais importante em seu look?
Em geral, o importante é  o resultado final, a harmonia e o equilíbrio da produção. Sem esquecer um acessório bacana que se destaca, pode ser um colar, um brinco, uma mão cheia de anéis.
Atitude de pessoa feliz é o ingrediente final para brilhar.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Posts relacionados