Simplesmente Hermès Christophe Lemaire...

hermes
Era dia de desfile de Hermès no Jeu de Paume, um dos dois pequenos museus que ficam nas portas dos Jardins de Tuileries e de onde se tem uma das vistas mais fantásticas de Paris. O que me chamou a atenção nesse look, além da postura da menina com a roupa, foi sua despretensão total, suas cores e sua funcionalidade. Confesso que fiquei surpresa ao saber que era tudo Hermès por Christopher Lemaire. Confesso também que passei a gostar mais do trabalho dele, ainda mais que acabara de ver um excelente desfile.  Foi a terceira apresentação de Lemaire como sucessor de Jean Paul Gaultier na tradicional casa francesa e ele consegue imprimir um novo código, algo que foge daquilo que pretensamente deveria casar com a alma de tudo. Aqui a alma é o criador.  E a missão é a moda. Tudo certo. Amei. Olho nele e na Hermès daqui para frente. Confesso novamente que a saída de Gaultier tinha me deixado meio desorientada com relação à Hermès. Agora não mais. Meu coração volta a se interessar e querer mais. Amarelo? Uma boa cor para pensar em usar. Esse shape também. E as botas claras têm um certo ar de quase não usável, mas ficaram perfeitas.
Bisous
Sigo na saga dos looks
A+ 

Um comentário:

Zoe de gaia disse...

Ana querida

...sublime...impossivel não pousar o olhar sobre numa imagem tão forte e simples...nada e tudo ......
valeu renovo minha manhã.

bisoussssssssss

LinkWithin

Posts relacionados