Baptiste Giabiconi, Chanel, Karl Lagerfeld, François Lesage, Paris Fashion Week, Vogue Brasil...

karllagerfeld
Hoje começo pelo fim. Pirâmide invertida total. Preciso falar sobre o que mais me tocou no desfile da Chanel. Talvez para muita gente o mais importante sejam as cores, o cenário, enfim toda a magnitude que uma apresentação que lota o Grand Palais de Paris, com convidados e imprensa do mundo inteiro, representa. Para mim, depois de cinco anos assistindo todos os desfiles que a grife faz, a imagem mais tocante foi ver o quanto Karl Lagerfeld se mostra vivo aos olhares de câmaras rápidas como a minha. Eu me infiltro em meios aos seguranças. Ele vê. Ele olha. Ele posa. Um gênio da sensibilidade aos  (??? dizem que 80 e poucos...) de idade ainda tem olhos para tudo o que passa a sua volta. Ponto para Karl mais uma vez. Pelo conjunto da obra e pelo cuidado com as pessoas que ajudaram a criar a historia do luxo na moda entre os séculos 20 e 21. 


Today I start at the end - inverted pyramid. I must talk about what touched me the most in the Chanel fashion show. Perhaps for many people the most important are the colors, the settings and the full magnitude that an event that fills the Grand Palais in Paris, with guests and media from around the world represents. For me, after five years of watching all the shows that the designer presents,  the most touching image was to see how Karl Lagerfeld lives in front of quick cameras like mine. I find my way to the front in between the security guards. He looks. He watches. He poses. A sensitive genius on his (?? they say 80-something ...) years of age, still have the eyes to everything going on around him. Karl scores again. For all the work and for taking care of the people who helped creating the history of luxury in fashion between the 20th  and 21st centuries.




postchanel4

 Como François Lesage, artesão e dono do maior acervo do mundo de bordados da alta-costura francesa. Lesage é  o homem que comandou (quase todos ) os bordados que todos vimos desde o tempo de Elsa Schiaparelli aos dias de hoje. De Chanel, passando por Dior, Valentino, Louis Vuitton até chegar em novatos como Alexandre Vauthier (um dos estilistas escolhidos por Beyoncé para vesti-la na promoção de seu mais novo álbum 4) . Eu tive a chance de entrevistá-lo duas vezes na vida ( revistas Top View e Robb Report). Agora vejo um Lesage gasto pelo tempo. Cena linda a atenção de Lagerfeld com o velho homem. Um mestre. Melhor: dois mestres juntos. De Lesage, uma frase que demonstra a verdadeira paixão por uma arte: " Aqui ou trabalha-se por um dia ou pela vida inteira". Quando você quiser entender sua importância para o luxo francês  lembra dessa imagem: 







As François Lesage, craftsman and owner of the world's largest collection of french embroidered haute couture. Lesage is the man who led (almost all) of the embroidery that we have seen since the times of Elsa Schiaparelli to today. From Chanel going through Dior, Valentino, Louis Vuitton and until getting to the beginners like Alexandre Vauthier (one of the designers chosen by Beyonce to dress her during her appearance at her latest album 4 promotion ). I had the chance to interview him twice in life (magazines Robb Report and Top View). Now I see a Lesage that is time-worn. Lovely scene to see Lagerfeld's attention to the old man. A master. Better: two masters together. From Lesage, a sentence that demonstrates the true passion for art: "Here you work for a day or for a lifetime." When you want to understand its importance to the French luxury remember this image: 





Tecido feito para Elsa Schiaparelli. A tradição da família Lesage passou de mãe para filho e criou uma escola em Paris onde todos os dias algumas delicadas mãos aprendem a dar continuidade a uma técnica baseada em bordar tudo pelo avesso. Incrível.


Fabric made ​​for Elsa Schiaparelli.A tradition from the Lesage Family passed from mother to son and created a school in Paris where every day some delicate hands learn how to give continuiity to a technique based on sewing everything upside downIncredible. 




Voltando ao desfile verão 2012...
Back to the 2012 summer fashion shows...

postchanel8


Sabe esses bordados de pérolas? É o atelier Lesage quem faz. Lagerfeld passa os croquis e eles se debulham para executar. Assim acontece com os sapatos, plumas, camélias, chapéus, tudo feito por outros artesãos super tradicionais e de quem o grupo Chanel é dono. Falei muitas vezes sobre isso no blog. Contei muitas vezes essa historia, mas nunca é tarde para sempre relembrar, suítar como falamos na linguagem jornalística. Significa dar sequencia, relembrando o que aconteceu para deixar o leitor a par do que rolou. Ninguém é obrigado a saber tudo. A gente nunca sabe.




Do you know these embroidery with pearls? Lesage is the atelier who makes itLagerfeld passes the sketches and they work hard to execute them. The same happen with shoes, feathers, camellias, hats, all made by other super traditional artisans and whose Chanel group owns. I have talked about this many times in the blog. I told this story many times, but its never too late to always remember, suite as we say in the journalism language. It means giving sequence, recalling what happened to make the reader aware of it. Nobody has to know everything. You never know. 

postchanel5


 Estava tudo muito diferente nessa semana de moda. Baptiste Giabiconi com terno e gravata. New look. Um gentleman. Um menino de Marseille a quem Lagerfeld lapidou rapidamente para ser um ícone. E é. Veja mais imagens desse dia no meu post de streetstyle exclusivo para Vogue Brasil. Clique aqui e ainda aqui.





It was all very different in this fashion week. Baptiste Giabiconi wearing a suit and tieNew look. A gentleman. A boy from Marseille whose Lagerfeld quickly molded to be an icon. And he is. See more images of that day in my street style post exclusive for Vogue Brazil. Click here and still here. 


O estilo contemporâneo da Chanel: 
The contemporary style of Chanel: 

postchanel7

Uma das coisas mais marcantes em um desfile da Chanel é que todo mundo vai de Chanel! Parece óbvio, mas não é assim que funciona com outras marcas, mas com Chanel é. O bacana é ver como a grife se desdobrou no tema e fez alguns "combos". Esse é um. Jaqueta de couro e tiaras de correntes na cabeça. Marca das chaneletes jovens ( a maioria assistentes da maison, uma espécie de uniforme delas)...


One of the most remarkable things in a Chanel fashion show is that everyone wears Chanel! It seems obvious, but it's not how it works with the other brands, but it is with Chanel. The cool thing is to see how the brand has unfolded within the theme and made some"combos". This is one of them. Leather jacket and chain tiaras in the head. Sign of the young chaneletes (the majority are assistants of the maison, a kind of uniform for them) ... 


postchanel10
Depois tem o despojamento dentro do luxo. As estrelas da moda são bem essas. Dolce & Gabbana também fez, mas foi Chanel quem puxou, pelo menos essa febre. A diferença? A logo embutida discretamente (para alguns sim, outros não!) na estampa! A displicência que marca o momento? Deixar a bolsa aberta. Assim mesmo. Funciona apenas dentro da segurança de um desfile. 

Then there's the minimization within luxury. Those are the stars of fashion. Dolce &Gabbana also made it, but it was Chanel who pulled the fever. The difference? The logo discreetly built  (for some, but not for others!) in the print! The displacement that marks the moment? To leave the bag open. Just like that. Works only within the safety of a fashion show. 


Chaneletes também são...


Chaneletes also are.... 

postchanel3


As gêmeas da moda. Lindas e ensinando como os clássicos se renovam.  Essa é a magia da grife. Essa é magia Lagerfeld: saber vestir das senhoras às meninas. 



The fashion twins. Beautiful and teaching how the classics get renewed. That's the magic of the brand. This is magic Lagerfeld: to know how to dress from ladies to young girls. 



Como não consigo mais filmar e fotografar ao mesmo tempo, pego carona no filme que o Abe fez. Era dia do seu aniversario, mas quem ganhou o presente fui eu. Merci mon chère ami!




Since I can not snap pictures and make videos at the same time anymore, I catch a ride in the movie that Abe did. It was his birthday, but who I was the one who won a gift. Merci mon cher ami! 



Continuo quando tiver mais fôlego. Ainda faltam muitos balanços.
Por enquanto é isso...
Bonne nuit 
Paris 10°C
O outono enfim chegou
Bisous
A+


I will continue when I recover my breath. There are still many tradeoffs.
For now this is it ...
Bonne nuit
Paris 10 ° C
Autumn has finally arrived

bisous 
A+

Translation by Juliana Ogliari

10 comentários:

Vintage Fashion disse...

Adoro ...


Bjs ♥
http://www.vintagefashion.com.br/

Fashionista disse...

Adorei o seu post! Muito bom!

blogretalhos disse...

fotos lindas!
Karl exubera sempre, Chanel absoluta.
beijos amada.

Janaína Ávila disse...

"Chanelete" é ótimo! Delícia de post, deícia de imagens. Comme d'habitude. Beijo grande!

KINHA disse...

Olá Ana Clara

Conheci Karl pessoalmente em Buenos Aires, em final de 2009. Ele Claudia Schiffer e sua equipe lá estavam para fotografar. Como estávamos hospedados no mesmo hotel, fiquei sabendo onde seria e fui até lá. Fiquei impressionada com seu trabalho de direção e principalmente como fotógrafo.

Bjoooooo......................
www.amigadamoda1.com

Mila disse...

Meu sonho trabalhar no atelier Lesage! Quem sabe um dia eu chego lá! =D
Adoro seus posts, diferente de tdos os outros blogs, sempre decodificando, sempre indo além da roupa, da imagem!
bjo

Renata Nogueira disse...

Como sempre sua cobertura do desfile da Chanel é o máximo! Adoro essa visão fora do que todos escrevem sobre a coleção! Mais uma vez, parabéns!

Wlad Machado disse...

adorei o vídeo!
acompanhando!

=)

keth disse...

Oiiiii, karl eh o maximo, e a coleçao inspirada no oceano é otima, adorei o blog!!! o conteudo é muito bom, vou seguir voce, visita o meu e segue lá também =) beijooos e até mais

Cristiana Nunes disse...

Fotos lindas. Adoro a mala gold da Chanel!

LinkWithin

Posts relacionados