Rio Fashion Week, Jason Campbell, Cantão, GQ, Vogue Brasil...

cantao2
Cheguei do Rio de Janeiro maravilhada e influenciada pelo modo como vi as mulheres ( certamente de diversas partes do Brasil) usando longos no vai-e-vem do Píer Mauá , onde rolou a Rio Fashion Week. Esse macacão, descobri pouco depois de ter feito essa foto e mais uma série para publicar no site da Vogue Brasil ( link aqui para ver a galeria do sexto dia), é da Cantão. A marca carioca é minha velha conhecida e sempre me fascinou. Nos idos dos anos 80, usar Cantão no Brasil era o máximo e ainda é. 




cantao1
Ver a moda carioca de verão foi um presente de despedida do Brasil, depois de mais de dois meses em turnê ( rssss) pela América Latina. Em alguns pontos, fiquei decepcionada com muitas cópias ( coisa que o Brasil não precisaria fazer de maneira alguma. Tanta riqueza para explorar!!!!), mas em outros como no caso da Cantão, fiquei feliz em ver que a roupa de verão do Rio ainda provoca em mim a mesma vontade de consumir que eu tinha 20 anos atrás. Amei as botinhas abertas na frente e...



cantao
Toda essa bateria de longos, fluidos, com as costas à mostra.

E também...



girlsinrio
Pelo jeito carioca de usar camisetas. Eu também amo sapatos, bolsas e rapazes...
Mas o que eu mais amei em tudo foi ver a conexão que existe entre Europa e Brasil. Realmente a moda serve como ponto de ligação entre os dois mundos e os blogs ( que agora entram em crise total em função da putrefação do mercado) são responsáveis por diminuir o abismo que existia antigamente. Bom ver nossas brasileiras usando de forma original e elegante as peças mais ousadas e mais difíceis de serem desconectadas com a vulgaridade. Elas conseguiram. Bravo ( como se fala aqui na França!!!).



garotos

Como não amar os boys???? Aqui uma das imagens que eu fiz para postar no site da GQ com quem também estou colaborando. Quer ver mais? Linka aqui

felipe



Ou continua por aqui. Eles estavam lindos. Felipe que o diga. 
"Você vai conseguir fotografar no Brasil como faz na França?" Muita gente me perguntou antes de eu partir em tantas missões. A resposta é sim. Eu consegui fazer imagens que contam muito da realidade do Brasil, da Argentina e também de quem passa com sua energia maravilhosa por lá...

jason

Como o fofo e doce jamaicano Jason Campbell, stylist conhecido por vestir gente de peso como Oprah e outras tantas figuras do mundo da moda, cinema, televisão e publisher do site JC Report. Tomei um café com ele e meu mano Abe no bar do Copacabana Palace no sábado, antes de enfrentar o Píer com chuva e tudo...

chuva

E me despedir do Brasil com muitas cores influenciando minha mente. 






cantao3

E também refletindo sobre a polêmica brasileira sobre o uso de peles na moda. Nunca se viu um movimento tão acirrado. Existe uma violência entre quem vende e quem é contra. O movimento de protesto é livre e deve ser respeitado, mas o uso, enquanto for aprovado por lei, também tem que ser tolerado. A animosidade apenas confunde o que pode ser um bom campo de debate. As peles podem não ser a forma mais legal de aquecer o corpo, mas são milenares, assim como é milenar que o bicho também mata o homem para se alimentar. 


Vou aproveitar a semana para pegar imagens da primavera parisiense...
Vem street fresquinha por aí...
Bonne nuit 
Paris com chuva 
15°C.
A+

8 comentários:

Cristiana Nunes disse...

Tantas coisas bonitas e detalhes! Adorei o macacão e a foto de Jason Campbell!

Luciene Vieira disse...

Jason fica ainda mais fofo sob teu olhar, minha cara!

Cae Fernandes disse...

Ana!!! Tudo tão lindo!!! Seu olhar é mesmo especial...
Bjo,bjo.

Renata Nogueira disse...

Achei mto legal vc ter vindo prestigiar uma semana de moda aqui no Brasil! Como sempre, arrasando nas fotos! Bjs!

Wlad Machado disse...

Ana, poderia, por favor, responder a uma pergunta?
Gostei muito do que você disse sobre a moda permitir ligações entre mundos diferentes e sobre os blogs contribuírem com isso. Então, gostaria de entender melhor o que você quer dizer quando se refere à "crise total em função da putrefação do mercado".
ps: teu blog é sempre um deleite visual e verbal.
:)

Ana Clara Garmendia disse...

Wlad querido, é o seguinte: houve uma revolução com a criação dos blogs, com isso muita gente boa teve a oportunidade de mostrar suas ideias, imagens, pensamentos. Isso a gente sabe faz tempos. Em contraponto surgiram os oportunistas que usaram, aquilo que deveria ser uma fonte aberta de informação, como uma brecha para a fama e dinheiro fácil. Blogs que venderam leitores para poder ganhar dinheiro e com isso repassaram ideias não tão autorais, viraram anunciantes, ao invés de manterem seu compromisso com a informação. O resultado foi uma imensidade de informações dirigidas, muitas vezes sem valor, pois não nasceram da realidade e sim do interesse comercial. Isso putrefou o mercado, deturpou mensagens, sujou a moda e os bloggers, em alguns pontos do planeta, passaram a ser vistos como pragas. Entendeu? É meu ponto de vista, obviamente! Bisous!

Wlad Machado disse...

Obrigado por responder. Eu entendi sim. Como vejo muitas pessoas reclamando da chamada blogosfera, foi bom ler o ponto de vista de quem atua nas duas frentes: a moda e os blogs. Informação valiosa.

Valeu,
beijo

Anônimo disse...

Se a pessoa quer ser implicante com quem usa peles, tem que ser coerente o bastante para não comer filé mignon, nem animais de espécie alguma. Ficam olhando torto para quem usa peles e se empanturram de churrasco. Se que ser pela causa que sejam como Stella McCartney e seu pai...
EU COMO CARNES E USO PELES! Lenira

LinkWithin

Posts relacionados