Chanel, Christian Louboutin, Freja Beha, Kate Lanphear, Louis Vuitton, Raquel Zimmermann, Peter Pilotto...

kate

E de repente vão surgindo elementos a minha frente que, apesar de eu ter visto várias vezes (no caso essa foto em meus arquivos) não tinha realmente prestado atenção para riqueza dos detalhes. Claro que em Kate Lanphear falar em riqueza de detalhes é uma redundância enooooorme, mas tudo bem, vamos em frente. Paris continua fria e nublada e é quase impossível sair para fotografar. Então, dar um zoom na Kate sempre é bom, aprende-se coisas como ser carregada, sem ser. Ela domina o assunto com uma exatidão. Kate raramente escorrega, apenas quando sobe em cima de um Louboutin ( ver foto abaixo) que derruba até a mais experiente das editoras de moda, mas aqui não é o caso. Ela está de botas Givenchy. E também não é sobre seus sapatos que eu quero falar nessa primeira foto. Quero falar do trench sem mangas e da sobreposição de comprimentos de blusas que ela faz e que não é apenas nela que tenho visto. Um toque bem anos 90 que volta. Com força. Eu era super adepta. Agora vou ter que começar a recalcular as texturas e proporções para não ficar engessada. Um desafio enorme para quem gosta de vestir e compor...

And suddenly elements come up in front of me, that despite I’ve seen it many times ( in this case on this pic from my archives) I haven’t really pay attention to the exquisite details. Of course that when talking about Kate Lanphear and the exquisite details it might sound as a huge superfluity, but ok, let’s move forward. Paris is still cold and cloudy and it’s almost impossible to shoot outside. So, work some zoom on Kate is always good, we get to learn how to be tipsy, without been it. She rules the subject with precision. Kate rarely slips, only when she is on top of  Louboutin heels (look a t the picture bellow) that knocks down even the most experienced fashion editors, but here it’s not the case. She has Givenchy boots on. And also it’s not about shoes that I want to talk about on this first picture. I want to talk about the sleeveless trench and about the blouses’ lengths overlapping that she does and it’s not only on her that I’ve seen. A very 90’s touch that is back. With full power. I was really an adept. Now I’ll have to recalculate textures and proportions so I don’t get plastered. A gigantic challenge for whom likes to get dressed and harmonize…



sapato

Caso de Kate aqui com suas sandálias... Impossível andar com elas. Tipo de peça de loucura de criador. As editoras que se propoem a usar, acabam sendo vitimas da falta de senso de quem criou. Sorry monsieur Christian, mas existe um limite. Fiquei com peninha da Kate nesse dia. Juro. 

Like Kate here with her heels...Impossible to walk on them. It’s a piece that is sure the creator madness. The editors that submit to wear it, end up victims of the lack of sense of whom created it. Sorry Mr Christian, but there is a limit. I felt sorry for Kate this day. I swear it.



sobreposição

Voltando às sobreposições de mangas... Elas podem ser assim bem clássicas...

Back to the sleeves overlapping...they can be like this, really classic…
 


jeans

Ou sedutoras como essa outra combinação trench-vestido com mangas por baixo. É roupa para virar uniforme. Na duvida, passa a mão na peça e vai. Não é tão fácil assim, mas enfim é uma ideia para gente avaliar. E também para saber que nada é old fashion, se for bem usado. Vide a boina vermelha, peça ícone de movimentos comunistas e a bolsa Louis Vuitton, um dos clássicos da casa super em moda nos anos 80. 

Or charming like this trench-dress combo  with sleeves underneath. It’s an outfit-uniform. On indecision, grab the piece and go. It’s not that easy, but after all it’s something to think about. It’s also to be aware that nothing is old fashion, when is well worn. Like the red beret, an icon piece of the communist movements and the Louis Vuitton bag, one of the house’s all time classics that was really a hit on the 80’s.
 

J'ADOREEEEE!!!
peterpilotto
Me apaixonei por esse vestido no dia que fiz essa foto, mas agora me apaixono mais ainda quando vou mais a fundo no trabalho da grife Peter Pilotto. Quando pego uma peça na mão e vejo o cuidado que houve ( ou não) na sua confecção é onde realmente passo a gostar mais ou menos de uma marca. E Peter Pilotto tem estampas lindas, especiais, daquelas que você olha e suspira mais fundo. Além do mais, suas roupas são leves, não pesam na mão. Agora me falta fazer o teste do corpo. Comprar e usar até gastar. Wish-list n°3.. Achei esse vestido numa loja...Esperando a liquidação... Ela começa quarta-feira que vem...

I fell in Love with this dress on the day I shot this picture, but now I’m even more in love with it when I got deeper into the brand Peter Pilotto’s work. When I have a piece in hands and I see how much  care it has (or doesn’t) on its finishing is when I truthfully start to love more or less a brand. And Peter Pilotto has gorgeous prints, special ones, of that kind that you look at it and long for a deep sigh.



Paixão jeans dobrado, again...
Rolled up jeans passion, again..




jeans2
E de repente elas recomeçam a dobrar a barra das calças. Lembro que quando eu começei a escrever sobre moda e viajar, esse era um termometro de virada de estilo... A coisa continua. Dobrar para quê? Para dar destaque ao sapato. No caso, o dela é verde, uma cor que entra com tudo nos acessórios de primavera-verão. Exemplo? A coleção Croisière Valentino...

And all of a sudden they start to roll up the pants again. I remember when I begun to write about fashion and travel, this was a thermometer of a style turning point…the thing goes on. Roll up for what? So the shoes can stand out. Here, hers is green, a color that flows deep with spring-summer accessories. An example? The Croisière Valentino collection…
 


detalhejeans

Mas os sapatos também vão ter outras cores e, pelo momento, ainda tem mais destaque que as bolsas...Eu adoro a volta dos saltos mais grossos, mais confortáveis...

But shoes will also carry other colors, and at the moment, are more of a stand out than bags…I love the comeback of chunkier heels, more confy…
 


Pure rock'n'roll...

FrejaBeha
Freja Beha, Freja e mais Freja. É estrela dos desfile e das campanhas da Chanel, desde o ano passado, com declarações de Karl Lagerfeld afirmando que a modelo é o tipo de mulher que é moda hoje, século 21. Sempre bom lembrar, sempreeeeeeeeeee. Os códigos mudaram totalmente. Mulherzinha não emplaca na verdade. Eles tentam, mas a gente quer é ser mulher. Por isso volta Tom Ford agora com sua coleção feminina acertando a mão na mulher Yves Saint Laurent que ele não conseguiu fazer quando foi diretor-criativo da maison.
Voltando para Freja: ela é linda, braba. Nesse dia, ela ficou uma fera com um fotógrafo que estava ao nosso lado. Ele pisou no pé de uma de nós. Freja que era o centro das atenções, parou tudo e colocou a boca nele!!! Sério. A deusa tem coração e consideração com quem, assim como ela, está trabalhando duro em uma Fashion Week. Nessa temporada, ela aparece na campanha da Louis Vuitton com Raquel Zimmermann, além . Eu adoro ela.
Essa fotinho é inédita.  Acho que era o desfile da Hermès. Paris outubro de 2010. Simplesmente linda com a perfecto preto Chanel.

Freja Beha, Freja and more Freja. She is the star of Chanel’s runaways and ad campaign, since last year, with statements by Karl Lagerfeld that the model is the kind of woman that’s in fashion today, 21st century. It’s always nice to remind it, aaaaaalways. The codes totally changed. Little nice women actually don’t carry through. They try, but what we really want is to be a woman. That’s why Tom Ford comes back with his women’s collection keeping up with the Yves Saint Laurent woman that he wasn’t able to do when as the house creative director.
Back to Freja: she is gorgeous, angry. This day she got furious with a photographer beside us. He trample down on the feet of one of us. Freja who was the center of attentions, stopped everything and hard-mouthed him!!! Really. The goddess has a heart and appreciation for whom, just like her, is working hard at a Fashion Week. On this season, she also appears on Louis Vuitton ads with Raquel Zimmermann. I love her. This pic is unpublished. I think it was the Hermès fashion show. Paris october 2010. Absolutely pretty in a Chanel Black perfecto jacket.



Ah! Twittei, mas repito aqui o vídeo do desfile de Tom Ford em NY com todas as mulheres, musas desfilando para ele. Também Freja, of course...

Ah! I twitted, but I reduplicate here Tom Ford’s NY Fashion Show video with all the women, his muses catwalking for him. Also Freja, of course… 



Falando em Chanel... Chegou agora no meu e-mail o anuncio oficial da maison com Blake Lively como embaixatriz da bolsa Mademoiselle. Imagens????

Speaking of Chanel…I just got on my email the House’s official announcement of Blake Lively as the bag Mademoiselle ambassadress. Images?




Bisous
Bonne nuit
Kisses
Goodnight
A+
Paris 3°C.




Translation by Juliana Cintra Mercadante
 

5 comentários:

Wlad Machado disse...

é sempre tão bom ver as fotos que vc faz da Freja Beha! ela parece que dá um fôlego a mais à presença do rock'n roll na moda... aliás, o rock me parece ser um elemento meio perene na moda: em maior ou menor grau, mas olhando bem, ele está sempre lá!

e olha, voto a favor do vestido Peter Pilotto. a imagem me passou um feeling de elegância fresca e cheia de conforto!

beijo,

bruna disse...

Aaaahhh, a Freja é linda de morrer e tem uma coisa neça, que nem sei explicar!
Meu sonho de consumo haha

Adoro seu blog.

hellen disse...

Oi Ana, post lindo, principalmente porque citastes minha musa Kate Lanphear, bjs!!!

Gisele Muller disse...

Oi Ana! Tudo bem? Faz tempo que não escrevo aqui. Voltei com meu blog, andava sem tempo por conta do nascimento da minha filha que, talvez vc tenha visto pelo orkut. Bom...qto a Freja, sabia que ela é a estrela da campanha do inverno 2011 da Santa Lolla aqui no Brasil? Adorei! Ela é linda demais!

Gabriella disse...

amo a Freja! adorei as fotos e o seu blog!

http://www.writingstyle-2.blogspot.com

LinkWithin

Posts relacionados