Chanel alta-costura primavera-verão 2011...

CHANEL

Quando visitei semana passada os ateliers da Chanel para ver os bordados que Lesage estava fazendo para a alta-costura verão 2011 da grife, pensei: hummm um verão de alto luxo, mas simples. Voilà. Karl Lagerfeld, por menos que queira assumir, não desvia o caminho duro que mademoiselle Gabrielle Chanel traçou durante o século 20. No começo, ela detestava brilhos e ousadias que enfeitassem demais a mulher. Com o tempo, no entanto, foi se rendendo pouco a pouco as necessidades de suas clientes, afinal precisava ganhar e gostava de dinheiro para garantir sua liberdade de tudo. 

Last week at my visit to Chanel studios to get a look at the embroideries Lesage was making for the label 2011 Summer Haute couture, I thought: hummmm, a great luxury summer, but a simple one. Voilà. Karl Lagerfeld, even if he doesn’t admit it, does not deviate from the solid path Ms Gabrielle Chanel outlined in the course of the 20th century. At start, she hated sparkles and and boldness that would adorn considerably a woman. With time, however, she ceased to resist bit by bit her clients needs, after all she need to get paid and she enjoyed money so to guarantee her freedom of everything.
 


Chanel1
Tudo mudou, mas a Chanel do século 21 ainda segue respeitando os traços que marcaram o trabalho da Chanel real. A coleção foi apresentada num pavilhão que se chama Capucines e fica na rua Cambon onde está o famoso apartamento que Gabrielle amou, viveu, montou sua loja e de onde nas famosas escadarias espelhadas fez muitos desfiles. Nas passagens, uma certa simplicidade no ar. As peças são trabalhadas, mas não existe o exagero, coisa que Gabrielle repudiava...

Everything is different now, but the 21st century Chanel still pursues to respect the features that sealed the work of the genuine Chanel. The collection presented at a pavilion called Capucines and is located at Cambon street where happens to be the famous apartment that Gabrielle loved, lived, set up her store and where many fashion shows took place at its mirrored stairs. On the catwalk, a certain simplicity in the air. The outfits are embellished, but there’s no excess, something that Gabrielle rejected.
 



detalheChanel

Gabrielle não curtia sapatos incômodos. Foi ela que, mais de 50 anos atrás, quem pediu para a maison Massaro (bottier que faz os sapatos da alta-costura Chanel) criar o bicolor bege e preto aberto atrás. Os pés precisavam se movimentar. Então, os sapatos dessa coleção são simplérrimos. Cetim e plástico. Batido no chão. A coleção é jovem, pensei de cara. É para as meninas, filhas das milionárias que ainda são capazes de, em uma tarde, encomendarem 20 vestidos de uma coleção toda feita sob medida. Calças de paetês pretas, combinadas com casacos, vestidinhos, saias balonês... A coisa começa a sair das linhas simples, um pouco, mas não muito...

Gabrielle didn’t enjoyed uncomfortable shoes. She was the one, more than 50 years ago, that asked the Maison Massaro (the cobbler that makes Chanel’s haute couture shoes) to create the bicolor beige and black with an open heel. The feet needed to move. Thus, this collection’s shoes are way too simple. Satin and plastic. Flat on the floor. This is a youthful collection, was my first thought. It’s for girls, the millionaires’ daughters that in one afternoon can order 20 dresses of a collection all made to order. Black sequin pants, that match with coats, little dresses, bubble skirts…the thing starts to get less simple, a little anyway, but not that much…




Chanel7
É tudo leve, completamente o oposto da coleção do imenso leão do inverno passado, lembram? Com Baptiste Giabiconi entrando usando uma cabeça de Leão, o signo de mademoiselle Chanel? Dessa vez Baptiste apareceu apenas para ver o desfile ( vai sair na minha cobertura para Vogue Brasil on-line o portrait que eu fiz dele na rua. Lindo, as always...). As passarelas ficaram para as modelos sérias, lindas, sem make carregado e poucos acessórios...

Everything is light, completely the opposite of the huge lion collection last winter, remember? With Baptiste Giabiconi wearing a lion’s head, Ms Chanel’s sign? This time Baptiste showed up only to watch the show ( it’ll be on my coverage to Vogue Brazil the picture I made of him on the streets. Handsome, as always…). The runaways were left to the serious models, gorgeous, with no heavy make-up and few accessories…


Chanel5
Da turma dos queridinhos de Karl ficou Freja Beha. Sempre linda. O rosto dos anos 21.

From Karl’s beloved gang there’s Freja Beha. Always pretty. The 21st century face.

Para fechar o desfile, Karl escolheu Kristen McMenamy. A modelo ficou de braços dados com o estilista quando subiu a cortina colocada no fundo da sala. Ali estavam as outras manequins enfeitando a reprodução da famosa escada do apartamento da Chanel que eu falei no começo do post. Entenderam? Bem. Eu passei por essa escada anteontem. Fiquei ali sentada por uns instantes esperando para entrar no apartamento e  ver de perto a coleção Paris-Byzance. Foi minha terceira visita ao apartamento de Coco Chanel. Não me pareceu banal. O que é bom não banaliza, apenas a gente muda o olhar. Me senti mais em casa. Sempre bem-vinda. 

To close the show, Karl chose Kristen McMenamy. The model was arm in arm with the designer when the curtain on the back of the room opened. Then there was the other models as adorns of the Chanel’s apartment famous stairs replica that I mentioned at the beginning of the post. Got it? Good. I went by this stairs The Day before yesterday. I sat there for a few moments waiting to get in the apartment and get a close look at Paris-Byzance collection. It was my third visit to Chanel’s apartment. It didn’t seem trivial to me. What is nice never gets trivial, it only changes the way we see it. I felt more at home. Always welcomed.
 

Tanto que ...
In such a way that...

Anna
Tive a honra de ganhar first-row no desfile. Em frente à madame Anna Wintour...

I’ve got the honor to get a first row seat at the fashion show. Right in front of Dame Anna Wintour…
 


TIMBLANKS
E ao fofo do Tim Blanks...
And the cutie pie Tim Blanks…

Merci à maison Chanel. Meu presente por 20 anos de jornalismo é chegar onde gosto de estar. Em um ambiente onde existe muito profissionalismo. Impeccable como a gente fala em francês...
Thanks to Maison Chanel. My gift for 20 years of journalism is to arrive where I relish to be. In a surrounding that’s filled up with professionalism. Flawless, impeccable, as we say in French…

 


Style...

Chanel6


Avisei que a calça da mulher gato voltou né? Bem agora na época em que a gente fica sabendo que a nova vilã do Batman vai ser encarnada pela Anne Hataway, que acham? Eu gosto dessa calça, mas viciei o olho na magreza das francesas, ou das mulheres que se inspiram nelas. Pernas finas. Outras não rola. Vulgariza. 


I warned you that the catswoman pants are back, right? And just now that we learned that Batman’s new villain will be impersonated by Anne Hathaway, what do you think about it? I like this pants, but my eyes are addicted to the French women’s thinness, or the women that get inspired by them. Slender legs. Otherwise it doesn’t happen. It gets vulgar.



Maneiras de usar Chanel...
Ways to wear Chanel...
 


Chanel8






Chanel3

Bom né? As peles falsas da geleira de Lagerfeld pegaram mesmo. Tem por tudo. Gosto assim com quase nada por baixo. Liso e sem brilho para dar destaque ao casaco que é lindo. 
Mais imagens? Entrem no site da Vogue Brasil e vejam meu street-style exclusivo clicando aqui.

Nice, right? Lagerfeld’s glacier fake furs are a hit. It’s everywhere. I like it like this almost bare underneath. Smooth and without glitz so to enhance the coat that is gorgeous. More images? Visit Vogue Brazil’s website and check on my exclusive street-style here. 

Bisous
Amanhã tem mais...
Paris 4°C com chuva. 
Kisses.
There’s more tomorrow.
Rainy Paris 4°C.



Translation by Juliana Cintra Mercadante
juliana.cintra@uol.com.br





10 comentários:

Aline disse...

Nossa, que máximo! First row não é pra qualquer um!

Ana, parabéns pelo teu trabalho. Vc é uma importante referência profissional pra mim!

Bjss

Aline

nunesfernando disse...

Ahhh Tim Blanks...adoro o jeito que eles escreve pro Style.com, alegre, rápido e muito inteligente!

Carlinha disse...

flor, responde uma enquete pra mim no meu blog por favor? As perguntinhas estão no canto direito do blog, são todas de múltipla escolha, desde já obrigada! http://equilbriosempre.blogspot.com/

Maria Tereza disse...

lindo o desfile.
Parabéns pela cobertura de pertinho!

bjos

Carol D. disse...

Gente, que post lindo. Realmente deve ser uma emoção poder assistir a esse desfile e depois poder ver as peças de pertinho. Pena que é para poucas usarem...

Bjosss

lucas disse...

Ai que honra Ana, a primeira fila!
Ana, meu sonho é o mesmo que vc faz atualmente: Ser um jornalista de Moda e morar em Paris. Por isso amo seu trabalho e espero chegar onde vc está agora. um beijo, Lucas.

choicesmultiple disse...

Meu Deus, amei amei este post. Tanta coisa linda. Todas as fotos e os pormenores deixaram-me literalmente boquiaberta! Chanel, Chanel.. sem palavras. Amei este post. Vou verificar o seu espaço na Vogue, com toda a certeza!!

Dani Abdalla disse...

Oiiiii ! Ameiiii o blog!!!!! Já estou seguindo!!!! Lindo o post! Adorei... Vem visitar meu blog tb!!! Espero que goste!!!! Beijooos

http://dsa-universal.blogspot.com/

Anônimo disse...

CLAP!CLAP! CLAP!


xxhenrique

trendlovers disse...

Doi de chique!!! Amei a jaqueta transparente!!!

Lindo seu blog, parabéns!

Bjks
Mari

http://trendlovers.wordpress.com

LinkWithin

Posts relacionados