E Carine Roitfeld vai deixar a Vogue Paris...

carine

O ano termina com uma notícia bombástica que balançou todas as mídias de ontem para hoje.  Carine Roitfeld, editora-chefe da Vogue Paris demissionou.  A francesa estava há  dez anos à frente da publicação e pediu para sair. Motivo? Hora de tocar novos projetos. Também concordo com Carine. Chega um tempo que a gente tem que virar a página. Ninguém é 100% brilhante, mesmo os que parecem ser, não o são ( tem sempre uma super equipe por trás, caso contrario, Alexander McQueen não teria se suicidado com uma coleção praticamente pronta). Embora ela tenha sido. Tudo bem que elegeu sempre seus amigos para fazer os editoriais mais ousados, mas seus amigos são os melhores. Tudo bem também que a Vogue Paris fez muitos editoriais com as mesmas batidas durante inúmeras edições. Seios magros e nus, Lara pintada de preto, Daria no deserto, Kate lânguida... Muita coisa repetida, mas sempre bom. 
A fórmula de Carine deu certo, mas a cansou. Diria que a levou ao extremo. Diria que é hora de ela sair mesmo para não corrermos o risco de desejarmos sua partida. Quem parte no auge, sempre parte melhor...

The year ends with bombastic news that that shocked all media overnight. Carine Roitfeld, Vogue Paris chief editor resigned. The French was ahead the magazine about ten years and called it quits.Reason? Time to move on new projects. I also agree with Carine. It gets a time that we have to flip the Page. No one is 100% magnificent, even the ones that seem to be, aren’t ( there is always a team on the backstage, otherwise, Alexander MacQueen wouldn’t have committed suicide with an almost done collection). Although she’s been. That’s ok she always chose her friends to the most daring editorials, but her friends are the best. That’s also ok that Vogue Paris did too many editorials with the same subjects throughout many issues. Slim naked breats, Lara painted in black, Daria on the desert, languid Kate…Over and over, but always good.Carine’s formula worked ok, but it wore her down. I’ll say it took her to extremes. I’ll say it’s about time that she leaves so we don’t have the chance to wish her leave. Who leaves on the top, does it always better…
carineroitfeldejpg
Agora é contar os dias para saber quem vai substituì-la. E eu penso: no dia em que Jean Paul Gaultier disse tchau para Hermès com Carine radiante a seu lado, teria ela dito ao amigo estilista seu segredo? " Moi aussi, je vais partir..."
Now is calculate the days to find out who is going to replace her. I wonder: the day Jean Paul Gaultier said good bye to Hermès with a glleful Carine by his side, did she tell her designer friend her secret? “ I’m also going to leave…” 
Invenção minha, claro...Faz tempos que se fala em uma possível ida de Carine para a Vogue Us. O que acho improvável. Anna Wintour, essa sim, sentou no cargo e mesmo que a revista seja chata (a meu ver!!! prefiro mil vezes as repetições da Vogue Paris ao ritmo pausterizado americano).

I made up the story, of course…it’s been sometime that it’s said about a possible move from Carine to Vogue America. Which I think is unlikely. Anna Wintour that’s for sure sat on her position even that the magazine is boring ( my opinion!!! I’d rather thousand times the repetitions on Vogue Paris than the squared American way).
Bem, tenho inúmeras imagens da Carine feitas desde quando vim para Paris e passei a acompanhar seu trabalho... Carine tem grandes qualidades e uma delas é a maneira simples e acessível que trata todo mundo. Um savoire-faire digno de ser copiado. 

Well, I have many images made of Carine since I got here in Paris and started to follow her work…Carine has great qualities and one of them is the simple easiness that she treats everybody. A know-how deserving to be copied. 

Aqui uma foto que eu fiz para o Style.com no dia do desfile da alta-costura da Dior inverno 2011. Ao lado de um de seus amigos e assíduos colaboradores: Patrick Demarchelier.  Essa imagem está nas eleitas pela Vogue Paris para elencar 50 momentos da carreira de Carine. Veja linkando aqui.  E leia também no Telegraph quais são as apostas para o cargo que a editora deve deixar no final de fevereiro. 

Here a picture that I did for Style.com on the day of 2011 winter Dior Haute Couture. Close by one of her friends and constant contributor: Patrick Demarchelier. This image is on Vogue Paris selection to epitomize 50 moments of Carine’s path. See it here. And also read on Telegraph what are the bets for the position that the editor is about to leave on the end of February. 



blogflashback2
Carine em 2009 na saída de um desfile da Balmain na Place Vêndome ao lado da filha Julia Restoin-Roitfeld.  
Carine circa 2009 on the way out of Balmain’s fashion Show at Place Vêndome along her daughter Juliana Restoin-Roitfeld.
CARINE
E em junho de 2008, na saída do desfile Dior Homme ao lado de um de seus possíveis sucessores, Stephen Gan.

And by June 2008, on the way out of Dior Homme Fashion Show beside one of her possible successors, Stephen Gan.
Alguns vídeos com Carine. No dia da despedida de Jean Paul Gaultier da Hermés: Some vídeos with Carine. On Faultier’s farewell from Hermès:



No desfile da Givenchy masculino inverno 2011 onde ela encontra a transexual brasileira Léa T (que mais tarde sairia em foto nua na revista. Tem a publicação nos arquivos do blog):
On Givenchy’s 2011 Men Winter where she meets Léa T., the Brazilian transsexual (that later on would appear naked on the magazine. The issue is on the blog archives):

Bisous
Assim que souber de mais news eu twitto ou publico aqui...
Paris 0°C
Soon I get more news I’ll twit or post it here…


Translation by Juliana Cintra Mercadante

12 comentários:

Henrique Marquez disse...

Também concordo com você, Ana... as pessoas tem sempre que buscar novos objetivos e não parar... a Carine, faz o trabalho dela muito bem, pra onde ela for, a gnt sabe que vai fazer tudo muito bem...

Luciene Vieira disse...

Pois é, primeiro foi a Hebe. Depois Larry King. Agora é Carine. Só falta o Kaiser...

Lia disse...

Fiquei triste pela saída dela, mas acho que ela soube escolher a hora certa. De alguma maneira já era de se esperar depois do babado com a balenciaga e a coleção feminina do Tom Ford. Não duvido que ela vá trabalhar com ele. Agora só falta a Wintour se mancar e dá o lugar dela pra outro. bjs e adorei o post

choicesmultiple disse...

A vida não pára realmente nem deve Carine igualmente parar. Essa porfia humana de querer sempre mais é admirável, embora percamos uma presença tão marcante como a de Carine na vogue fr. No entanto, espero que se mantenha por aqui (no admirável mundo da Moda) e nos continue a dar pedaços de paraíso com as suas carismáticas contribuições estéticas.
Fico a aguardá-la, ansiosamente, porque personalidades como a de Carine fazem muita falta para nos iluminar a realidade do dia-a-dia que, muitas vezes, se torna demasiado rotineira e até agressiva!
Portanto, não lhe digo adeus mas um grande até já :D

Ivânia Santos (Diamond) disse...

oi:)

amei esse blog!
é uma perfeição este post...


xoxo*

MarGGa Duval disse...

Em que pese a "partida" de Carine, o melhor do post foi a frase "Quem parte no auge, sempre parte melhor..." Pois é, nem sempre partir é ruim, se soubermos o momento certo.

Stéphanie disse...

é triste, mas talvez 10 anos já cansam.
Adoro este blog.
http://paristoujour.blogspot.com/

Camille disse...

Bom, tem uma coisa que redime a Carine( nunca ouvi falar, sou ignorante nesse assunto embora goste)é que ela trata com simplicidade a todos, grande qualidade.
Diferente da Wintour que inspirou o "Diabo Veste Prada" nao é?
Desconfio tb, mesmo sem conhecer seu trabalho, que essa senhora ja tenha passado do auge. Pelo menos um pouco. Ou que alguem num cargo mais alto na empresa da revista acredite nisso. "Tocar novos projetos" dito de um jeito vago, foi o que sempre ouvi de publicitarios quando eram demitidos e nao tinham a vaga idéia do que iriam fazer da vida. Pode ser o caso dela.
Que seja feliz. E posso estar enganada. Vai ver ela fez 200 anos de analise e descobriu que o poder, o glamour e a propria moda são de um nonsense incrivel. E tenha decidido que viver e nao ter a vergonha de ser feliz, é melhor. Enfim... vai saber.
E gosto muito dos seus posts. Quando souber mais novidades da tal da Carine, escreva mesmo, vou querer acompanhar. Adoro tudo que diz respeito ao humano, inclusive, a moda!
Bjos

Camille disse...

PS: de perfil a filha parece um clone de Carine. E tb lembra da Daniela Cicarelle. Sera que com mais idade Cicarelli terá a cara de Carine? Se tiver estar bom, a Carine é bem bonita.
Bjs

Anônimo disse...

Não gosto dela e pode até ser uma boa editora (serà?), mas como pessoa não vale um chavo. Nem que viva mil anos, não vou esquecer que despediu todos os estrangeiros logo no primeiro ano que foi para a Vogue, não sendo ela própria francesa de gema. É uma cabra preconceituosa.

Dino Napoleão disse...

Fiquei chocado com a notícia mas depois pensando melhor acredito que Carine saiu na hora certa,hora de mudar.

paula disse...

q lindo da uma passada http://tendenciafashionista.blogspot.com/

LinkWithin

Posts relacionados