Street-style Paris 2010... Baptiste Giabiconi, Freja Beha, Chanel, Fendi...


saia

Falta pouco mais de um mês para eu mergulhar em mais uma Paris Fashion Week. Antes disso começar quero esgotar todas as possibilidades de análise do inverno 2010. O povo que frequenta as semanas de moda está, invariavelmente, na ponta de tudo. Eles é quem jogam a moda para frente. Eles é que fazem muitas coisas entrarem no fast fashion até dois anos depois. A pergunta é: como se usa uma saia curtinha e estampada, sem ficar demais? Se usa assim. Com calças justas pretas ( leggings, treggings e o que mais?), com discrição e com muito allure. Se tens estes atributos entre nessa, se não passe para outra moda. Essa não é a sua.


I have less than a month until I submerge into one more Paris Fashion Week. Before its starts I want to run out of all the possibilities into Winter 2010 examinations. The fashion people, that hangs out at the Fashion Weeks scenario, is constantly, on the top of the game. They are the ones that keep fashion forward. And they are the ones that set up trends that will sell at fast fashion even two years later. The question: how to wear a print mini skirt, without looking too much? You wear it like this. With tight black pants (leggings, treggings  and what else?), with reserve and lots of allure. If you possess this characteristics, go ahead, if you don´t, let it go and fast forward to another trend. This is not your thing.

saiarenda

Você pode ser dessa saia. Eu amo a renda branca. Mas so se for Valentino ou coisa que o valha para ficar chique.  É trend também ( mas o mais trend mesmo são os comprimentos abaixo do joelho vide Dolce & Gabbana).


You can be this skirt. I love the white lace. But only if it is Valentino or something worthy to keep it chic. It´s also a trend (even more trendy are the right below the knees skirts like the Dolce & Gabbana´s).



PS: essas peles de começo vão ser endossadas logo abaixo pelas campanha de inverno 2011. Gente, o que podemos fazer quando vemos tantas peles na moda? Não é uma questão de apoiar ou não, ok? É uma questão de noticiar que eles são usadas e vão continuar na moda. Com ou sem revolta do PETA.


P.S: the furs from the beggining Will be elucidate and mentioned below on the 2011 Winter campaings. People, what can we possibly do if furs are all over fashion? It´s not a question to support it or not, ok? It´s the issue to report that they are worn and are still a trend. With or without the PETA´s aversion.



cap

Na delicadeza: tão doce essa modelo na saìda do desfile de verão 2010 da Louis Vuitton que resolvi republicar a imagem em versão aberta. A saia tutu reaparece mais armada ainda, sempre acompanhada de bases escuras. A clutch? De dar taquidacardia. E mais: os caps continuam. Estão nos editoriais da Vogue Paris de setembro que eu vou mostrar amanhã. E o acessório da hora são os braceletes. REPETINDO.


On delicacy: so sweet this model on the way out of the Louis Vuitton 2010 Summer Fashion Show that I decide to publish the image in an open view. The ballet skirt appears once again, but this time in a stiffed version, along dark elements. The clutch? It gives me tachycardia. And more: the caps are still in. They are all over the September issue of Paris Vogue editorials that I´ll show to you tomorrow. And bangles are the accessories that you can´t live without . Again and again.



600

Amo esse casaco cinza. Amo a simplicidade de alguns looks. E amo essa possibilidade de variarmos entre muitos estilos. Nada a ver dizermos que não se usa tal coisa. Não se usa é não saber se comportar com  a roupa. Isso sim é démodé.

I love this gray jacket. I love the simplicity in some looks. And I love the possibility to go back and forth into so many styles. Never say never fashionnwise. What is out is the complete lack of behavior in an outfit. Completely out of fashion.


PESPONTE:

Stitch it:            

casaco

Curtindo um casaco com pesponto. Os verdem continuam, assim como...
I´m really into a stitched jacket. And the greens are still a trend. Just as…
trench

Todos os modelos de trench-coat.
All the coats trench- possibilities.


contrejour

Duas vezes o cinza na mesma página. E um bom modelo de casaco para usar com bota e skinny é esse mesmo. Sobre a bolsa da Balenciaga: boa de ter. Dura para sempre. Eu tenho duas e não consegui destruir nenhuma delas. E isso que sou boa em detonar com tudo que uso muito.


Twice the Gray color on the same page. And a nice cut jacket to wear along with boots and skinny pants is this one. About the Balenciaga bag: an item to have. It lasts forever. I own two Balenciagas and I did not get to ruin any of them. And this coming from someone that is good in crushing things that I wear a lot.
CONTINUAM TAMBÉM:
And also to be continued:
colete


Os coletes de pêlo. Estavam nas ruas ano passado e ano retrasado. E estão nas coleções de 2010/11. Como usa? Pergunta de uma leitora: USA ASSIM! Que tal uma calça larga e mais curta? Assim como os homens encurtaram as deles, nós também fazemos a lição. Não é coisa nova. Eu tenho uma desde o ano passado. Exatamente assim. Isso não exclui as justas e tampouco as anos 70 com boca larga e longa. Usa tudo. Uma em cada ocasião.


The fur vests. They were all over the streets last year and the year before that. And they are still an item on the 2010/11 collections. How to wear it? A reader´s question: Wear it like this! What about wider and shorter pants? Just like the men did on theirs, we can also learn the lesson. It isn´t the latest thing in fashion. I have mine since last year. Exactly like this one. But that doesn´t exclude the skinny pants or the 70´s Bell bottoms. Everything is wearable. When the opportunity comes along.



CAMPANHAS:
Dino me enviou faz alguns dias essas imagens de duas campanhas fotografadas por Karl Lagerfeld. Ele e seu grupinho de modelos. Ele e suas grifes Chanel e Fendi. Ele e suas peles. Na Fendi é tudo de verdade. Até vi esses casacos nas lojas. Lã com vison. As da Chanel parecem pêlos e, segundo Karl contou depois do desfile da geleira em março passado: é tudo fake. Preciso ver de perto, mas deve ser. Ponto e contraponto. Assim ele embarca em duas correntes que se odeiam. E permanece na mídia.
Ah! Estou louca para ver o calendário Pirelli 2011 que Lagerfeld fotografou em seu estúdio parisiense. A estrela? Freja Beha.

Campaigns:
A few days ago Dino sent me these images of two campaigns  by Karl Lagerfeld. He and his little group of models. He and his brands Chanel and Fendi. He and his furs. At Fendi it is all real. I saw some of this coats on the stores racks. Wool and vison. The Chanel ones looks like animal hair and, as Karl told after the glacier show last March : it´s all fake. I need to see it closely, but it must be. Point and counterpoint. Therefore he puts on board two streams that loathe each other. And he keeps himself oh the eye of the media.
Ah! I´m quite mad to have my hands on the 2011 Pirelli calendar that Lagerfeld shooted on his Parisian studio. The star? Freja Beha.


Segue textinho do Dino com suas considerações sobre as campanhas:
Follows some of Dino words and his appreciations about the campaings:


"Freja Beha e Abbey Lee representam a garota Chanel desse inverno glacial,Karl volta a convocar o modelo Brad Kroenig nessa campanha.
Fendi Anja Rubik e Baptiste noutro clima, eles representam um casal em crise talvez? Repare que ela está de malas prontas, ela vai fugir?
Karl sabe contar estórias por meio das suas campanhas/editoriais".

“ Freja Beha and Abbey Lee impersonate the Chanel girl this icy winter, and Karl summons once again the model Brad Kroenig in this campaign. On Fendi Anja Rubik and Baptiste are in a different mood, they impersonate a couple in crisis, maybe? Notice that she packed her bags, is she going to run away? Karl knows how to tell stories in his campaigns/editorials”.







"As cores dessa campanha da Fendi me lembram quadros do Hopper, as fotos parecem pinturas, cores bem semelhantes ao trabalho do americano, o que acha?" 
“ The colors on this Fendi campaign remind me of Hopper´s paintings, the images look like paintings, in similar colors to the Belgian work, what do you think?”





Bem, se Karl coloca uma obra de arte junto a sua campanha ecologicamente incorreta é para tentar desviar o assunto. É isso que eu acho. As fotos são lindas. As peles vendem muito na Fendi. O que importa para o mercado do luxo é isso: VENDAS. Sem romantismo. O que move o mundo é a grana. 
Bisous
XX
Merci ao Dino e à Lu Garmendia que me ajudaram no post de hoje. 


Well, if Karl places a piece of art to a politically incorrect fashion campaign he is trying to digress. The pictures are amazing. The furs are best sellers at Fendi. What matters in the luxury market is this: SALES. No time for romantism. Money makes the world goes round.
Translation by Juliana Cintra Mercadante.

3 comentários:

Mônica Bitti disse...

Querida Ana,

Condivido com Dino sua opinião e suas considerações. Acho que ele está corretissímo. Postei também algumas fotos da campanha da Fendi por Lagerfeld algum tempo atrás e gosto muito. A dramaticidade, a solidão, o conflito psicológico próprios das obras de Edward Hopper.
Adoro as cores e as fotos são lindas!
Beijos!
Mônica Bitti

egofashionista disse...

Parabens pelo blog eu acompanho sempre.
amei os looks .
dá uma passada no meu blog
egofashionista.blogspot.com

Cy disse...

olá, adoro seu blog.

estou indo pra paris dia 12 set. sabe quando será a fashion week? sabe me dizer onde é?

tb tenho um blog pessoal, se quiser, me visite?

bjsss
cy

LinkWithin

Posts relacionados