Street-style Paris abril 2010...

streetparis5
Final de semana passado, depois de quase um mês apenas trabalhando em cima das "mil e umas" fotos que eu tenho da Paris Fashion Week e que ainda vão me render muitos posts, resolvi tirar a máquina para rua. Vontade de ver a virada de cores, a explosão da Primavera que, no termômetro, ainda não aterrizou bem por aqui. Bem, mas naquela tarde de domingo, o sol bateu forte e rua!!!!! Logo nos primeiros passos comecei a ver a nova Paris. É sempre assim, a cada nova estação, me carrego de deslumbramento...


Last weekend, after almost a month just working on the "thousands" of pictures I have from Paris Fashion Week and that will still yield many posts, I decided to take the camera to the streets. Desire to see the color changes, the explosion of the spring - that the thermometer has not yet landed here-. Well, but that Sunday afternoon, the sun shone strong !!!!! Right in my first steps I began to see the new Paris. It's always like, every new season, I get overwhelmed with fascination...

streetparis6
Para explicar melhor a origem das coisas e das cores e sua influência na moda, até para isso, ohhhh mon dieu!!!! é preciso observar tudo. E quando eu digo tudo. Digo tudo mesmo. Qual a origem das cores do militarismo? Aqui a prova viva de onde vêm os camuflados. Magnífica mãe natureza. Quando os militares incorporaram a estampa nas suas roupas, para se esconderem do inimigo nos campos de batalha, foi numa estampa assim que eles se inspiraram. SIMPLESMENTE LINDO.


To better explain the origin of things and colors and their influence on fashion, even for this, ohhhh mon dieu!! Its necessary to observe everything. And when I say everything I really mean everything. What is the origin of the colors of militarism? Here is the living proof of where the camouflaged came. The magnificent Mother Nature. When the military entered the picture in their clothes, to hide from the enemy on the battlefield, it was on a pattern like that they were inspired.SIMPLY BEAUTIFUL.


streetparis4
Gosto muito de "soltar a mão na máquina", simplesmente por intuição. Vejo algo ou alguém e não penso muito se a foto vai dar certo ( claro que sempre quero que elas fiquem boas, mas isso não é uma evidência na fotografia. Não mesmo), apenas faço. Horas mais tarde ou até mesmo dias, como foi o caso dessa série de imagens que estou postando hoje, é que vou rever tudo.
A garota ensina como usar uma saia florida com botas, sem exagerar. Digo isso porque hoje vi uma imagem exatamente o oposto dessa, um bom exemplo de quando não usar saia curta florida e botas!!!. Adorei a mistura que ela fez, simples para um domingo. Como deve ser em um dia onde o principal alvo é a descontração.


I love to press the button in my camera simply by intuition. I see something or someone and I don't  really think if the picture is going to work (of course I always want them to turn out good, but this is not an evidence in the photograph. Not really), I just do it. Hours later or even days later; as it is the case with this series of images I'm posting today; is that I review everything.
The girl teaches how to wear a flowery skirt with boots, without overdoing it. I say this because today I saw an image exactly the opposite of that, a good example of when not to wear short flowery skirts with boots! I love the mix that she did, for a simple Sunday. How to dress yourself in a day where the main aim is to relax.


streetparis1
E o bacana de todas essas pessoas que eu cruzei numa caminhada à beira do Sena, é que são todos cidadãos comuns. Não é porta de desfile. São fashionistas naturais... Aqui a prova de que o crochet vai continuar na moda. O artesanal misturado ao moletom em seu estado bruto. E as sapatilhas... eterna companheira da parisiense...Esta é indémodable...

And all these nice people I've seen along the Seine river are ordinary people. It wasn't by the doors of the fashion shows. Those are natural fashionistas... Here is a proof that crochet will remain trendy. The craftsmanship mixed with the sweatshirt in its raw state. And the shoes ... eternal companion of the Parisian women... This is indémodable ...



weekendParis
Assim como não saem de moda todos os elementos que eu encontrei neste cruzamento. De novo eu grito: MON DIEU!!!! Amo tudo aqui. Perfeitas para o domingo. Estilos diferentes. Escolas clássicas, mescladas a uma contemporaneidade super bem dosada.
Atenção ao modelo de bolsa Speddy da Louis Vuiton. É eterno, aussi.


Just as all those elements I've seen will never get out of fashion. Again I shout: MON DIEU!! I love everything here. Perfect for Sundays. Different styles. Classic schools combined, with a well measured dose of contemporary.
Pay attention to the  Speddy style by Louis Vuiton. It is eternal, aussi.

streetparis7
Bem, a noite começa a cair por aqui. E eu vou encerrando com mais duas fotinhos de rua. Meninos na minha mira total. Ainda não é este o post dedicado a eles, esse "estamos" preparando com surpresa soprando do Brasil. Nessa imagem, tanto ela quanto ele ensinam mais como se vestir bem num domingo de primavera fria e ensolarada.

Well, the night begins to fall around here. And I'm closing this post with two more street style pictures. Boys that I have my eyes on. This is not the post specially dedicated to them yet, that one "we are" preparing to show, coming from Brazil. In this image, both she and him teach more how to dress well on a  cold and sunny spring day.


streetparis3
E ele? Eu ia guardar para o próximo post, mas não custa mostrar como usar um cardigan de tricô com jeans, com graça. 
Sim, no domingo, assim como em todos os outros dias da semana, o preto nos salva. Não estou fazendo apologia apenas ao uso dele, mas quero dizer que, ele sempre segura a onda.
No mais? O sapato modelo de dança incorporado ao dia-a-dia me encheu de ideias. Vou comprar um, na Repetto tem de todas as cores, inclusive metálicos!!! Assim como me deu vontade de comprar um tênis igual ao da menina que se dirigia ao metrô com o sanduíche na mão, logo mais acima e ... assim marcham meus devaneios...


And this? I was going to save it to the next post, but it is worth it to show how to wear a knit cardigan with jeans,  gracefully.
Yes, on Sunday, as on all other days of the week, the black color save us. I'm not making an excuse just to wear it, but I mean that it always holds us well.
What else? The dance shoe model embedded in the day-to-day filled me with ideas. I'll buy one, Repetto has in all colors, including metallic! Just like I also want to get me this sneakers like the girl who was heading to the subway with a sandwich in hand, above, and ... as my dreams march ...



Bisous
Bom domingo
A+
XX
Translation by Juliana Ogliari!!!!
Thanks Juliana!!!!



9 comentários:

Antonio Barros disse...

Belas fotos!!! :)

Davidikus disse...

E maravilhoso como voce os pega deprotegido!

It's a change for street style blogs which are full of very posed pictures!

http://davidikus.blogspot.com/

Leo Amaral disse...

Humm, que clima charmant!!

Adoro essa descontração das suas fotos. Me diga é muito bom poder andar a vontade pela cidade de bicicleta. O cardigã dessa última foto é idêntico ao meu, me deu um orgulho dessa aquisição, hehehe!

Sil Nascimento disse...

Ana o que me encantou em Paris, você consegue traduzir em fotos. Eu cheguei a cidade no dia 2 de junho do ano passado, em um dia de muito sol e foi a maneira como as pessoas se vestiam de forma tão despretensiosa mas ao mesmo tempo tão fashionista. Sabe a foto das meninas na saída do metrô? É justamente o que encontrei em Paris. E a foto da árvore?! Que coisa linda. Parabéns!

Fernando Nunes disse...

A algo de mágico sobre Paris, e isto começa pelas roupas dos parisienses. Não é de se adimirar o pq de muitos estilistas brasileiros fazerem pequenos tours de inspição à cidade. Tudo em Paris inspira e convida à moda. A moda brota da rua, naturalmente.

MAISON CHAPLIN disse...

A Maria Kleopova é minha amiga, a gente já se conhecia antes do desfile. Lol
Veja outra foto da Maria que publiquei antes tb: http://maisonchaplin.blogspot.com/2010/03/maria-kleopova-very-stylish-girl.html

Beijo!

Veri. disse...

Ah posso dizer que amei o post, sinto muita falta dessa ligação da Moda, a explicação, a origem de muitas coisas. No caminho sempre encontro pessoas que acham que tudo surge do nada, principalmente nessa geração "nova". Pois eu sempre quero saber como tudo nasce e por isso adorei você ter falado da mãe natureza.
Grande bejo.

henrique teixeira disse...

Avistei algo navy no inverno... Acho incrivel... gosto disto na moda!
xoxo henrique

teresa disse...

Gosto imenso da roupa da rapariga da terceira foto!

LinkWithin

Posts relacionados