Moda Paris: Dries Van Noten, Givenchy, Isabeli Fontana, Leticia Birkauer, Maison Martin Margiela, Mariacarla Boscono, Sonia Rykiel, inverno 09/10...


A Paris Fashion Week outono-inverno 2009/2010 tem ainda quatro dias pela frente, mas uma coisa é certa: os recessionistas estão dando um show de como sobreviver, com elegância, à crise... Voltam aos poucos os grandes óculos...Tem que saber e ter rosto para usar. Caso contrário fica-se com aparência de Formiga Atômica, lembra?





Porta do desfile de Dries Van Noten, ontem à tarde. Algumas boas imagens de uma temporada onde a simplicidade das roupas tem como companheiros bons acessórios. A coleção Stephen Sprouse da Louis Vuitton é boa para o momento. Marc Jacobs teve a grande sacada. Estão vendendo como água. Alguns modelos estão esgotados em Paris.




Lição de casa: ombros bem marcados e cuissardes Christian Louboutin. É o uniforme da hora.





Mais um na onda: invadimos o guarda-roupa delas. A ousadia aqui é total, mas vejam: ele não está travestido. É apenas um homem usando uma bota de salto alto. E não é o primeiro que eu vejo este ano aqui.



AOS DESFILES...


Ricardo Tisci mantém as rédeas do que é a característica da Givenchy nas suas mãos. O estilista usou cores escuras como azul marinho, preto e cinza e investe nas roupas com cabelos, plumas, pequenos detalhes em pelos, não peles!




Na grande maioria, a mulher que ele busca é mais velha ( influencia de Madonna?), por isso o resgate de algumas modelos brasileiras como Ana Claudia Michels e desta vez Adriana Lima e Leticia Birkauer ( falo nela de novo)... Givenchy com os drapeados que estavam também em Balenciaga...




Os vestidos de rendas tinham pequenas ombreiras em paetês azulão por baixo. Os ombros são marcados em quase todas a coleção.




De repente, entram estas peças maravilhosas carregadas de metal. Leticia Birkauer, meio atrapalhada, no final teve que dar uma corridinha para apressar. Não estava dando conta da rapidez das tops que estavam atrás dela. É normal. A modelo brasileira estava fora das passarelas faz um bom tempo.



Preto e branco para encerrar com Mariacarla que é o rosto do selo que veio no convite da grife. Eu adoro. Roupas para mulherão. Givenchy, ao que me parece, mira nelas. Aqui não tem roupa para iniciantes, apenas para iniciadas.



Um look para Sonia Rykiel. A estilista francesa fez duas apresentações em sua loja na boulevard Saint Germain, ontem à noite. A frase do blusão é: pulôver muito caro.




E vários looks para Martin Margiela. O estilista belga fez a "meia roupa"...



Um boa forma de tratar a crise na passarela. Uma dica para quem quer entender para onde vai a moda. Martin Margiela é o cara. Tudo que ele faz se reflete dentro de pouco tempo. Ele é meio estranho e tal, por não aparecer para a imprensa e fazer todo o mistério em torno de sua imagem, mas cria mesmo. Nada é copiado. Foi ele quem fez o casaco de cabelos um ano atrás. Agora muitos trabalham com o material.






Foi ele também quem trouxe de volta os ombros, as calças rasgadas, o nude e tantas outras coisas. Agora os ombros continuam, mas temos fendas, couro e a cor verde garrafa. Preste atenção. Nos arquivos do blog tem muita coisa do Margiela para comparar. Estude, se quiser.



E no final as nuvens que devem vir para dispersar tudo que existe no momento? É uma forma de analisar Margiela. A minha.




No próximo post:


O delicioso e colorido desfile de Dries Van Noten...

Paris 6°C
Hoje tem YSL
Amanhã cedo Chanel
Bisous
A+

2 comentários:

Lauren disse...

Eu amo o Martin Margiela! Tudo o que ele inventa é uma loucura de tão bom. Fico impressionada.
bjokasss

Milena disse...

Adoro a Mariacarla. Uma das modelos mais lindas e classudas do mundo. Perfeita para high fashion. Ela, Kate Moss e Karen Elson formam meu trio favorito de modelos. Para mim, elas são as melhores e maiores, não importa o que as estatísticas digam...

LinkWithin

Posts relacionados