Moda Paris: Dior, Charlize Teron, Jean Paul Gaultier, John Galliano, Lanvin, Yoji Yamamoto...



Charlize Teron simplesmente ofuscou o brilho de todas as outras famosas no desfile da Dior, na sexta-feira. A atriz- rosto do perfume J'Adore- apareceu para fazer fotos ao lado de personalidades como Christine Lagarde, ministra da Economia francesa e simplesmente me deixou de boca aberta.



E meio ao breu do lugar onde a Dior faz seus desfile de prêt-à-porter no Jardin de Tuilleries, eu tento fazer as fotos. Meio paparazzi, meio amadora, consigo. Ufa. Não podia perder. O que mais me impressionou em Charlize? Tudo. Ela estava simples e maravilhosa. Um preto básico, versão Dior, onde nada nunca é tão simples assim, os cabelos finos puxados para trás, brincos de diamantes e uma maquiagem perfeita.


Faço um retrocesso e volto para o lado de fora da tenda branca e quentinha ( tinha uma calefação maravilhosa! ):


Marisa Berenson linda demais. Para quem não sabe: atriz francesa é neta de Elsa Schiaparelli, uma das grandes estilistas da primeira metade de século 20...



Detalhe de Marisa. Tailleur em alta fora das passarelas e depois a gente vai ver que dentro também...



Fiz uma mistureba de Tuilleries. Modelos saem e um batalhão de fotógrafos que sabe-se là de ontem vêm as atacam. Literalmente.


Algumas são bem atenciosas. Como uma apressada e doce Coco Rocha...




Outras não.





E ainda outras literalmente voam de uma apresentação para outra...Depois tinha Lanvin..



Do lado de fora, os meninos mostram a moda deles para este final de inverno...O dandismo continua bem suave...




E a mescla de referências, se feita no preto, pode ser perfeita. O masculino-feminino continua e ele usa a bolsa Hermés Birkin com todo o luxo e alllure que pode. ADOREI! Atenção: se você quiser ver estas fotos em tamanho maior clique em cima delas. Estou tentando descobrir como faço para publicar as imagens no blogger em tamanho maior, se alguém souber: help!





Os desfiles:



É bom de dizer que são poucas as grifes que explicam as coleções aos jornalistas. Dior, Chanel, Louis Vuitton e Gaultier são algumas das que lembram de distibuir um dossiê com o espirito do desfile. A Dior diz: " a decadência opulenta dos orientalistas e as miniaturas persas inspiram um novo olhar sobre a maison.


E a crise não arrefeceu a criação de Galliano. Estes novos olhares são frescos e bons. O tailleur vermelho ( Prada, Yamamoto e Lanvin também tem) com saia semi-balonê tem lado comercial que toda a boa grife precisa agora. Não dà para pirar. Não vai vender. Ou vai? Ontem vi uma matéria sobre os novos compradores: os chineses. As chinesas são mais pé-no-chão que as japas que, por ora, estão com seu poder de compra em baixa.




Dior tem tudo na medida certa. Casacos "bar" e modelos mais curtos com efeitos dourados. Tem as calças saroel de seda, além de muitos vestidos que começaram curtos e depois ficaram longos. Alguns tem forma, outros são fluidos com bordados e transparências. Nada é over...




O que eu mais gostei? Dos macacões de seda estampada...




Dramatismo..

Yoji Yamamoto com uma das coleções mais bonitas que ja vi a grife fazer nos últimos tempos. Os volumes, as cores. O tailleur vermelho é adorável ( resgatei a palavra de uma fase antiga do blog)...




CENTO E VINTE:

A coleção de Albert Elbaz para comemorar os 120 anos da maison Lanvin também tem o tailleur vermelho da crise. Volume na saia e mais um com cintinho fino para amarrar a cintura. Usa com largo também, mas o casaco não pode ter este shape. Tem que ser mais seco. O do marido, irmão, amigo, namorado, avô e afins pode ficar bom.



E o preto básico tem cara da Dior na coleção passada. Não faz mal, as homenagens são válidas. Wish list para ele.




A ultima apresentação de sábado foi Jean Paul Gaultier. Meias arrastão para uma coleção sexista e denominada X. "Sex and money" é o mote. Alguns vestidos tem estampas de dólar. Na coleção ainda muitas muitas peles. Do lado de fora o pessoal do Peta tentava mais uma vez protestar. Do lado de dentro, um bem-humorado estilista dispara: "amo fazer peles. Não trabalho com materiais de animais selvagens" . E agora? A polêmica vai continuar...


Bisous
A+



3 comentários:

Thiago Bittencourt disse...

Adoro e uso bolsas de mão!!!
A bolsa Hermés Birkin dele é maravilhosa....
Bjos Ana, acada post eu me derreto de amores pelo seu blog...parabens.....

Luciene Vieira disse...

Gostei demais foi de ver os cabelos brancos da ministra francesa. Em minha opinião, ela conseguiu ofuscar Charlize. E o tailleur dela? Missoni?

Sunny Kanoi disse...

Se vc colocar fotos muito grandes o blog vai demorar muito pra carregar tah bom assim é so clicar que da pra ver marior bjusss

LinkWithin

Posts relacionados