Moda Paris: Anna Wintour,Beth Ditto, Dsquared2, Emílio Pucci, Jil Sander, Milla Schon,



Resumo de Milão? Minimal, excêntrico, replicante, futurista, retrô e tudo mais que couber nestas linhas de blog. A ordem é a desordem total das coisas. Tentar costurar as tendências é o maior desafio de quem escreve sobre o assunto. Jil Sander por Raf Simons ( falam que ele vai se aposentar) continua na sua linha limpa, arquitetônica e tenta um vôo com algumas abas aqui ou...




Ali...




O bom da Jil Sander é que os desfiles aparentemente não mostram grande coisa, mas dia desses fui até a loja Maria Luiza, uma das principais multimarcas de Paris e vi uma peça de couro maravilhosa. A princípio pensei que era Rick Owens. Surpreendi ao ver que era Sander. É um pouco esconder o jogo esse desfile sempre meio morno.




E para quem não sabe, a Milla Schön ( com trema porque ele, o trema, não caiu na língua italiana!) foi uma das grandes pioneiras no made in Italy. A criadora morreu ano passado, mas sua marca continua viva. Destaco este look da apresentação. Nada de novo, mas o shape da saia e as cores são meio que meus favoritos no momento. Vai-se sempre à eternidade como peças assim no armário. É esta a ideia. A força são os acessórios. É entrar nas lojas para ver ( Luciane: estou ligada no post que você pediu. Vou sempre até as lojas ver as coleções verdadeiras. Tenho coisas a contar. Espero a Fashion Week terminar para soltar o post).





Uma foto apenas para mostrar a Dsquared2 que foca em Paris Hilton sua coleção. Acreditem, eles querem deixar o bling-bling vivo e estudaram o comportamento de Hilton para compor a coleção com oncinhas, jeans e algumas coisas belas, como este saião.


Parece mas não é...

Mais um copie cole forte. Não é o desfile da Balmain coleção passada e tampouco desta, pois ele acontece amanhã à tarde no Ritz aqui em Paris, é Pucci! Inacreditável a inspiração em Chistophe Decarnin...



Encontrei Pucci meio despersonalizada. Sim os seus vestidos de jersey estes sim não datam jamais ( sorry Issa e Fustenberg), então por que investir em imagens batidas?



Não entendi bem. Não vejo uma boa explicação e sim uma roupa boba, bem diferente da Pucci que fotografei a vitrine ontem na loja da avenue Montaigne.





Carine Roitfeld e Emanuelle Alt ( editora-chefe e chefe de reportagem de moda da Vogue Paris) influenciam a moda desta temporada. Carine usa muito estes casacões enormes de pele e Emanuelle as cuissardes que, aqui em Paris, nunca são novidade. São clássicas.







Para destoar um pouco das passarela e trazer para o bolso e a vida real. Camiseta da Gap com Beth Dito. Te gusta? A mim sim. Vende na Colette.




Faço eu um copie cole dos vídeos maravilhosos do Telegraph e as festas e desfiles em Milão. Olha a Anna Wintour com vestido da coleção verão alta-costura Chanel desfilada um mês atrás. Foi Sasha Pivovarova quem vestiu. Anna usou para ir ao lançamento da linha beauté da Dolce & Gabbana com a Scarlett Johansson como garota-Marylin-propaganda. A outra festa é da expo Vogue e depois tem o desfile Versace com os outros maravilhosos vestidos em outras cores que não apenas os que eu publiquei ontem. Reportagem da Hillary Alexander.

Acompanhe:










Hoje começou Paris
Tem chuva
Tem sol
5°C
Tem Gareth e Kris Van Assche
Amanhã conto as news
Bisous
A+

2 comentários:

Luciene Vieira disse...

Ana, você é uma querida com seus leitores! Adoro seus textos e fotos, mas é esta sua atitude que não me faz arredar o pé daqui. Merci! Esperarei,pois.

ines disse...

super fã do seu blog, ha muuuuito tempo.
impossivel deixar de passar aqui!
bjos de portugal

LinkWithin

Posts relacionados