Moda Paris: Calvin Klein, Christian Siriano, Francisco Costa, Marc by Marc Jacobs, Raquel Zimmermann, Zac Posen...





Estranhezas do mundo da moda. Modelo desfila para o estilista Christian Siriano, na Fashion Week de Nova York, com um chapéu que eu não sei exatamente do que se trata, mas a imagem divulgada na internet é boa. Para que servem mesmo tantas Fashion Weeks? Para fazer a gente sonhar um pouco, se empolgar com as próximas estações, para as marcas venderem, as tops decolarem. É uma máquina bem complexa. Não posso analisar mais NY, pois estou em Paris e não gosto de seguir com os olhos dos outros. Prefiro eu mesma ver de perto para poder dizer, mas vamos a uma rápida passada de olhos por alguns desfiles. Espiada que não posso deixar de dar...



Zac Posen com Raquel Zimmermann ( ela não apareceu na alta-costura de Paris) é uma deferência. O terno é bom, comportado e comercial. Queria fazer um adendo ao comentário sobre meu vestido Issa: ele é lindo, mas acho que eu não soube escolher a estampa. Deveria ter feito como você Marcela: comprado liso ou até uma blusa. Quantos aos vestidos de jersey estarem datados, para o meu guarda-roupa, no momento, estão, apenas eles, não outras peças que tenho com o tecido. Adorei seu comentário. Ontem passei pela loja do Herve Leger e vi os vestidos bandagens. Lembrei de você.





Continuando em Posen: algumas peças bem boas. O estampado minimal é um romantismo adequado para nossos tempos. Sem exageros, mas sem depressão também...




Meu preferido do desfile de Zac...




Quanto mais vejo Marc Jacobs para Louis Vuitton, para Marc Jacobs ou Marc by Marc Jacobs, mais gosto dele. As cinturas marcadas com cintos por cima de casacos, vestidos e o que mais quisermos, quebra o uso rígido das peças masculinas. Uma boa alternativa para roubarmos os casacos dos pais, irmãos, maridos, namorados, etc... Calças largas detonam, enfim, as slims? Nas passarelas, talvez. Na via real, não.



O balonê já está na coleção de verão da Givenchy e continua no inverno 2010, segundo Jacobs. Eles mandam.



E os xadrezes ( mais uma vez com cinto) e os ombros marcados e os vestidos... Tudo assim nesta ordem mesmo, cheio de "es"..




Diria que a moda precisa de Francisco Costa na Calvin Klein. Precisa de uma segurada e de uma mão forte no respeito ao corte, à estética de um corpo limpo.



Precisa da versão de smoking em degradê, uma lembrança ou uma homenagem à Prada e YSL, ou nada disso? Tudo se refaz e não necessariamente, copia...




Não é? Miuccia Prada fez o dourado no verão que está nas vitrines de agora e "acordou" o tom. Calvin Klein gostou e fez sua versão de um vestido completamente diferente, mas ainda assim dourado. Conclusão: os metálicos não morrem jamais.


Para fechar:

Quem vai começar o verão ou quem vive agora a estação, pode aproveitar e fazer as amarrações com lenços e andar numa boa por aì. Não são turbantes tradicionais. São sobreposições de lenços que fazem um efeito parecido. Tem que ter a manha.



Eles vêm: os óculos do desfile de verão da Dior Homme entram com exclusividade em suas lojas em abril. A edição é limitada a 500 exemplares e as cores são variadas. Cada uma tem uma função, "diz" que terapêutica ou divertida: os modelos rosa, laranja ou branco são indicados para festinhas. Os azuis para disfarçar a fadiga ou um hangover e ainda o preto para se esconder de quem quer que seja.


O Dichér criou uma comunidade para quem gosta do blog no Orkut. Link aqui.
Merci pelo carinho
Bisous
A+


Nenhum comentário:

LinkWithin

Posts relacionados