Moda Paris: Dries van Noten, Jean Paul Gaultier, Louis Vuitton, Kanye West, Marc Jacobs, outono-inverno 2009/2010...



Paris com chuva e com agitação de uma pequena, mas deliciosa, semana de moda ( ela dura apenas quatro dias!) masculina. Momentos onde a gente pode encontrar Marc Jacobs sem dezenas de seguranças a sua volta. Onde ele pode fumar seu cigarrinho calmamente, enquanto, como a gente, espera para entrar no prédio onde vai ver o desfile da Louis Vuitton masculina. A coleção homem da LV é desenhada por Paul Helbers, diretor do estúdio. A Jacobs cabe a direção artística. De saia e meia da coleção que reedita a colaboração de Stephen Sprouse com a grife, Jacobs me pareceu absolutamente em casa com tudo... Em seu look algumas tendências para 2010: os coturnos masculinos militares e as saias que voltaram ano passado.





Antes de começar a destrinchar o primeiro dia de desfiles e no fim mostrar os looks dos principais desfiles, conto uma coisa: na terça-feira, depois de dez anos de uma certa animosidade e distância, os dois maiores empresários do mundo da moda almoçaram juntos. Bernard Arnault (LVMH) e François Pinault (PPR) se reuniram na casa do banqueiro belga Albert Frère, amigo próximo de Arnault. O teor da conversa entre eles não foi divulgado, mas o ato em si representa uma possível reaproximação entre estes dois homens que mandam no luxo do mundo e que se desentenderam em 1999 quando a PPR comprou a Gucci. Depois pretendo voltar ao assunto...Segue o agito no desfile da Louis Vuitton, ontem à tarde...



O bling bling do dia foi Kanye West. Ele acaba de assinar um contrato com a Louis Vuitton para fazer uma coleção inteira, mas ontem mostrou o tênis vermelho que jà fez com a grife. O acessório estava no desfile e é um tênis de couro liso como os que a gente jà vê em moda desde ano retrasado.




Apenas que este é grifado duas vezes: Kanye e LV.




Faz tempinho que a Louis Vuitton pega mais pesado neste côté black de seus consumidores. O mundo do rap lhe interessa. Pharrell Williams fez uma coleção de jóias em 2008. O blog publicou.



E agora com a eleição de Barack Obama à presidência dos Estados Unidos o interesse se estende cada vez mais. Na platéia, a prova de que a era Obama começa a se instaurar bem forte na moda aussi.


Aqui a repórter do Canal Plus Agnès destrincha o look de um dos amigos de Kanye West...


Ela queria saber de onde vinha todo o aparato que ele usava. E não eram poucos. Um misto de peças Vuitton e de outras grifes. Seus dentes eram todos forrados de ouro.



O momento é bem de diversidade mesmo. No slide a gante vai ver a coleção do Jean Paul Gaultier. Ele se calcou bem nisso. Misturou a cultura black com todas a outras, colocando modelos de diferentes raças com perucas black power. Entrou até criança na composição de cena de Gaultier...





Depois do desfile, um mergulho no backstage. Fervo total com champanhe, petit fours, sanduíches e a imprensa enlouquecida para fotografar Jacobs. Eu fiz a minha antes. Estava satisfeita...




Olha s novas bolsas masculinas: algumas tem o formato tradicional, mas com o estofamento de uma bola de futebol. Outras são iguais às de sempre, com a diferença das ferragens, agora prateadas. O bufê de bolsas e malas Louis Vuitton para o outono-inverno 2009/2010 é este. Quer se servir???


Aos desfiles...



Em sequência: O desfile da Louis Vuitton misturou o bem clássico dos sobretudos em cashemere usado com calças mais largas e de pregas ( mais uma vez Armani copiado???? Não, é uma tendência de classicismo, faz tempos que o blog fala nisso).
As cores são o azul, o cinza, o preto, o branco, o laranja e o vermelho. Tem jaquetas de renard e sobretudos também. Tem trench-coats. Tem os blusões mais justinhos e uma parte de calças slim. E tem um blusão de croco ano 1854 que é peça mais incrível que eu vi na coleção. Segundo Paul Helbers, ele começou se inspirando na viagem de um rei africano, depois fez choques desta interferência com a alfaiataria e o trabalho em couro e peles. O blusão de croco vem da referência que ele buscou nas roupas militares do ano de 1854, ano em que foi fundada a Louis Vuitton.

Dries Van Noten


O estilista belga entre numa fase mais "sartorial" também. A alfaiataria ganha peso em sua coleção. Os costumes, os sobretudos, tudo na coleção é mais construído e tradicional. Noten usou as cores que começam a formar o inverno 2009/2010: branco, preto, cinza, azul, bege e caramelo. O look todo verde é meu eleito.



Jean Paul Gaultier


O francês adora uma baguncinha nos seus desfiles. A eleição de Obama e a diversidade que a França tanto fala e os Estados Unidos conclamam agora serviu de base para sua coleção. Gaultier fez muitos trenchs em gabardine clara, casacos em tecidos brilhosos ( uma espécie de lamê cinza-chumbo), brincou com as modelagens mais justas e as cores como o vermelho e colocou saias. Um xadrez um pouco mais tímido nos tons cinza, preto e branco. Blusões em jacquard. Coletes nos chamados costumes aqui na França ( três peças). Os sapatos são bicolores ou vermelhos. A melhor peça da coleção: a calça em alfaiataria com amarrações que começam nas coxas e vão até o tornozelo.

Bem to indo começar mais um "jour" de desfiles
Obrigada Eliza pela indicação
Recado para anônimo que deixou recado em um post antigo sobre a Madonna onde falo que não gosto de cabelos curtos. Se você ler bem o blog vai prestar atenção que faz tempo que anunciei a volta dos curtos e mostrei fotos de rua com os cortes.
Agora, prefiro a Madonna de cabelos mais longos como os de agora. Ela usou curtos no passado, isso sim.

Bisous
A+

Um comentário:

Maria disse...

(Parabens pelo novo visual do blog, ficou bem legal!!!)
Sempre que estou perdida sem saber o que vestir penso(com raiva)que: tudo é tão mais fácil para os homens. Mas só de olhar as fotos dos desfiles masculinos essa ideia se esvazia por completo!!!

A cobertura dos desfiles tá d+
=**

LinkWithin

Posts relacionados