Moda Paris: Barack Obama, Calvin Klein, Carla Bruni-Sarkozy, Chanel, Christian Louboutin, Jackie Kennedy, Lady Di, Michelle Obama...



Todo mundo quer saber que roupa Michelle Obama vai usar na terça-feira, dia em que seu marido, Barack, assumirá a presidência dos Estados Unidos. A mulher do primeiro presidente negro dos EUA é comparada à Jackie Kennedy no seu jeito de vestir. Esta é uma maneira simplista que a imprensa acha para julgar quando alguém está bem-vestido. Com Carla Bruni-Sarkozy, mulher do presidente da França, Nicolas Sarkozy, acontece a mesma coisa.




Diria que Michelle tem o estilo Michelle e que quando a gente quer ser clássica e chique lembra de Jackie que por sua vez recorria a grandes estilistas e ao jeito europeu de se vestir. Assim, de uma forma clara e nada complicada, o estilo das duas novas mulheres de novos presidentes de dois dos países mais importantes do mundo, tem a mesma maneira de se apresentar publicamente. E este é ligado ao da mítica Jackie ( parece constatação de detetive! Estou influenciada pelo romance que leio agora. Ele se chama " Os homens que não gostavam das mulheres" do escritor Tieg Larsson).



Carla vem do show-business e por isso não conta. É uma mulher acostumada a se apresentar para platéias em passarelas ou shows de música. Viveu sempre para sua imagem. Ela tem a mesma facilidade para se vestir e fazer caras à imprensa que Maradona para fazer embaixadinhas em um programa de auditório. Entra no DNA e pronto. Qualquer momento que ela saia para a rua, a italiana convertida em francesa, sabe exatamente o que fazer.


Com Michelle é mais ou menos a mesma coisa. Ela é parceira do marido. Se conheceram quando ela saiu da faculdade de Direito ( eu tinha confundido a história dos dois com a dos Clintons!!!). Com o passar dos anos foram se construindo juntos. E o resultado é a eleição de Obama. Michelle tem tudo a ver com isso. É chamada pelo marido de "rock". Ela é sua rocha. Sustenta tudo. Pode tudo. Se prepara para tudo.


Ao longo da trajetória política do marido, Michelle mudou muito. Ficou mais magra, tirou os óculos que lhe conferiam um ar mais pesado e, certamente, contratou uma excelente assessora de imagem. Tudo nela é perfeito. O cabelo, a pele, as roupas, os sapatos, as jóias, na grande parte das vezes, colares de pérolas parecem ter saído de dentro de uma loja naquele momento. É, Michelle tomou o famoso banho de loja que todas sonhamos em ter grana para nos esbaldarmos ao menos uma vez na vida.


Existem sites que promovem concursos para acertar quem vai vestir Michelle no famoso baile de terça-feira. Ontem eu mostrei alguns croquis que estilistas americanos e europeus fizeram com sugestões para os compromissos do dia e da noite ( correm na internet desde o ano passado!). Eu, se fosse a Michelle, iria de Chanel, mas depois pensando bem, iria de Calvin Klein o que, por associação, me faria vestir uma roupa de um estilista brasileiro. Então para resolver a questão vestiria um tailleur Chanel durante o dia e ao anoitecer me deixaria possuir pelos minimalistas recortes de Francisco Costa, o mineiro que desenha a grife americana e ja ganhou prêmios por sua habilidade com tesouras e panos caríssimos. Nos pés eu colocaria um scarpin do francês Christian Louboutin e pronto. Ah tem a carteira! Prada! Brincos bem discretos de diamantes de preferência, sem ostentar muito e pronto! Nada mais. De resto, seria eu mesma. Com o texto e os gestos bem estudados, exatamente como Michelle, Carla e outra grande dama expert em seduzir e fascinar a mídia: a princesa Diana.


Enquanto isso:



O novo presidente dos Estados Unidos não fez o mesmo mistério sobre o que vai vestir no dia da posse. É da marca Hart Schaffner Marx o smoking que Obama vai usar no famoso baile. A roupa é igual a da foto. Barack tem um desafio maior do que agradar às editoras de moda e gente que curte o assunto no mundo todo. Tem que fazer o tal " liberalismo americano" funcionar de verdade. Uma missão bem mais complicada do que escolher um simples traje para uma festa onde serà alvo de tudo e todos.

Bisous
A+

3 comentários:

Ana Clara disse...

Olá Ana
Acertadíssimo! Também iria com um modelo do Francisco Costa, já que ele fazia evening dresses na Gucci e possui expertise para tal. Atenção para as sombrancelhas da Mrs. Obama...


Ana Clara/SP

luciana disse...

Esqueceu a Rania, que parece-me realmente a sucessora de Jackie. Ela transita entre dois mundo, faz isto muito bem.

Ana Clara Garmendia disse...

A Rânia está no meu prelo Luciana.
Beijos

LinkWithin

Posts relacionados