Moda Paris: Anna Selezneva, Anna Jagodzinska, Calvin Klein, Michael Pitt, Natasha Poly, Steven Klein, Yves Saint Laurent...



Censura nela...



A Calvin Klein tem mais uma campanha vetada de circular na televisão americana. Desta vez o escândalo se passa em um sofá com as modelos Anna Selezneva, Anna Jagodzinska e Natasha Poly quase nuas e enroscadas com dois rapazes. As cenas são fortes. Tirem as crianças da sala. As fotos da campanha foram feitas por Steven Klein.





Yves Saint Laurent excitante...
Demorei, mas consegui o vídeo do Michael Pitt para a Yves Saint Laurent. Aqui na França ninguém censura este tipo de manifestação artística. Ainda bem. O curta foi feito por Inez van Lamsweerde e Vinoodh Matadin.






Deixe seu comentário sobre o que você acha de campanhas sexuais como as que a Calvin Klein sempre faz e sobre a de Yves Saint Laurent. Depois vou fazer uma retrospectiva que começa na década de 80 quando Brooke Shields era a estrela de um comercial onde afirmava não haver " nada" entre ela e seu jeans Calvin Klein.

Bisous
A+

5 comentários:

reinon415 disse...

OLA ANA CLARA EU RELAMENTE NÃO GOSTO CALVIN KLEIN JEANS SÃO Á MESMA LAVAGEM NUNCA MUDA SÃO SEMPRE Á MESMA COISA TANTO ELA COM Á LEVIS ELES NUNCA MUDA NADA TODA COLEÇÃO ELES VEM COM ESSE MESMO PADRÃO. SOBRE Á CAMPANHA NÃO DEVIA SER TÃO PODRE MAS FAZER O QUE CADA UM FAZ O QUE QUER.

JEANS AGENTE NO BRASIL TEM DE BOA QUALIDADE OU MELHOR . COLCCI , VIDE BULA. FORUM , ELLUS SÃO BEM MELHORES DO QUE ESSA GRIFE CK JEANS.MAS COMO OS BOBOA NO BRASIL COMPRA ROUPA POR QUE TEM UMA ETIQUETA VÃO LÁ E COMPRA ESSA PORCARIA

LÁ FORA TEM MUITAS GRIFES BEM MELHOR DO QUE ESSA COMO Á (TRUE RELIGION TEM UM JEANS DE BOA QUALIDADE)

Betinho disse...

Bom primeiro o Blog é maravilhoso.
ler o blog me da sempre muita esperança pra seguir meu sonho ( não é mentira não) e eu devo dizer q a campanha da CK jeans ,pra mim, é muito bonita. vulgar??? não sei. Tem tanta coisa mais vulgar q essa campanha essa q é só mais uma expressão. tá certo, tá certo q o jeans fica em segundo plano mas é muito melhor q ouvir uma mulher gemendo durante 4minutos cortes e materiais, com um cara sem saber o fazer e girando a cabeça prq isso é liberdade de expressão né. fala sério, muito fuzuê pra pouca coisa.

Lídia disse...

Adoro o seu blog. Leio sempre, mas é a primeira vez que eu comento. Amo moda, embora esteja estudando em outra área. Não sou muito fã das campanhas da Calvin Klein e por consequência, não gostei dessa. Agora, adorei a campanha da YSL. Prova que é possível criar algo extremamente erótico e insinuante sem mostrar muito, sem apelação. Acho que o europeu tem uma maneira diferente e mais artística de explorar o erotismo e a sexualidade. Esse vídeo com o Michael Pitt prova isso.
Eu gosto de campanhas ousadas, acho muito interessante. Mas tem que ser bem feito e estar dentro dos limites aceitáveis do bom gosto. É aí que a Calvin Klein geralmente falha. Outro exemplo são as campanhas do Tom Ford. Aquilo já beira o pornográfico e totalmente desnecessário.

Ruth Nahles disse...

Eu gostei, os americanos são ridiculos com esse falso moralismo patético. Será que eles acreditam mesmo que alguem ainda acha que eles säo puros, piada né??!! É só dar uma olhada nos videos "puros" feitos por garotas americanas "puras" com a Paris Hilton.E como diss o ditado: Por fora boa viola, por dentro päo bolorento. E os americanos tem muiiiito päo bolorento embaixo do lindo tapete de seda deles.

OBS: Ana ADO-RO teu blog!!!!

Luciene Vieira disse...

Os primeiros anúncios "comportamentais" da CK foram o meu despertar para a comunicação e moda. Adorava a do grito : "ahhhhhh!... aí procurei um médico de voz..." Eu estudava em Curitiba e entendia a modelo dizer "um médico em Foz..." hahaha. Anyway, meu jeans CK foi a primeira coisa que comprei com meu primeiro salário. Guardo-o até hoje...mesmo depois de tê-lo cortado todo - Marina inspiration, lembra?

LinkWithin

Posts relacionados