Moda Paris: É 2009! Feliz feliz! Chanel, Heidi Mount, Ted Lapidus, Olivier Lapidus...


Enfim fizemos a virada para o ano em que a moda e nós todos temos o difícil desafio de vencer a crise. Em Paris o clima de adeus a Tep Lapidus, morto na terça-feira, ainda reina. Aqui uma foto de seu filho Olivier em um desfile da grife em 97.
Era a haute couture primavera-verão...


Dia desses comprei um pijama com a marca Ted Lapidus. Confesso que naquele momento tinha me esquecido da real importância deste homem para a moda francesa, mas alguma coisa me disse que deveria comprar. Meu consumismo para ser cética. Claro que já não era mais feito e nem desenhado por ele, mas gosto de colecionar algumas peças e lembranças de grandes nomes, principalmente dos que se foram e não teremos mais tempo de vê-los em momentos geniais. Sobre o Ted vou fazer um poste especial... Hoje vim apenas para dar boas-vindas ao ano e fofocar um pouco.



Sob a sombra da crise...

A campanha da Chanel para a primavera-verão 2009 é com a modelo Heidi Mount. Meu amigo blogueiro do Dinorama me escreveu falando que queria me passar umas fotos, acredito serem estas que achei hoje. Sempre é bom trocar e eu adoro a idéia de receber imagens de outros blogs...Bem, a Chanel acaba de demitir 200 funcionários que trabalhavam temporariamente para ela aqui em Paris. É um reflexo direto da crise, assim como o cancelamento da expo Mobile Art ( o blog falou sobre isso no post de 20 de dezembro. Vê aqui.




A campanha com a modelo de 21 anos é bem clássica e foi feita por Lagerfeld. A marca tem experiência em trabalhar em tempos difíceis. Gabrielle Chanel fez fortuna na época da Primeira Grande Guerra justamente vestindo mulheres que estavam em Paris e não queriam ostentar com suas roupas. Foi o primeiro grande pulo de Coco. Espantar o fantasma da maior crise econômica dos últimos 80 anos deve ser mole para eles. Está no DNA da Chanel...


Para não me deixar mentir...

Imagens de uma festinha parisiense publicada nos jornais daqui. Olha o quão clássicas elas andam. Roupa cinza e saia godê. O blazer justinho já é faz horas...



E sabe que eu gostei da bota azul? Me lembra Bond-girl. O azul em algumas nuances está na cartela das cores de 009...O vestido de tricô é do tipo que acompanha a gente em supermercados, festas e mais tarde vira roupa-de-andar-em-casa ou um pijaminha básico.



E o costume ou terninho justo de tafetá que eu tanto vi e falei em 008 permanece e permanecerá enquanto a crise estiver por aqui. Ela deve durar todo ano e vai dar muita volta em quem não souber respeitá-la. Não esquece a palavra é recessionismo. Nada de exageros. O lance é ser certeiro. Comprar bem e investir em roupas e acessórios que se possa repetir muitas vezes. Até gastar...
Bisous
BOM ANO
A+

Um comentário:

Adriano disse...

BOM ANO,Ana.


A sofisiticacao de suas opinioes e obervacoes(teclado americano e desconfigurado, ainda) como companhia atraves do blog ja' e' um bom motivo para desejar mais e mais de 2009.Acredito que, apesar da crise eminente, talvez, justamente por causa dela, tenhamos um ano interessante (e quem sabe ate' mais interessante) em relacao aos caminhos que a mode ira' trilhar...qdo penso nessa crise, Coco Chanel e Christian Dior me vem a mente.Tenho certeza q vc entende pq.

No mais,so' posso agradecer pelo blog.

Merci!!!!

-Adriano Gazoli

LinkWithin

Posts relacionados