Moda Paris: Chanel, Dior, John Galliano, Jimmy Choo, Jude Law, Louis Vuitton...


Jude Law vai representar o novo perfume da Dior: Dior Homme Sport. O lançamento sem data anunciada vem num ano em que o grupo LVMH ( Dior, Louis Vuitton, Moet Chandon, Sephora, etc...) comemora um crescimento de até 14% em suas vendas. A principal causa dessa alta é a venda de bolsas e acessórios, mas o grupo anuncia que as vestimentas e perfumes também aumentaram seus ganhos.




E adivinha quem são os consumidores responsáveis por este crescimento numa época em que as relações econômicas internacionais estão tão frágeis? Os chineses. Por sua vez o Japão registra quedas grandes em consumo. O desejo e a compra do luxo cresce tanto entre os chineses que estão previstas a abertura de seis lojas Louis Vuitton e 27 Sephoras no país...



Falando em Dior, pulo para seu estilista John Galliano e sua marca homônima. O costureiro inglês vai lançar um perfume na metade de outubro e o nome do cheiro é o dele mesmo: " John Galliano". O lançamento será aqui na França, mas também em vários países da Europa. Antes de entrar o universo dos aromas sozinho, Galliano participou da criação de Miss Dior Chérie e J'adore, perfume que eu usei um monte e que adoro mesmo. É um clássico da perfumaria francesa..




Is black and white!




E, dia desses, comprei uma sapatilha Chanel very very label... Cheguei a fotografar meus passos para ver se realmente tinha feito uma boa compra. Na verdade achei meio exagerado, fiquei meio envergonhada, mas comecei a usa-la e depois não parei mais. É realmente muito cômoda. Bem...


Depois da compra entrei no universo preto e branco por causa da sapatilha e agora encontro em minhas pesquisas matérias enormes sobre a febre da dupla, assim como esta que segue. Passou minha vergonha.




A combinação é do tipo que a gente começa a fazer e não pára mais. São tantas as opções em tempos de uma leve volta ao classicismo combinada à liberação total de estilos. Confuso? É assim mesmo que estão as coisas, pegue sua vertente e siga em frente com rima mesmo!!! Escolha acessórios como cordões de pescoço. Eles estavam sumidos e agora os vejo por toda parte...Cadê os meus? Espalhados pelos anéis de Saturno, como diria Mário Quintana num poema onde tratava do assunto sobre o paradeiro dos guarda-chuvas, isqueiros, óculos, entre outros tantos pequenos objetos que perdemos pelo caminho. Para o poeta iam parar nos anéis de Saturno. Estariam eles lá a rodar????




Poesias à parte, coisa que adoro linkar com moda, sigo em frente na onda preto e branco... Não apenas a Chanel faz, apesar de ser uma marca registrada da grife nascida em 1909, a sapatilha de outra grife anônima também copia o estilo bicolor criado por Gabrielle Chanel em 1957...




E a gente usa a duplinha no campo das lingeries. Estas são da Chantall Thomass



A Dior de Galliano again aqui com sua versão alta e chiquérrima bicolor...



Chanel nos óculos p & b...




E ainda a bolsa Jimmy Choo zebrinha. Entre a bicharada é a estampa mais em alta agora. Quero tanto...
Bisous
A+

Moda Paris: Carla Bruni, Chanel, Karl Lagerfeld, Kate Moss, PauleKa, Zara Hadid...


E ontem a correria da chegada e dos fechamentos de coluna foram tantos que nem deu tempo de voltar aqui. Um calor de 30°C em Paris. Confesso que fiquei abalada com a poluição da cidade. Para quem não sabe quando está quente o ar fica tão pesado que fica difícil mesmo pensar... Bem, passou... Graças! Hoje o dia está lindo, choveu ontem à noite, e a sensação térmica é outra. Escrevo direto do Palais de Tokyo em definitivo, apropriando-me dos jargões jornalísticos da televisão e adaptando-os para o blog. Fiquei na dúvida de qual seria meu "abre" de hoje mas optei pela capa da Vanity Fair com Carla Bruni Sarkozy sendo comparada à Jackie O. A ex-top model, cantora e atual mulher do presidente da França, Nicolàs Sarkozy, é um show e rouba a cena na moda e na política internacional. Nas revistas e jornais mais ela do que ele, apesar de Sarkozy ser chamado de o Omni- Présidente... Traduzindo: o presidente onipresente... Carla também é...Na Vanity foi fotografada por Annie Leibovitz...


E não é que Karl Lagerfeld vai sempre e mais além. Ele foi chamado para participar de um projeto imobiliário de luxo em Dubai dentro do complexo de ilhas chamado The World. Lagerfeld assina a Isla Moda. Dentro dessa ilha o Hotel Moda com 250 quartos e todo o exagero que o dinheiro das arábias pode promover...E dentro da Ilha claro que todas as butiques mais caras do mundo...




E o novo perfume da Kate Moss chamado Velvet Hour e com campanha feita por Mert & Marcus entra em vendas aqui em Paris em setembro ao preço de quase 90 reais. Um propósito barato dentro do mercado de luxo. Kate tem se engajado em coisas com sua imagem luxo, mas que a classe média pode consumir. Ano passado começou sua linha de roupas com a cadeia inglesa TopShop e lançou um perfume com a Coty. Tudo barato mesmo. E agora com o Velvet abre uma polêmica de que estaria plagiando o Midnigth Poison da Dior...



Coisa que não é difícil de entender o motivo. Veja a campanha estrelada por Eva Green...A Dior lançou a fragrância em meados de 2007, época em que comemorou seus 60 anos de vida, ou seja, um ano atrás...



E como, às vezes, falo mais na Kate do que na Gisele resolvi colocar a foto-nota de nossa top, a mais bem-paga do mundo, estrelando a campanha dos relógios Ebel...



E a imagem da France Press é para ilustrar a notícia de que existe na França um movimento chamado "Hommes en jupe". A " Homens de saia" é uma associação que se relança 500 anos após ter começado aqui mesmo. Seu presidente, Dominique Moreau, quer que o uso de saias seja mais aceito e mais "feito". Ele articula sua "luta" dizendo que milhares de homens no mundo usam a peça. Moreau cita o sarong asiático e o djellabaafricano... A base do movimento é em Poitiers, interior da França...



Tendência?

A bolsa com jeito de sacola de jogar boliche foi feita por estas grifes todas...



Pelas ruas...

Na vitrine da PauleKa o anúncio de um inverno clássico vermelho e preto...



E sem perceber ( até a hora de editar e começar a descrever as imagens) colhi estas imagens nas ruas do Champs no domingo. Uma cadência xadrez vermelha forte tanto nas partes de baixo...


Quanto nos vestidos soltinhos que a gente tanto usou no inverno e que pelo visto o povo não vai se soltar deles. São práticos. É o tipo de roupa bateu-valeu...


No mesmo dia a criança com a calça nos tons red e a mistura de estampas que aqui consegue ser feliz. Tem vezes que funciona bem. Outras podem ser o desastre total. É para iniciados...



Para finalizar uma nota publicada no outro blog ( veja o link permanente no alto da página à esquerda) sobre a Melissa desenhada por Zaha Hadid. A arquiteta criou seu modelo de sapatilha a ser lançada em setembro durante a London Fashion Week. Zaha declarou gostar de novos projetos e desenhar um sapato para a fábrica brasileira entrou na sua lista de prioridades. Eu tentarei comprar uma....

Bisous
A+
Amanhã tem mais...

Moda Paris: Balenciaga, Louis Vuitton, Tour de France, o blog voltou...


Chega de descanso. Voltei para Paris no sábado e aqui estou depois de umas férias forçadas ( vida pessoal, saúde, etc, exigiram minha parada). Foram as primeiras depois de alguns anos de trabalho ininterrupto e muita devoção à moda. Bem e aqui estou eu com as imagens do final de semana no Champs-Élysées em uma Paris lotada para ver a chegada do Tour de France......Não teve bloqueio para o povo que queria ver as bikes passando e passando em volta do Arco do Triunfo e finalizando a prova mais importante do ciclismo mundial...



Ao ver todo o fervo fui com sede ao pote. Parar de olhar a moda do mundo por alguns dias me deixou sedenta e hoje vou postar mais ainda, aproveitei apenas para fazer uma rápida introdução e para trazer meus amados leitores acostumados às leituras diárias ao velho hábito...Por vezes penso que fotos não precisariam ser legendadas, mas apenas por vezes. Eu vi que eles estão com as unhas pintadas da mesma cor quando baixei as imagens no computador...Adoro isso... A conexão entre homens e mulheres cada vez mais afinada. Movimento que parte das ruas e entra sempre nas passarelas...



Uma onda azul no ar novamente??? Sim, mas outros tons que não o do ano passado. Preste atenção. Tem cor que cansa e acaba desmaiando. Foi exatamente isto que aconteceu ao Klein, um tom quase carbono de azul, febre em 007...



E o blog volta mais tarde com mais imagens do Champs-Élysées e também outras fotos e notas notas de moda. Vitrine da Louis Vuitton jà com a coleção inverno 2008/09 e suas botas "logo" total. É para vender o label mesmo e anunciar que tem a grife? Algum mal nesta atitude? Quando se quer ostentar sim. É fora de moda, melhor, nunca foi moda e hoje muito menos, mas usar coisas de boas marcas é um prazer e misturar uma bota Louis Vuitton a um look simplíssimo pode ficar muito bom. Fator dependente de avaliação pré e pós uso..




Aqui as imagens da Charlotte Gainsbourg como garota-propaganda da Balenciaga. O blog publicou a imagem dela bem natural no desfile de alta-costura da Chanel. É o poder da produção gritando e transformando mulheres que não são beldades em ícones de moda. É o caso de Charlotte... Mais tarde um pouco eu volto..
Bisous
A+

Moda Paris: Balenciaga, Rihanna, Gucci, Unicef...


Entro rapidinho, fugindo das férias, para falar que a Riahanna vai ceder a imagem para uma campanha da Gucci chamada "Tatoo Heart". A coleção tem a cara da cantora e toda a renda deve ser revertida para a Unicef. Crianças do mundo sendo beneficiadas pela moda. Adoro. E depois dizem que moda é futilidade. Pode até ter algumas facetas feias e chatas, mas na sua grande essência é maravilhosa... Amo. Estou com saudades...A coleção entra nas lojas em dezembro de 2008...Compre se possível for...



Bisous
A+
Volto logo...

Moda Paris: Café de Flore, Coldplay, Kate Moss, Longchamp, Gaspar Ulliel, Simone de Beauvoir, Sartre...




O blog entra em ritmo mais lento, mas não de férias absoluta e lembra que na sexta publiquei a foto de um ator francês na primeira fila do desfile da Chanel? Seu nome é Gaspar Ulliel e ele é o homem que contracena com Kate Moss na nova campanha da marca Longchamp...



As fotos foram feitas num lugar de Paris que eu adoro: o Café de Flore na boulevard Saint Germain, um dos pontos boêmios da capital e por onde eu sempre dou uma passada para tomar um café ou comer um bolo de chocolate maravilhoso...




Para vocês terem uma idéia da importância do Flore para Paris é bom contar que ele surgiu em 1887 e que ali foram redigidas obras como "Sous le signe de Flore" de Charles Maurras...



Era no Flore, por exemplo, que Simone de Beauvoir e Jean Paul Sartre passavam horas com seus amigos e onde vários movimentos intelectuais foram pensados e iniciados como o Liberté chérie criado em 2001...




Esse movimento é uma associação de federações francesas com uma apelação chamada " Liberté, j'écris ton nom" com idéias baseadas na obra "Liberté" de Paul Éluard... Gosto dessas conexões. É um dos objetivos maiores do blog, tirar a moda do banal e tentar mostrar que existem muitas ligações importantes a serem feitas com ela...



Assim esvazia-se o lado fútil apenas de belas imagens e enriquecemos o lado pensante das coisas, porquê frufru apenas não rola. Cansa. Esvazia. Eu não tenho paciência e nem tempo para ficar discutindo fofocas e papinhos vazios sobre as celebridades que tomaram conta da moda...



Sei que isso dá leitura, mas não é meu propósito mesmo. Gosto do pensar, do ouvir, do sentir. Amo moda, mas sempre seguindo essa vertente das ligações interessantes que ela faz...

E o que toca no meu rádio várias vezes por dia?
Escuta...




Bisous
Volto mais tarde ou amanhã
Fica ligado
A+

Moda Paris: Eau Premiére, Chanel N° 5, Carine Roitfeld, Coco Chanel, Peter Philips...


E Voilà em primeira mão a caixa do novo perfume Chanel n° 5: Eau Premiére é uma evolução de um aroma revolucionário lançado por Gabrielle Chanel em 1921. Merece uma matéria enorme, um post maior, um livro, porém hoje é dia de quase folga aqui. Começo das férias na França e o blog não vai sumir, mas vai entrar em ritmo mais lento para um descanso merecido. Posts durante a semana, mais ligths, com as notícias, fotos e ainda uma passada sobre toda a semana de alta-costura francesa...


Numa visita programada ao mundo n° 5 fui anteontem a um prédio da Chanel perto da Place Vêndome, lugar onde está o Ritz, no qual Gabrielle morou os últimos 30 anos de sua vida. Lá uma aula sobre a criação do perfume e por último o mimo desse frasco surpresa: a pequena maquete de uma passarela com Gabrielle observando a manequim desfilar. Super!!!!



O outro mimo foi uma camélia especial para aquele dia. Idealizada por Peter Philips, diretor de beleza da casa, ela é toda de papel, o mesmo das caixas que envolvem os cosméticos da marca. O acessório já está na minha lapela. Lembrança inesquecível de minhas vivências chez Chanel...


Mesmo se não tenho forças para ir adiante no dia de hoje, minha vontade de mostrar mais imagens da semana de moda é um pouco maior que meu cansaço. Um refresco para os olhos através da elegância de um ator francês ( sorry eu não me lembro o nome dele agora). Apenas para gravar que a moda homem nunca esteve tão boa...




E todo mundo acertou: era Carine Roitfeld mesmo. Silhueta inconfundível assim como o vestido Alaia...
Bisous
Vou repousar
A+

Moda Paris: Anna Piaggi, Anna Wintour, Chanel, Charlotte Gainsbourg, Grand Palais, Patrick Demarchelier...


E realmente quem vai atrás da notícia muitas vezes não posta. Ontem foi um dia daqueles aqui em Paris. Evento desde o começo da manhã, desfiles, chuva forte, trânsito caótico e dificuldades com a internet. Bem volto ao assunto anterior que era o desfile da Chanel. Deixei engatado para continuar. A apresentação no Grand Palais vira praxe na maison e como ouvi falar uma editora da Vogue Paris e concordo plenamente é muito melhor para quem vai. Ano passado a alta-costura foi marcada para o parque Saint Cloud, um lugar maravilhoso, mas choveu muito e, não fosse o trabalho da equipe de Karl Lagerfeld ser excepcional, talvez tudo desse errado. Enfim, sofremos para chegar e sair daquele mágico , mas distante lugar. Saiba mais sobre o desfile Chanel em Saint Cloud aqui e aqui...Essas imensas instalações metálicas eram o cenário do desfile, o mais simples das últimas edições...




Antes de tudo começar passo a revista nos personagens da moda que vão aos desfiles. Não me canso de ver Anna Piaggi montadinha. Admiro-a pelo modo como, mesmo depois de fora do comando das revistas que trabalhou, ela ainda mantém sua majestade, sem ser, de forma alguma, rabugenta. Conheça a historia da Anna aqui




Fera das fotos Patrick Demarchelier novamente na minha frente. Grande fotógrafo a trabalhar constantemente com Carine Roitfeld na Vogue Paris...É daqueles que ainda usam técnicas mais simples, quero dizer, sem muitos recursos de retoques de imagens. Existem muitos profissionais que retocam tanto seus trabalhos que a gente perde o foco do seu talento. Demarchelier é dos grandes.



E quem é essa lady? A " diaba" em fase floral total...



As últimas imagens que tenho de Anna Wintour são de looks florais. O blog falou sobre a importância das flores em 2008 diversas vezes...




E antes de cair na passarela da Chanel mais um toque people. Charlotte Gainsbourg é um ícone na França. Filha de Jane Birkin e Serge Gainsbourg ela é cantora, atriz e modelo de algumas grifes. A temporada outono-inverno da Balenciaga é protagonizada por ela. Pessoalmente Charlotte se apresenta como uma mulher normal. Simplérrima na primeira fila da Chanel...



E o desfile foi mais contido também. Para quem conecta moda com tudo e não apenas com beleza e futilidade a percepção é forte de que o momento pede contenção. Lógico é um manteaux de pele, suntuoso e tudo mais, porém é preto e não existem excessos. Nem na maquiagem e nem nos cabelos, todos iguais. Perucas na moda??? Vi uma menina dia desses no ônibus e fiquei desconfiada que sim, afinal eram 11 horas e ela andava com a mãe. Outro dia vi outra menina...Pode ser divertido again não?





Vi referências anos 80 nas enormes mangas dessas peças e a cor que para os franceses é cafona, assim como no Brasil é o turquesa...



E tive a certeza da influência dos anos 80 quando vi o vestido com aquilo que chamávamos rabo-de-peixe. Minha irmã casou com um de tafetá assim em 84...




A noiva vestiu um vestido aparentemente simples em branco com detalhes prata e um imenso véu. E fim. Depois Lagerfeld aparecer como falei com seu garde du corps e modelo na boca de cana vestindo o colete amarelo da campanha que o designer da Chanel faz para o trânsito francês. É aquele momento em que a moda se desdobra e conecta com outras áreas que sempre insisto em falar e acho importante ninguém esquecer...



Voltando aos personagens dos desfiles mostro outra poção kitsch porém belíssima da moda Paris. Apresentadora russa ( achooo) sempre com roupas e chapéus diferentes. Ela é linda e tem licença poética pela beleza e mais ainda por saber portar tudo que usa...




"Who's that girl"???? Respostas nos comments please...



E encerro com outras duas lindas mulheres que sempre estão na Chanel. A menina é apresentadora de televisão e está na fase xiii esqueci que, pelo visto, pelo menos no verão, não vai folgar nem para ela e nem para quem tem pernas para tal. Sacou? A onda é a seguinte: todos os comprimentos são permitidos, desde os vestidões longos que eu ja mostrei aqui, passando pelo lápis da foto acima até esbarrar nos curtíssimos. Bom de usar todos. Dependendo do espírito de cada dia. Dependendo do tempo. Dependendo de tudo. É a gente que escolhe. Apenas uma regra nesse dress code : despretensão. ninguém tem mais tempo e paciência para caras e bocas...

Bisous
Eu volto para falar do novo Chanel n°5 que conheci ontem!!!
A+

LinkWithin

Posts relacionados