Moda Paris: Givenchy, Justin Timberlake, Marc by Marc, Matthew Williamson, Ny fashion Week, Play...


Antes de mais nada comemoro o niver do Karl Lagerfeld. A idade? Ninguém sabe ao certo. Que importa? Para mim nada, apenas o trabalho magnifico do criador. Amanhã um post para ele...




Acho que o Marc Jacobs merece realmente o título de rei de Nova York que tem recebido da mídia francesa. Suzy Menkes do Herald Tribune também adora ele. Marc by Marc, sua segunda marca, é a cara da gente, uma moda sem frescuras que o mercado é àvido por consumir. Sem apelos fantásticos, facilmente esquecidos pelo esfriamento das imagens dos desfiles, simplesmente uma roupa para usar. Nova York é assim. No glamour, more praticidade, em português mesmo...



Mas na verdade existe um glamour enorme nesta roupa. Por ser exatamente assim que a gente vai decodificar e sair por aì, Jacobs ( aqui na Marc by Marc) consegue fazer do simples uma coisa maior. A roupa é para vestir e dar conforto. O charme é seu. Tempos em que o fake fica de lado.



Uma outra grande característica da atual fase de Marc? Seu lado francês gritando. A influência da moda européia em seu trabalho abafa o que poderia ser uma coleção de camisetas e calças ( o povo iria amar do mesmo jeito!!!). Marc não quer. Ele sabe o que faz e para mim é um dos melhores criadores do momento. Trench e sapatilha? Très parisien ma chérie






E o Marc falou a um jornal daqui que era inevitável o encontro das ruas com as passarelas. É mesmo. Estes macacões curtos e soltinhos circulam entre o povo. O blog até publicou alguns modelos. Continua até gastar bem a tendência...




E os meninos, meio ingleses, meio esquisitos, mas cheios de charme, continuarão...Fácil fazer um copie cole. A idéia do estilista de popularizar sua criações continua sua rota e ela tem tudo a ver com um antigo pensamento. Gabrielle Chanel certa vez disse: " a cópia é uma prova de amor". Jacobs faz uma trajetória parecida. A meu ver. Sempre neste blog.



Passando os olhos na coleção de Matthew Williamson vejo um pouco mais do "com graça" de NY. Nada de novo na calça de shantung e no colete, mas a versão um pouco mais sofisticada é boa e, além do mais, sempre funciona.



E o salmão dos meus sonhos, pelo visto, vai funcionar e muito em 009. Não preciso nem apostar. As mangas bufantes, começadas por Lagerfeld e Guesquiére ano passado a ressonar...



Não posso deixar passar...

O Justin Timberlake nunca foi tão belo quanto na campanha do perfume Play da Givenchy...


Totalmente James Dean nesta foto, cai nas minhas graças...Não tinha comentado. Não resisti...



Viu o clipe da preparação da campanha?



Ah!
O perfume? É bom.
Vale trocar ou colocar na listinha para conhecer.
Bisous
A+

2 comentários:

Henrique Marquez disse...

Ontem, no blog, você mostrou a foto do Marc encerrando um desfile em NY, usando saia... e hoje, pela internet, encontrei fotos do mesmo, andando nas ruas, usando mais uma saia...

seria uma influencia do movimento dos homens de saia, em Paris, que o blog mostrou a pouco tempo??


beeijos!

Lauren disse...

Nossa, o Karl conta história! Provavelmente deve estar comemorando uma bela idade avançada da qual quer esconder. As roupas do Marc estão ótimas, fiquei louca para usar trench com sapatilha. Pena que na cidade onde moro isto não dá para fazer. Fiquei curiosa com o perfume da Givenchy. Vou ver se consigo sentir o cheiro e colocá-lo na minha lista de espera! bjokass

LinkWithin

Posts relacionados