Moda Paris: Dsquared2, Fendi, Karl Lagerfeld, Marni, Versace, Milão Fashion Week, verão 2009...


E eu não pude resistir ao apelo cafona da Dsquared2 para o verão de 2009. Resumo meu: além de um grande classicismo e do origamismo, a gente tem o cafonismo... Seguem algumas outras imagens para confirmar que a moda não pode descartar o lado cafona da vida, ou para ser mais chique, o lado kitsch...



O clássico look Saharieene de Yves Saint Laurent com Veruska como musa- uma imagem marcante da história da moda da segunda metade do século 20- bem lembrado pelos italianos. Quer ver a imagem original? Clique aqui.



Camiseta, calça jeans, cintos( eles estão por várias coleções e até eu que nunca usei estou precisando de um) e um bom óculos. Que mais a gente precisa para ser feliz numa sexta-feira? Claro que muito mais coisas, mas uma simplicidade destas cai bem. Falei estes dias sobre o não usar carteira. Não por não achà-las lindas, mas por não serem práticas. São para momentos de riqueza, se é que me entende...




Fendi deu uma virada. Lagerfeld sabe encarar a crise de frente, até porquê, para ele, ela não existe. O mercado do alto-luxo- escala em que a Fendi e seus preços se enquadram- não deve se abalar. Talvez apenas adaptações para mais uma mudança no estilo do consumidor. Depois da China ( lembra que a grife fez um desfile nas Muralhas??? Olhe aqui) é para a Rússia que o mercado se volta. O Brasil também, deve, em algum tempo começar a chamar a atenção do alto-luxo, por enquanto é apenas uma pequena, ínfima fatia mas...as coisas podem mudar.



Fetiche meu: sapatos de salto anabela. Não resisto.


E se eles querem as russas ( suposição minha) elas podem usar qualquer tipo de roupa. Não existe tanta rigidez no gosto delas, apenas valorizar a beleza natural que têm. Transparências e sobriedade confirmadas para o verão 009, e...



Flores para um período bom. A moda deve apostar em mudanças e melhorias. É assim que a coisa funciona. Adorei os shapes das saias que sobrepõem uma anágua...



E resolvi ver a coleção da Marni, para não ficar sempre falando nos mesmos. E por achar a roupa deles fantástica, quando vejo de perto na loja da avenue Montaigne. E eles estão na frente otimista de cores para 2009.



Fazem uma mescla entre a austeridade e a alegria. Foi toda coleção assim. No post de ontem os losangos. No ano que vem tem mais. Ainda bem que mantive os meus no armário, mas logicamente quero outros novos.


E encerro a semana ( amanhã começa Paris!!!!) com o cafonismo, romantismo e origamismo de Gianni Versace por Donatella. Curtos e longos. Lisos, brilhosos e estampados. O consumo mudou e não tem como acertar numa "mosca" apenas. Fazer uma coleção com itens para vários gostos, duvidosos até, é a chave para algumas grandes marcas continuarem respirando, em meio ao sufoco de 2008. O segundo modelo "reinou" por Paris. Ruas de verdade. Palavra cafona reinou, não??? Não importa, ela está no ar.
Bisous
A+

Nenhum comentário:

LinkWithin

Posts relacionados