Moda Paris: Chloé, Chanel, Claudia Schiffer, Karl Lagerfeld, Ines de la Fressage...


Eu teria e tenho muita coisa a falar sobre a figura de Karl Lagerfeld na moda do século 21, mas antes disto tenho que passar pelo século 20. Karl Otto Lagerfeld nasceu na Alemanha em 10 de setembro de 1933, ou seja, nada de 70 anos e sim 75. Que importa mesmo?



Certa vez li uma declaração do estilista sobre seu poder de renovação: "Vampirizo o ar dos tempos". Amei e acho que realmente Karl aprendeu a sugar o que os tempos mostram. Ele se perpertua com isto.




Este homem que sempre usa luvas- segundo ouvi em uma entrevista é por uma questão de higiene, ele aperta a mão de muitas pessoas- e colarinhos altos prega um estilo que Coco Chanel amava: a simplicidade unida ao luxo. A roupa Chanel mantém a tradição da criadora da grife, mas não é uma cópia. Tem a marca Karl.




Algumas coisas que adoro em Karl? A maneira como trata a imprensa. Ele é o único estilista a atender todos. Para Karl tudo é importante e ele responde até o último jornalista. Explica as coleções com tal agilidade que chega a ser difícil perceber em qual língua ele está falando. Karl domina o italiano, o alemão, o inglês, o francês e parece que está aprendendo espanhol...



Antes de entrar na Chanel, em 83, Karl se tornou o primeiro estilista free-lancer da história da moda. Em 53, trabalhou na Balmain como assistente de Pierre. Na época, ele e Yves Saint Laurent ( amicíssimos então!) ganharam um concurso de jovens talentos. Yves, em primeiro lugar, foi para a Dior. Karl para a Balmain. Depois disto trabalhou para a Fendi, onde está até hoje, sabia que a logo da marca foi feita por ele???.Além disto, em 75, Karl criou o primeiro perfume Chloé.



Bem, na Chanel leva Ines de la Fressage a ser a primeira top a assinar um contrato de exclusividade com uma grande grife...



Daí por diante a gente começa a ver este homem aparecer cada vez mais, não apenas no papel de senhor Chanel, mas também à frente de criações como a colaboração feita com a H & M em 2004. Karl assinou mais de 40 modelos para delírio de uma clientela popular que teve acesso, pela primeira vez, a suas criações. É a democratização da moda de luxo acontecendo e Karl participou dela.




Na Chanel a continuação de um estilo lançado por Gabrielle, quase cem anos atrás, é feita com maestria pelo estilista. Ele se tornou fotógrafo das campanhas da grife. Nada escapa de suas mãos. Karl é onipresente e...




Tem em Claudia Schiffer uma de suas principais musas e colaboradoras. Mais sobre ele sempre aqui no blog.
Bisous
A+

Um comentário:

Flora disse...

Muito giro falei do teu blog no meu! Vê! egileo.blogspot.com

LinkWithin

Posts relacionados