Moda Paris: Anna Selezneva, Azzedine Alaia, Carine Roitfeld, Emanuelle Alt, Givenchy, Ricardo Tisci, YSL...

Entrou nas bancas ontem a edição de setembro da Vogue Paris. Anna Selezneva é a capa com a cor da estação. Falei ontem aqui no lilàs e a revista confirma o tons derivados dele como os prediletos do mês e do inverno que vem.




Vou dar uma folheada na revista para dividir alguns comentários como a campanha inverno indiano da Hermés. Maravilhosa a imagem com Mariacarla Boscono de volta nas campanhas da temporada.




E ontem também eu falei do rock, dos anos 80 e tal. A brasileira Raquel Zimmermann estrela o encarte especial da loja de departamentos Printemps com a tônica Rock Couture. Foto com o shape da hora, mesmo os slims continuando a martelar e martelar este é o novo. Vai encarar uma calça-bomba? Pernas longas podem.





Quem não as possui, melhor ficar na admiração mesmo. Eu gosto e muito da mistura da veste curta e justa com a calça, mas tem que ter a manha para usar e pensar, principalmente, na escolha do sapato. No caso, salto alto mesmo...




E um dos editoriais da revista feito pela Carine Roitfeld aposta nos exageros. A saia de couro do Azzedine Alaia é preferida da editora-chefe da revista e em vários momentos da edição ela e Emanuelle Alt ( editora de moda) fazem alusão ao estilo que elas mesmas têm. Gostei, afinal servir de exemplo, no caso das duas e da equipe que as acompanha é uma boa. Não erram nunca. No meu entendimento. Sempre bom afirmar, afinal blog é pessoal e intransferível.




Tive a impressão que era Ricardo Tisci a meu lado hoje na banca na hora da compra da revista. O estilista da Givenchy cada vez mais acerta a mão. Amo esta coleção com Mariacarla de novo. Amei os figurinos da Madonna. O frescor de Tisci é absolutamente necessário na moda.



E a campanha de Jean Paul Gaultier tem a Daria Werbowy como top. Achei meio repetitiva a imagem. Ela estrelou alguns editoriais meio em pose de vôo. Pelo menos que eu me lembre em menos de um ano é a terceira vez que a vejo assim.



Outro shape da hora? O da Calvin Klein. Para iniciados total.




E ainda algumas campanhas ( tem muita propaganda! Diz um amigo que divide a revista comigo hoje!) com mais look anos 80. Quem viveu lembra.



Eu acabei não comentando a revolta do Peta com a atriz Gwyneth Paltrow pela campanha da Tod's. Na hora de engordar os cofrinhos as ideologias de alguns se esvaem rapidinho. É uma atitude recorrente na moda ver o povo falando e emprestando a imagem ao Peta e depois voltando atrás e usando peles. Assunto polêmico e longo, diria que sem fim...



Bem... Semana que vem a YSL vai distribuir nas ruas de Paris, Nova York e Tóquio mais um jornal Manifesto. A campanha é com a Naomi é a novidade é a bolsa que vem junto com o material. Vou viajar semana que vem, porém, contudo, todavia... marquei minha volta para o dia em que a distribuição vai rolar. Não posso deixar de ter a bolsa e o jornal em mãos. Viciei em moda e em blogar. Que fazer? Continuar...
Bisous
A+

Um comentário:

Julia Fontelles disse...

Adorei folhear a revista. Ainda não entendo como não se substitui de vez a pele verdadeira pela falsa e ecologicamente correta, a mesma coisa vale para o couro das bolsas e não adianta vir dizer que a de couro duuura muito mais já que na próxima estação a gente corre e compra tudo de novo.Stella Mcartney bem que faz a parte dela, mas uma andorinha só não faz verão, né?

LinkWithin

Posts relacionados