Moda Paris: Amsterdã, Blondie, Red Light Fashion, Bags and purseus Museum, Michael Jackson...



Voltando ao assunto de ontem, sobre os dias que passei em Amsterdã e sobre o Red Light Fashion Amsterdam, encontrei Wanto van Renen gerindo umas das lojas que fazem parte do projeto.



Ele me contou que não é uma iniciativa com caráter definitivo e depois eu li que o misto de galeria de arte com roupas de novos criadores holandeses deve durar um tempo limitado. Parece que dois anos...




O Red Light une 16 estilistas e tem como uma das suas bases fazer exposições paralelas. Em uma das salas araras com roupas street-wear, a grande maioria em malha e tecidos como o cotton e o moleton.



O instigante do Red-condenado por muitos, pelo que vi numa reportagem na televisão, o povo acha que não se deve msiturar uma coisa com a outra e eu pergunto: why not?- é que a gente adentra no espaço onde as prostitutas trabalhavam e ainda trabalham nas casas igualzinhas ao lado...





A "decoração" foi mantida, acredito eu, justamente para dar o impacto de que moda e arte ( mais uma vez) se misturam e podem invadir diferentes guetos. Um dos bidês que ficam perto das camas. Pelo momento servem de aquário...




"Aqui agora é meu escritório", brinca o Wanto. Ele usa uma das camas das prostitutas para trabalhar com sua assistente. Perguntei se ele dormia ali e ele disse rindo: "não!". Nada a ver mesmo, eu me fiz de engraçadinha.





Alguns dos detalhes do que é a loja. Livros bacanas, echarpes feitas à mão e um divertido radinho com estampa camuflada. Sempre ela em Amsterdã.




Adorei os bottons: I love man ( me too), I love the both e I love the same...



No outro dia...

Fiquei de boca aberta com o museu de bolsas que a cidade montou em 2007. Um projeto de uma colecionadora apaixonada por bolsas hà 35 anos. São 1500 peças contando o desenvolvimento das bolsas femininas. Um arraso. Depois vou mostrar e contar mais.




Fora isso, mais bateção de pernas para ver as lojas e os brechòs da cidade. Neste encontramos um lote de camisetas maravihosas com o Michael em Thriller e ...



... a Blondie. Tinha também o Jim Morrison. Amei. Não comprei e me arrependi. Ainda bem que tenho uma grande amiga para resgatar as compras perdidas...


Bem, quem mais poderia sugerir agora?


Bisous
Amanhã volto com mais relatos de Amsterdã
A+

4 comentários:

Julia Fontelles disse...

Adorei as fotos! Vc esteve no Superclub? Adoro este lugar!Semana que vem vou postar sobre ele.Bisoussss

Neto Soares disse...

Nossa seus achados são muito legais, parabens pelo blog.

Neto Soares disse...

Muitooo bom!

Aninhat disse...

Adorei! Estou ansiosa por mais infos do museu de bolsas! Queria estar em Amsterdão para conferir essa novidade da Red.
bjs

LinkWithin

Posts relacionados