Moda Paris: Prêt-à-porter outono-inverno 008/9 Elie Saab, Nina Ricci e + street fashion...


Essa é uma semana de ressaca na moda. Foram-se todas as coleções de prêt-à-porter outono-inverno 008/09...Mas ainda me restam desfiles a comentar e hoje eu foco em Elie Saab. O libanês é daqueles que apenas cresce na moda parisiense. Falei outras vezes que, na minha visão, ele vai tomar o espaço na clientela que antes era de Valentino. Faz apenas roupas finas e gostando o povo ou não elas são bem feitas e carregam o brilho que stars, celebridades e milionárias precisam para ir a festas...Bien Sur...Saab apenas faz isso e nessa temporada colocou cores clarinhas e ainda volumes nas saias, uma coisa meio princesa com aquele ar de juventude que também comentei: o mercado quer agora...




Mas mesmo se faz apenas as festas o estilista também entra em algumas ondas coletivas como o romantismo e a volta do decote um ombro apenas ( esse teclado francês me mata, alguns acentos não rolam de jeito nenhum) ...Foram muitos não?




E os longos de Saab são assim. Para todos os gostos e bem poucos bolsos. Vou passar na loja dele para checar os preços. Não gosto de chute...



E depois da exuberância de Saab entro na Nina Ricci... Seu estilista
Olivier Theyskens é belga e entra na lista dos queridinhos da mídia brasileira ( Giovani Frasson editor de moda da Vogue Brasil me disse que é um dos seus preferidos). O desfile dessa temporada foi a cara dele, por sinal, jovem e com um ar de simplicidade total...



Curti os detalhes como as calças que entram para dentro dos sapatos. Em terras frias como as européias funcionam e como estilo mais ainda... Vai pegar, aliàs jà tem gente que faz isso nas ruas faz tempo...



Theyskens fez um show cheio de calças, casacos por vezes mais compridos na parte de tràs e estampas em tons terra...Com essas imagens a gente pode mais uma vez decretar a volta definitiva ( se é que se pode usar esse termo na moda!!!!) dos casacos sequinhos e do couro...


Bastidores...

Na beleza vàrios cabelos alaranjados. Esse é do backstage da Chanel, mas em muitas outras apresentações vi modelos com esse exato tom nos cabelos. Em alguns casos, usou-se uma pintura temporària...




Um capìtulo para as meias. Essas também são Chanel... Vale dizer que uma boa meia pode mudar a monotonia do look mais blasé e que em casos de crise é uma boa opção criar por aì...Teve rendas, bicos, xadrezes, cores fortes, enfim um monte de meias diferentes...


E nas ruas...

E o povo foi aos desfiles assim. A calça meio larga e meio curta que a Louis Vuitton mostrou jà estava nas ruas...O Keffieh continua e o wayfarer idem...




E essa temporada foi das estampas florais. Prada total...




E dos looks simplificados. Adoro o ar angelical dela e os tons bem clarinhos. Roupa boa de usar e de ver...Nada de luxo. Estilo e conforto...



E o contato com a moda por aqui começa desde pequeno...



Diria que vem do berço. Olha esse pequenino aì sendo carregado para o desfile da Chloé...
Hoje posto de um café parisiense... Correria. Frio. Chuva com pedaço de gelo derretido là fora e aqui dentro o quentinho de um bom chà verde, uma das bebidas mais na moda agora...
Volto amanhã...
Bisous
A+

Um comentário:

nine disse...

Adoro desfiles e sempre que posso dou uma passadinha no seu blog para ver como está a moda em Paris.
Os vestidos de Elie Saab é maravilhoso, e as calças de Theyskens são show!

LinkWithin

Posts relacionados