Moda Paris: Yves Saint, Laurent, Valentino, Chanel. Outono-inverno prêt-à-porter 008/9. E mais: Anna Wintour, Bee Schaffer, Claudia Schiffer...


Acabo de chegar do desfile da Chanel. Um dos meus sempre preferidos junto com Dior das grandes maisons, mas as imagens da coleção vão ficar para amanhã mesmo. Como não faço foto de passarela (sempre uso aqui reproduções da Reuters, Vogue FR ou Figaro) tenho que esperar. Na minha mira hoje então os desfiles de ontem e as minhas fotos do buxixo da Chanel. Bem, e quem vem là? Uma Yves Saint Laurent super séria, com seus cabelos pretos, boca idem e vestidos ao que me parece com detalhe meio dobrado na frente... O azul cobalto da lã é igual ao que o masculino da Armani e Louis Vuitton usaram. Uma cor para anotar...





E o diretor-criativo da YSL Stefano Pilati também trouxe cores anos 60. Mas os detalhes da coleção são modernésimos... Os tecidos e cores podem parecer ser de antigamente, mas apenas parecem. YSL entra numa fase de reformulação total e de relançamento da marca. Essa semana falei do Manifesto n°2 com Kate Moss. Além dessa ação eles também reinauguram a loja-sede em Saint Germain...




Nada justo. Tudo amplo. Para mulher magra? Nem tanto. Diria que são roupas para as que não gostam de seduzir pela roupa e sim passar uma certa majestade através dela. Exemplo? O manteaux preto com um trabalho feito de aplicações bordadas com penas...



E ontem tava o maior ti-ti-ti aqui (rima sempre proposital nesse blog!!!) para ver o que a substituta de Valentino iria fazer com a grife. A jovem italiana Alessandra Fachinetti -ela tem 35 anos- deu seu toque pessoal e não tentou copiar em nada o mestre. É uma boa arrancada. Permanecem alguns toques do estilo V, mas a roupa é mais leve, jovem e comercial. Lembra que eu falei que o mercado està rejuvenescendo? Esse vestido soltinho plissado é dessa linha que meninas podem usar...



E quando Alessandra entrou no campo favorito de Valentino é claro que também não se arriscou em competir com nada jà feito. Cores sim. O vermelho Valentino dessa temporada é tomara-que-caia com barra dupla balonê...





E essa imagem eu fiz agora hà pouquinho no desfile da Chanel. Clique na foto para aumentar se quiser ver melhor a coleção completa. Resumo ràpido para amanhar falar mais. Lagerfeld abriu com os clàssicos tailleurs . Sempre em três comprimentos, para agradar jovens, médias e senhoras. Depois teve minissaia jeans bem curtinha e muitos vestidos, além dos moços a desfilar para dar aquela pinta indispensàvel. Garotas de Karl têm garotos. Esse era o carrossel Chanel. Todos os ìcones da grife estavam là. No final as modelos entraram nele. Algumas coisas se movimentavam para cima e baixo ou giravam. Foi uma festinha até Lagerfeld descer triunfalmente. Nada mal como desfile de uma marca cujo grupo acumula dez bilhões de dòlares...




Um dos looks desfilados foi esse pretinho em um material que de longe parece ser crochê. O tricô, material utilizado bastante por Gabrielle Chanel apereceu em vàrias passagens...




Como sempre ficou atendendo à imprensa e....um brinde ao blog!!!





Claudia, uma das verdadeiras queridinhas de Karl, causou o maior rebuliço com a imprensa. Mais magra do que no outro desfile e de cabelos lisos ( chapinha de volta????)...




E ainda Emanuelle Alt, editora de moda da Vogue Paris, mostrando sua camiseta rasgada por baixo de blusão dando entrevista para Vogue para o site deles. Veja o look pantalona de Emanuelle ontem aqui. . Hoje o lance era slim e saltão...




E para encerrar a Anna Wintour em pessoa e acho que de Chanel e Prada...




E uma de suas filhas, a jornalista e escudeira Bee Schaffer de vestido Chanel...


Volto amanhã com mais Paris, Chanel, etc...

Bisous
A+

Nenhum comentário:

LinkWithin

Posts relacionados