Moda Paris: Dior prêt-à-porter outono-inverno 008/009...Marisa Berenson, Lucy Liu, Mônica Cruz,Irina Lazareanu, Freja Beha...


E durante essa temporada de moda Paris eu resolvi mostrar em detalhes algumas partes dos shows que as reportagens em geral não mostram. Por exemplo: a porta dos desfiles é um dos lugares mais divertidos para estar. Desde cedo aparece a turma do "deixa entrar" a recitar todos os tipos de argumentos do mundo aos, para mim, conhecidos seguranças da Federação de Moda..Essa é a porta da Dior, ontem às 14H, horário de Paris, em pleno Jardin de Tuileries, onde existe o Espaço Efêmero e algumas grifes fazem suas apresentações...



E essa é a simpática e maravilhosa Marisa Berenson, habitué dos desfiles da Dior, dando entrevista a um canal de televisão francês sobre o Oscar de melhor atriz que Marion Cotilllard ganhou domingo por sua interpretação de Edith Piaf no cinema. Marisa elogiou o talento e a versatilidade de Cotillard ( ela passava cinco horas por dia sendo maquiada para ser caracterizada como Piaf e teve que fazer um exercício corporal enorme para disfarçar seus 1M70cm. Piaf tinha algo em torno de 1m50cm) e ainda destacou a juventude da atriz como um ponto a favor para ela se destacar ainda mais no cinema mundial. Cotillard tem 32 anos...




Saindo do universo paralelo entro enfim na imensa tenda branca e là dentro uma cascata é a boca de cena do desfile... Galliano anda numa fase águas. No desfile da alta-costura que o blog foi e publicou aqui no final de janeiro, havia uma piscina na passarela...




Como convidadas nobres Lucy Liu... Linda e natural....



E a irmã de Penélope Cruz, Mônica, devidamente instalada depois de ter sido bombardeada por um batalhão de fotógrafos do lado de fora...



A coleção...

Apesar da gente citar Jackie Kennedy e Grace Kelly nos anos 60, foi na própria mãe que Galliano diz ter se inspirado para criar a coleção 60 da grife..."Eram essas roupas que minha mãe usava", disse à televisão francesa depois do desfile. Influências de todas posso afirmar. O desfile foi o melhor que vi nos últimos tempos. Com muitos tailleurs, vestidos, cores variadas -tinha rosa, rosinha, verde, preto, branco, lilàs, amarelo, purpura, vermelho- e nenhuma calça...





Tinha três modelos de chapéu, tinha essa estampa da foto do meio, tinham saltos enormes. Dior não entra na fase de apostar em clientes mais jovens, continua a investir em mulheres mais maduras, fala no seu material de divulgação em "working woman"...





AH! E tinham as plumas desse modelo baby-doll a cara da Twggy, da Mia Farrow...Aqui na interpretação da top-roqueira Irina...



E quem disse mesmo que os balonês estavam fora??? Adoro fazer essa brincadeira. Vários deles na passarela Dior... É bom lembrar também que os cabelos usados no desfile conectam com Veruska, com Barbarella... As duas foram pautadas aqui no blog ano passado...



Terminada a apresentação mais buxixo na saída para ver as tops...A morena Freja Beha é uma das modelos da geração que a economia anda apostando. É nova e chama um publico de menos de 25 anos cheio da nota para consumir...Depois vou voltar a falar mais disso. Mas contei sobre a Burberry ( veja o vídeo no link) ter substituído Kate Moss por Agyness Deyn e mostrei o desfile de alta-costura da Chanel apenas com meninas novinhas e roupas para elas. Sacada de Lagerfeld...



E olha a Irina sendo perseguida pelos fotógrafos... Faço a anti-foto e pego ela de pertinho...



O cabelão Dior à luz do dia era assim. Fofoquinha boa: Suzy Menkes saiu da apresentação com uma das tiaras rosa usadas pelas tops. Fiz a foto. Vou publicar na minha coluna de domingo do jornal Gazeta do Povo, Paraná...Tesourinho guardado. Depois mostro aqui...




Antes Carine Roitfeld da Vogue Paris dando entrevista para o podcast da revista depois do desfile...


E dentre os profissionais que vão realmente cobrir os desfiles existe uma turma no meio que passa e aproveita a explosão de flashes para eternizar seu momento em Paris. J'adore ça...

Volto depois com mais Paris Fashion Week
Agora corro para ver desfiles
Bisous
A+

Um comentário:

Samuel disse...

Oi Ana!!!
Gostei bastamte da coleção de Galliano para casa Dior, parece que ele anda se aventurando no mais usável, mas sem deixar a viagem totalmente de lado!! Fiquei tão feliz com o Oscar de Marion, foi mais que merecido, ela não interpretou Piaf, Marion foi Piaf!!! Adorei compartilhar da mesma admiração que Marisa tem pela atriz, e ela também é excelente, nunca me canso de assistir Barry Lindon, fotografia e figurino perfeitos, sem contar que Marisa está divina, que honra, além do passado que tem ainda ser dirigida por Stanley Kubrick, não acha!!!! Beijos, tô aguardando mais desfiles!!

LinkWithin

Posts relacionados