MODA PARIS: Hedi Slimane e uma Dior homen super!! Albert Elbaz e uma Lanvin color!!!



E a imprensa francesa anuncia o desfile da Dior Homme como o mais esperado da temporada masculina. Hedi Slimane, seu estilista, é cultuado e adorado pela turma que realmente forma opinião nesse meio. E faz a grife vender bastante. Com isso a Dior investe bem na sua imagem ( assim como aconteceu com Galliano no feminino)...








Meninos meio franzinos com cabelos de diferentes versões aportam com muitas calças slim, calças curtas (em vàrias coleções), grafismos e coturnos infalìveis...








Sabiamente, rola também uma linha mais certinha, sempre com ternos e volumes ajustados ao corpo...Muitos estilistas fazem suas roupas a sua imagem e semelhança e esse é o caso da Dior Homme: é a cara de Hedi Slimane ( magrinho, meio tìmido, o avesso de Galliano, sim as comparações são inevitàveis e hà uma certa competição entre eles, dizem)....








Toques importantes nessa coleção? As cores neutras, as diferentes versões de casacos com uma boa versão do clàssico trench-coat...Essa trenchmania não passa mesmo...






E esse homem ainda se dà ao luxo de se apoderar de looks que podem ser usados por nòs também...Ou vice-versa. Nada mal, num casual day sair com esse look não??? Até a bota fica bem nas mulheres, por isso mesmo Nicole Kidman jà teve um vestido feito por ele...








Troca o rolo da fita e entra a equipe de Albert Elbaz para a Lanvin. Cores fortes, look quase monocromàtico e aì eles roubam uma cor nossa: o pùrpura...







Notaram o casaco mais comprido pero no mucho??? Tem de montão, sempre em cores clàssicas e diferentes abotoamentos...A combinação vai do jeans, couro, lã e cabe todos os tipos da sapatos como os excelentes tênis da Lanvin...A sobreposição da jaquetinha + colete + camisa + gravata é clàssica. Necessària no baù deles...






A maioria dos homens não tem paciência para comprar roupas toda hora e o mercado sabe disso. Então pirar é lindo, mas serà que vende??? Nessas misturas entram o super ousado como os brilhos ( do tênis azulão). Mas a existência de peças mais caretas acaba sendo a melhor opção para garantir o $$$$$$...

MODA PARIS: Hermés, YSL e Jean Paul Gaultier!!! A moda masculina é mista...

E continua a saga em busca de bons momentos na moda masculina parisiense. Encontrei YSL feita também por Stefano Pilatti com uma moda chique, cheia de marrons, tricôs e bem limpa...






E uma Hermés incrivelmente fina na linha luxo simples...O azul da calça de veludo e da jaquetinha de couro jà é. Anota aì a cartela de cores. As mulhers jà usam nas ruas de Paris...







Os dois looks das pontas são de YSL e o do meio Hermés...Mesma linha de misturar o sòbrio, o tricô maxi e também um pouco de glitter que a gente sabe: vende...





Monsieur Jean Paul Gaultier e seus homens avnaçados.É incrìvel: JPG tem 30 anos de carrreira e se formos ver sua retrospectiva sempre homens interessantes. Agora em 007 quase 008 ( a coleção vai virar o ano) veludo, um tecido super nobre, tricô, trench-coats, ou seja, muita coisa clàssica com versão mais abusada do estilista...







Hermés, Hermés e YSL...Couro mostarda, alinhado, sobreposição de casacos, texturas e cores e por fim um binàrio clàssico: bege e preto...Assim não tem como errar...






Se o tricô està na moda? Olha sò: YSL, JPG, YSL: três propostas onde ele é absoluto...Vale feito à mão e também numa linha mais industrial como o casaco com gola de pele...Ah!!! O marrom precisa dar o toque?





E esses gatos de Gaultier são perfeitos para a noite. Balades. Botinhas da mesma cor da legging brilhosa. Vale ouro, prata e bronze...Medalha para eles e coragem também para sair assim...



É isso ai: com Jean Paul Gaultier não tem essa de ignorar todos os tipos que consomem moda. Ele gosta de colocar casais improvàveis nas suas apresentações. Essa passagem não tà òtema??? E é super tendência: amor livre, improvàvel, monogamia, guardar segredo...

MODA PARIS: Galliano, Yamamoto, Comme des Garçons, Sonia Rykiel e Veronique Branquinho???

Perto da moda italiana a de Paris masculina é bem tìmida...Sonia Rykiel, adorada aqui, mostrou seu boy este final de semana cheio de tricô.. Um dos grandes detalhes da pròxima temporada de frio européia...E voilà: a calça de couro...




O bom e velho rock'n'roll é uma tàbua de salvação e sensação para a moda. Que o diga Junya Watanabe...




Fala-se que a moda de Paris fica apertada no meio do calendàrio internacional feminino de desfiles e coisa e tal...O marcante daqui são as tecnologias, os tecidos e aparecem bons looks como esse de Raf Simons, mas nada de maior que chegue a causar grande sensação ou que tenha um agente modificador...



Não é o caso do trabalho de Galliano que continua na trilha japa. Samurais, ninjas, tecnologia a serviço da moda e um bom recado visual...Coisa que ele é um dos melhores a fazer: comunica muito bem...







Comme des Garçons faz a linha Londres e traz bons ternos soltinhos de veludo...Nada comparàvel ao magnifico trabalho feminino da Rei Kawakubo, estilista da grife...Mas um estilo que não choca e pode ser usado sempre...



Dries Van Noten é daqueles queridinhos da mìdia. Està aì a imagem de um dos looks de seu masculino. Ele vem com força esse ano jà que acaba de desembarcar em Paris. Sua primeira loja fica na beira do Sena em Malaquais, mas ele jà avisou que em seguida pode desembarcar em outro bairro: Saint Germain...



E no desfile de Yoji Yamamoto também o maxi-casaco de tricô...Que mais de bom? As botas de Doc Martens..Esse modelo jamais sai de moda...É eternamente usado por quem faz um estilo off-road e também quem gosta de conforto...




Esse homem da Veronique Branquinho tem cara de mal hein???Mal-encarado ele é. Veronique tira do baù a jaqueta couro anos 80 e revisita o modelo pulover, camisa e calça de pregas....Tempos que não deveriam mais voltar à moda Veronique...Se é que um dia estiverammm. Às vezes dà a impressão de que os estilistas fazem o masculino para cumprir agenda ou contrato, sei là, mas soa absolutamente banal essa semana de moda masculina de Paris, salvo, sempre, excecções...que fique claro porque a "unanimidade é burra"...

MODA PARIS: Louis Vuitton : homens 007...petit comité fashion no Champs Elisées mostra veludo, bordeaux, fluor e outras coisas mais..


Depois da semana de haute-couture Paris vive uns pequenos dias reservados à moda masculina que, comparada à Milão, não é là grande coisa. A imprensa internacional não se interessa muito pelo assunto e, francamente, hà pouca coisa boa para ver. Uma delas é a chique Louis Vuitton que...








Convidou jornalistas especializados para um coquetel no ultimo andar da famosa loja do Champs Eliséees...Là a gente viu o desfile inverno OO7-OO8 da grife e constatou coisas bem legais...Por exemplo: os sapatos retrô em veludo e novos modelos com o monograma mais copiado da història da falsificação, sem exageros....









A Vuitton vai desde as jaquetinha mais caretinhas, com produção cabelinhos lambidos, uma coisa "Gumex" que, certamente, vai pegar entre os que adoram fazer um estilo "colei copiei"...








Uma das coisas que chama a atenção nesse homem? As cores fortes como os tons de bordeaux, os verdes, e também uma sessão se off-whites...











Linha smoking, ternos tradicionais ok...E a bolsinha a tiracolo em metal ( elas vieram em ouro e prata) dão um ar meio...huMMM....qual seria o termo para um homem que sai à noite com um acessòrio desses? Dandy renovado...










Sapatinho fluor....Vàrios toques assim também em pequenas listras no solado dos sapatos...Com uma turma de clientes asiàticos, principalmente os japoneses que adoram um espalhafato, a LV abre exceção e não ignora as exigências do mercado...









E por fim bolsa de croco chiquerérrima...Porque o mundo necessita também desse luxo cachée ( escondido), sem legendas, monogramas, somente design, conforto e...$$$$$$ para gastar, sem esnobar...

Fotos: Ana Clara Garmendia ( arquivo pessoal)

MODA PARIS: haute-couture 2007 e suas surpresas com Franck Sorbier e as experimentações de Felipe Oliveira Baptista....

Franck Sorbier...Anota esse nome ai. O blog recebeu as imagens agora pela manhã...Fresquinhas com uma gentil assessoria de imprensa deles. Bonne Reception....




O estilista fez uma apresentação bem fechada e por isso muita gente da imprensa internacional acabou não indo...Mas vale mostrar o trabalho dele que traz algumas das melhores imagens dessa semana de alta-costura....







Rainhas, inocentes, santas... Somos tudo isso. O estilista usa bem o jogo de imagens com sua sensibilidade, em roupas bem trabalhadas ( não adianta fazer toda a cena se as roupas são apensas alegorias hein?)...







Tempo de plumas... Elas dão um toque especial em uma roupa de alta-costura...Uma sensação de liberdade, fazendo o contraste com o pesado desses longos ( em quase todos os desfiles onde as modelos tem que desfilar com peças muito longas ou pesadas os tropeços são inùmeros. Elas riem disso...)






Franck Sorbier não inventou nada...Essa idéia de colocar um filho no colo de uma bela mulher não é nova...Gaultier jà fez isso, mas sempre traz um apelo forte...O poder da mulher é absoluto...O de dar continuação e justificar o porquê de estarmos aqui...E o trabalho desse vestido é realmente LINDO...







Hummm, o que é isso??? Esse é um dos looks de Felipe Oliveira Baptista....Um dos membros convidados da Federação Francesa e que cai bem naquele assunto de ontem. As experimentações foram legais, mas cansam um pouco....







Esse lado blasé de ver a vida não casa com a beleza que a moda tem que ter....







Às vezes o chamado conceito tão defendido pelos estilistas novos são apenas uma maneira de eles tentarem descobrir qual o caminho certo para seguir...Muitas dessas vezes o pùblico não entende e tampouco chega a se sensibilizar...

MODA PARIS: haute-couture 007, o final com Anne Valérie Hash e Boudicca e uma mais uma espiadela em Chanel e Dior...

Os ingleses da Boudicca estão na estrada da arte para fazer sua alta-costura. Não são là aquele show que a gente gosta de ver. Porém...






Tem um trabalho bonito. Bem novo que cheira a fresco em meio a tantos desfiles "over" cheios de pedrarias, volumes e coisas que sò cabem nos guarda-roupas das princesas àrabes...



Indo a vàrios desfiles nessa temporada me perguntei: eu usaria isso? Na maioria das vezes a resposta era um NÃO bem sonoro ou NON em francês ou NO em inglês, as linguas mais faladas por quem assiste a esses desfiles...




Daì que ver Boudicca dà uma aliviada nos olhos, porquê é um trabalho bonito, honesto, sem obviamente o glamour de uma grife milionària e certamente você não encomendaria uma roupa dessas. Iria comprar no prêt-à-porter que hoje é luxuoso o suficiente para dispensar certar apresentações de alta-costura...





Jà o trabalho de Anne Valérie Hash não justifica uma participação naquele que deveria ser especial....





Você não acha???? Soa mais um prêt-a-porter bàsico....Por isso a alta-costura vem encolhendo nos ùltimos tempos...Hà quem diga que ela tem os dias contados...Tudo isso não pela falta de talento ( que se faça justiça, porque criticar é fàcil) e sim pela falta de estrutura material...Qualquer apresentação custa uma fortuna...






Uau! As imagens da Chanel são tudo..Criação, produção, luxo mesmo. Hoje existem somente 10 membros oficiais na alta-costura... E três correspondente ( Armani, Saab e Valentino). Exatamente por isso que acabo de contar...Em 1998 eram 38 , mas com a mudança de realidade e necessidade no consumo, as coisas mudaram e...





Somente grandes maisons como Chanel e Dior podem proporcionar espetàculos de imagens e luxo... O resto é prêt-à-porter...

MODA PARIS: haute-couture 2007 com Armani Privé e uma India chique e Jean Paul Gaultier santificando suas mulheres...

Giorgio Armani botou para quebrar em sua apresentação da haute-couture verão 2007...Uma homenagem à Ìndia e o resultado são boas imagens e idéias como esse turbante misturado com os cabelos e um broche fantàstico...







Tà certo. Armani tem um estilo marcante...mas o que vem de là é bom e consolida o cinza e prata com diversidade de opções e...









Decotes, fendas, volumes...Preto e branco cheri???Sempre seja do jeito que for. Monsieur Armani declarou que quer fazer roupas para serem usadas para sempre...





Ainda bem. Imagina esses vestidos da alta-costura que, custam no mìnimo 30 mil euros e são feitos somente sob encomenda, ficarem demodê na primeira virada de estação...







O trabalho de Jean Paul Gaultier é inegàvelmente um arraso no quesito rendas, crochês, bordados, tecidos, não importa a crença que ele tenha ou...







Reverencie... Essa coleção tem o toque do catolicismo. Não é um deboche. É realmente uma representação fashion de ìcones da igreja...






Talvez ele choque os mais fervorosos, mas não parece ter sido essa a intenção de Jean Paul Gaultier... Soa mais como...






Uma homenagem ou até um agradecimento. Gaultier vem de famìlia humilde, batalhou muito para ser um dos principais estilistas franceses e ano passado completou 30 anos de carreira...







Agora ele brinca com essa mescla: somos santas ou não? Somos tudo...Por isso, nas entrelinhas, Gaultier dà seu recado colocando a stripper-girl Dita Von Teese ( terceira foto) para desfilar..Das paredes profanas do Crazy Horse ( onde fez show em outubro do ano passado aqui Paris), dos braços do quase ex-marido Marlyn Mason ( que para muitos pode parecer o demônio) para a passarela santa de JPG...

LinkWithin

Posts relacionados