Moda Paris; verão 2008. John Galliano, Kenzo, Haider Hackerman,Catherine McNeil, Mario Testino, Richard Prince...


Adoráveis imagens as do desfile de John Galliano para ele mesmo. Livre de suas obrigações profissionais de atingir o mercado de luxo que interessa à coorporação Dior, o estilista inglês faz sua própria festa. Tão genial quanto para a Dior. Adoro ver isso. O profissionalismo de Galliano e também a clara marca de sua mão tanto na Dior quanto na Galliano. As imagens não empobrecem, elas meio que se complementam. Wonderful!!!

Adorável!!!Hoje estou com essa palavra na cabeça, tudo é adorável para mim, sobretudo Paris depois da semana de moda com tanta coisa para revisar e minha mailbox pingando fotos de alta-definição dos maiores desfiles do planeta. Serão usada nos meus impressos nos próximos meses. Mais do que ir aos desfiles e conseguir os convites, depois é importante conseguir essas imagens das grifes, o que garante a permissão de publicação....Bom falar que a imprensa brasileira não tem livre acesso a tudo aqui. Brasil não está na pauta principal deles. Então quando recebo todos os materiais acho tudo adorável...




E sigo com Galliano garantindo o dourado para 2008...



Jà que temos tempos duros porvir, como disse ontem, na economia mundial os pretos não podem faltar. O primeiro com a fenda sensual é de Galliano O segundo é de YSL e eleito por Carine Roitfeld como o preto mais bonito da estação. Ombros estruturados e segundo, Carine, a cara da grife...Monsieur Yves Saint Laurent quando ainda labutava na sua grife sempre defendeu a importância do preto no guarda-roupa feminino. Sábio. Agora Stefano Pilati repete a dose infalível...




Amei os tons "laranja carne" e o degradê suave desse vestido...Influência ainda da fase espanhola de Galliano...





Pirâmide invertida para mostrar a coleção do espanhol Antônio Marras para Kenzo. O branco da noiva que fechou a apresentação é do time dos vestidos-camisolas...Na vida real serviria para uma noiva grávida ou ainda influenciada pela era hippie ( seria isso???)...




Verão Kenzo bem over...




E as flores-tendência de Marra também são carregadas de tintas. Roupas que na próxima estação você é obrigada a guardar um pouco.



Forte demais, mesmo sendo Kenzo e custando uma fortuna...





Na contramão dessa overdose floral está o trabalho de Haider Ackermann. Colombiano de nascença, mas com pais adotivos franceses e educação em Anvers, Ackermann segue na lista dos mais queridos novos criadores. Sua coleção molenga, prata e curta (por vezes) é a cara das francesas...




Magras e de pernas finas elas se adaptam perfeitamente a sua roupa...



Que não cansa em nada e também trouxe a transparência e a estruturação dos ombros...




E a top da temporada Paris? Catherine McNeil, a garota lançada por Mario Testino segue sendo apontada como a new-face do momento... Por quê? Pelos ombros grandes e postura que tem. Tudo a ver com a silhueta da hora...



E aqui o link da exposição do artista-plástico Richard Prince no Guggenheim. Ele fez as bolsas da Louis Vuitton no desfile das enfermeiras famosas realizado no domingo. Prince que não é o cantor começou carreira hà 30 anos e é dele a capa do album Sonic Nurse do Sonic Youth que eu falei ontem. Essa seria uma das explicações para as enfermeiras da Vuitton, tirando a influência clara autobiográfica de Marc Jacobs, estilista da grife. Sacou???

Bisous enormes e adoráveis
A+

Nenhum comentário:

LinkWithin

Posts relacionados