Moda Paris: Chanel em Beverly Hills, Peter Marino,Roberto Cavalli para H M, Lacoste, Prince e street fashion...


E fiquei abismada com a foto que recebi da maison Chanel com a fachada da loja recém-reformada em Beverly Hills. O projeto é de Peter Marino e remete à forma de um vidro do Chanel N° 5...Precisa falar mais? Lindo e talvez essa seja a boutique mais bonita da maison no mundo...



E também achei Vivienne Westwood linda na festa em que Courtney Love rasgou o vestido de Kate Moss, semana passada durante a Londres Fashion Week. Vivi aqui com o parceiro de criações e marido Andreas Kronthaler na abertura da expo Golden Age of Couture Paris and London 1947-1957. No Victoria Albert museum até 6 de janeiro de 2008... Informações aqui...



Agora aterrisso em Paris com as novas pólos da Lacoste. As peças nascem de uma viagem de Michael Young ao Japão alguns anos atrás. Là ele viu umas luvas de jardineiros que pareciam escamas de réptil. As polos plàsticas vêm em modelos masculinos e femininos. Tem ainda uma edição especial em tons metálicos vendida em apenas três pontos no mundo, dentre eles a Colette...



Não podia deixar de mostrar o saltinho do Prince em Londres, semana passada... Star pode...


Moda democrática...

Dia oito de novembro entram em linha nas lojas H M do mundo as peças criadas por Roberto Cavalli para eles... Aqui os primeiros croquis liberados à imprensa...


Assim como Stella Mcartney, Lagerfeld, Viktor & Rolf e Madonna o estilista italiano criou peças para rede holandesa. É uma forma de democratizar o uso de peças grifadas. Muitas vezes a roupa desses criadores é inacessível para o bolso de grande parte dos curtidores de moda...



Baixando numa rede popular a gente sabe que não vai ter a mesma qualidade. Não são feitas com o mesmo cuidado e materiais, mas dà para matar a vontade de ter um Cavalli autêntico...



Ainda mais numa época em que as estampas de bicho ganham dimensões enormes estando até em grifes como a Hermés (veja a edição de ontem do blog)...Bem, viva Cavalli!!!!



E agora a minha PARIS....


Os prédios ganham dimensões desmanchadas em plotagens a decorar obras... Essa é uma constante aqui. Não se vê bagunça nunca, são sempre tapumes lindos... Amanhã vou mostrar o da loja do Cavalli, ou melhor, de mais uma loja dele ( esse ano jà abriu uma linda na Montaigne) a inaugurar em breve na Faubourg Saint-Honoré...




E vejo muita cor e cabelos cada vez mais pirados. Adorei essa mecha branca com a franja desregular e curta em harmonia com a estampa e o colar de pérolas...



E o penteado desproposital para falar no telefone... O look é ótimo. A bolsa Balenciaga é um ícone, seja qual for o tamanho e cor que eles lancem. Nela a jopdpur ligth ficou perfeita...





E Paris eu te amo é a melhor coisa que alguém pode dizer dessa cidade. Aqui capotes longos como o do conde Dràcula podem esconder um doce rapaz louco para beijar a namorada numa ponte em frente ao Palais de Tokio com a torre Eiffel como testemunha. Fiquei poética... Não tem como não ficar. Volto amanhã com Milano na nossa órbita e ainda nossa street fashion de cada dia... Bisous A+

2 comentários:

georgia disse...

oi ana, adoro seu blog, vejo todo dia, é um dos favoritos!
mas tenho que discordar, saltinho e bota branca, nem star pode!hahaha
beijão!
sou a georgia filha da iara que te manda outro beijo!

The Next Miuccia disse...

Oi gostei muito do seu blog bom saber que no Brasil alguém entende de moda!Beijos

LinkWithin

Posts relacionados