MODA PARIS: Rolling Stones Circus, Pattie Boyd, George Harrison, Eric Clapton e + Kate Moss e o perfume..


E ontem fui dar uma volta pelo centro de Paris atràs de moda, hàbitos, enfim de achar conexões que me ajudem a continuar entendendo os movimentos que envolvem a mùsica, o cinema e todas essas artes que se conectam. Pois bem, começo no ônibus com essa simpàtica dama a meu lado. Andar de ônibus aqui é uma delìcia. Vê-se as margens do Sena e todos os monumentos e pontes que a emolduram. Fico sempre anestesiada e me bato entre màquina, bolsa e a vontade de gravar e sorver mais uma vez tudo. Sou "fominha". Entre vàrias batidas nela eu ia me desculpando por estar cheia de coisas incomodando. Foi quando ouvi a frase: "são as férias" e completou "Em Paris é sempre férias. É o espìrito da liberdade". Amei e prestei atenção em sua indumentària: vàrios brincos nas orelhas, boné cheio de caveirinhas douradas e um semblante de não estar nem aì para a minha falta de habilidade em lidar com meus equipamentos femininos e jornalìsticos..."C'est la liberté"...








Mais para frente vejo outras conexões entre a frase dela e a realidade parisiense: um jovem casal com as roupas da moda se beija bem na minha frente...Quem toma a frente é ela... Adoro esse comportamente anos hippies, quando as mulheres realmente se soltaram e fizeram uso da palavra liberdade em vàrios sentidos, principalmente no uso de roupas e no sexo...






E liberdade também na praia que a prefeitura montou às margens do Sena. Quem não viaja fisicamente, vai na mente e entra no clima férias...









E està tudo assim. Todo mundo meio jogado fazendo o que quer com o tempo livre que a temporada oferece...E de repente começo a entender a conexão entre o tempo: anos 60, 70 o povo jà fazia isso. Ia para as praças, parques, se jogava e ficava assim fazendo o que desse na telha...Existe uma ligação de 40 anos no ar...








E quando começo a ver o jeito que alguns se vestem vejo mais conexões entre o passado de paz e amor pregado pela geração hippie. Ele cresceu, anda ainda escoltado pelos pais, mas as cores e formas de sua vestimentas remetem a um tempo rico em mùsica e liberdade...








Pois não é???? Quem diz que Hedi Slimane revolucionou a moda masculina inventando o slim esqueceu que Mick Jagger usava roupas justésimas jà em 67!!!









E jà que a pauta é liberdade não pode faltar ela que sò faz o que lhe dà na telha: Kate Moss. O perfume da Coty com seu nome acaba de ser lançado. Lembra que o blog tinha anunciado ano passado???










Depois de um dia inteiro vendo algumas imagens como essas ai ligo a tv. No canal Arte passa o filme sobre o concerto que os Rolling Stones fizeram em 11 de dezembro de 1968. "Rock And Roll Circus" foi um show inesquecìvel. Fiquei delirando na frente das imagens com Jethro Tull, The Who, John Lennon, Marianne Faithfull, Taj Mahal, enfim a nata da mùsica inglesa daquela época toda junta tocando...Claro que olhei as roupas e pensei: esses sim eram modernos... O resto é còpia...







E aì hoje ( cronologia total) encontro a matéria sobre o livro que Pattie Boyd, mulher de George Harrison e "amante" de Clapton vai lançar em Londres dia 23 de agosto..."Maravilhoso hoje" contarà a real història desse trio amoroso...Olha a foto dela naquela época... Reconhece algo????








Para Pattie, seu marido George Harrison, bardo- poeta dos Beatles compôs «Something». Uma canção com 150 versões em 40 anos e, segundo Frank Sinatra " a mais linda composta em todos os tempos"...








Para ela, seu amor Clapton fez "Layla". Outra mùsica que todo mundo conhece... Olha o nosso vestidinho branco da hora no corpo de Pattie... Sobre esse tòrrido caso amoroso Pattie vai faturar lindo com ele. É uma història com vàrios desdobramentos-incluindo embates pùblicos entre os dois icones do rock inglês em torno da então linda e loira jovem que hoje confessa ter amado Clapton.

E aqui a gente vai ter matinê para curtir o resultado musical desse entreveiro...










Primeiro o Circo dos Stones... Para quem jà viu nunca é demais, para quem é novo delira vai.













Depois...




"Something" do marido de Pattie...








"Layla" do amor Eric Clapton...








Amanhã eu volto. Bisous A+++++

3 comentários:

Anônimo disse...

Hoje você se superou, não só na delicadeza do texto, como sempre,mas também com os vídeos.


Muito obrigada sempre.

Tamara disse...

A cada dia que passa tenho mais adimiração pelo seu blog...ahh...isso aqui é um tesouro escondido na internet...fico feliz por ter encontrado...desde que encontrei não consigo não visitar...o meu dia fica até mais feliz...haha
:)
To cursando o 2ºE.M no interior de minas, e a cada dia que passa estou mais certa do que quero fazer da minha vida...Ahhh...Moda!
Meus planos de morar ao menos por um ano em Paris...estão tomando proporções gigantescas...haha...tenho até medo do tombo se eu não conseguir...
Obrigada por nos proporcionar tudo isso...
Até a próxima...

Samuel disse...

Ana,
Hj eu corri o dia toooodo!!! Só parei ao anoitecer!! Tô me desdobrando entre meu lado cristão e meu lado pagão!!!hahahaha!!! Só vi o post maravilhoso agora de noitinha!! Tô quase me rendendo a um jeans azul "Klein"(coisas de Glória!!!)igual o da foto. Já vi que este verão vai se tornar o verão da indecisão, não sei se de hippie(bem chic, é claro!!), guerreiro glacial..., não sei se continuo motoqueiro fantasma... (agora meio jihad mineira!!!hahaha-um certo presente me concede este título!), a verdade é que no final das contas agente é tudo, mas tudo passou longe de ser "agentem"!!rsrsrs! "Trem bão" saber que tem gente das Gerais aqui tb, sô!! Tamara "vamu" convidar a Ana para comer um "quejin com goiabada" (light, é claro!Pq manter o physique é necessário, né?!!). Agora vou me recolher a passárgada, para conseguir dormir ao som das flautas, das águas, dos passarinhos... e tudo que faça relaxar!! Beijos "peace and love" Ana de mon coeur!!!

LinkWithin

Posts relacionados