MODA PARIS: Gianfranco Ferré saudades... E mais: o branco para eles é real... Os anos 60 também...



Dia desses eu disse que na moda não hà tristezas. E quase não hà mesmo. Sò quando gente boa como Gianfranco Ferré morre de repente, antes do momento que a gente acha que é a hora. Ele tinha 62 anos. Era um fofo. Morreu uma semana antes de apresentar a coleção masculina em Milão. Ficou todo mundo inconsolàvel. A causa da morte foi hemorragia cerebral...« L'architecte de la mode ». O arquiteto da moda iria fazer seu desfile domingo que vem. Vestiu de Elizabeth Taylor à Sharon Stone...Foi até diretor artìstico da Dior... Peninha...









E o blog jà tinha dado as tintas ontem. Hoje li num jornal francês: vem invasão branca aì para os homens. Outra? As bermudas mais secas. Clàssicas até...










E andando nas bordas do Sena não é sò o Bateaux Mouche que vejo não. De repente parado tomando uma coca-cola a elegância em pessoa jovem e o melhor: simpàtica...









A roupa dele não era branca, mas a Masseratti sim...











E os meninos que pedem a pose esses sim jà se adaptaram e adiantaram a nuvem branca que vai passar pela moda...Gente jovem sempre antecipa...











Intuição fashion: uma onda meio rebelde final dos anos 60 vai aportar nas vestimentas. Calças rasgadas, camisetas com motivos polìticos, bolsas à tiracolo e tudo mais podem estar prestes a virar febre. Quer apostar ?









Sabe o que eu adoro aqui em Paris? A simplicidade chique de todos. Independente de idade ou lugar até um short jeans misturado a um blazer preto e camiseta branca fica bom. Tudo vira moda...









Tudo bem falei em invasão colorida em alguma publicação recente influenciada pelas coleções inverno 008, mas as ruas amam o preto e branco.. Fazer o quê? As presilhas de cabelo são um jeito de diferenciar qualquer produção. Eu sempre uso. Tenho vàrias coloridas em formato de flor. Acho fresco e feminino...








Branco com jeans delavê. Realidade total em cruzamentos movimentadìssimos da cidade...








Depois de mergulhar fundo na moda da vida como ela é, uma pausa para o cafezinho chique e impagàvel da loja Louis Vuitton, esquina com o Champs Elisées... Um luxo total jà que na parte de baixo os turistas eram tantos que a gente nem podia se mexer, mas com educação fomos levadas para cima e recebemos o tratamento que todo mundo merece...Viva la France!!!!Bisous A +

2 comentários:

Gilce disse...

Ana querida seu retorno á Paris esta sendo um arraso!!!!!quantas informações sobre moda,comportamento e o mais legal os detalhes dos locais das ruas, que vc passa para seu leitor sao dicas muito importantes...
Parabens pelo lindo trabalho.
beijos

Gilce

Anônimo disse...

Olá Ana... eu adoro acessar o seu blog, muito demais! Assim como Claude Montana, o grandiozo Ferré também é um dos meus grandes idolos e uma pena que se foi! Considero os dois estilistas os melhores que já conheci(não pessoalmente claro), mas são tantos os trabalhos que eu já vi que me impressionou muito! Agora esperaremos quem ocupará o lugar do mestre italiano!!!
Tchau.... Eduardo

LinkWithin

Posts relacionados