MODA PARIS: Dalida ganha expo na cidade e mais Valentino e looks de rua...

Paroles paroles...Dificil alguém até no Brasil que nunca tenha ouvido a popular musica francesa cantada na década de 70 por Dalida. A estrela nascida no Egito, mas residente na França até sua morte tràgica em maio de 1987, era uma espécie de Cher para os franceses. Adorada pelo mundo gay até hoje ela é lembrada pelos trajes chiquérrimos que usava e pela forma como encarnava suas canções....Bem, todo esse lero lero é para contar que agora ela ganha uma expo no Hotel de Ville, em Paris...












A vida de Dalida foi um drama sò. Fora dos palcos seus amores deram muito trabalho. Um deles se matou e com o reflexo disso ela pròpria acabaria com sua vida anos mais tarde. Tudo isso fez o mito ficar maior para os franceses. Ela era linda, produzidérrima, talentosa, rica e infeliz. Quer combinação mais estrondosa junto aos fãs? Agora na expo as roupas que faziam esse mito uma maravilha feitas por grandes costureiros franceses como Pierre Balmain ou Yves Saint Laurent estarão à mostra até 8 de setembro. Fora os trajes ainda sapatos, acessòrios como bolsas e foulards. Prometo que assim que terminar essa minha incursão pelo Brasil corro na expo para fazer as fotos...


Foulard= echarpe, tà?










Mas se sua vida pessoal foi tràgica, os palcos foram glamourosos e esta ai a capa de um de seus sucessos. Era Disco total e Dalida enlouquecia seus fãs. Quais suas maiores parcerias? Julio Iglesias e Charles Aznavour...Dà uma passada no site oficial Dalida aqui e entra no clima...








E lembra que eu falei que achava que o vestido que a Trentini usou na festa do Poiret em Nova York essa semana era do Valentino??? Agora fui olhar nos meus arquivos e achei a imagem da vitrine dele, do vestido que achei que ela estava, feita mês passado em Paris... Não é a mesma peça, mas a concepção e silhueta sim...










E nesse meu arquivo o clique da sandàlia para usar com o vestido... A gente teve uma época em que não se combinava mais o sapato com a bolsa...Agora as coisas estão ainda mais livres: combine se você quiser e achar que esteticamente fica bom. Não tem essa de uma regra rìgida não, tem sim a questão do conceito estético, aliàs sempre teve...












E olha a bolsa sugerida na mesma vitrine Valentino... Bordada com rosa...Tudo!!!










Ali perto da loja Valentino ( que fica na avenue Montaigne) tem outra rua onde vàrias lojas famosas estão instaladas (Balenciaga, Kenzo, Givenchy, Hermés). É o chamado triângulo de ouro parisiense: avenue Marbeuf (com restaurantes maravilhosos), Montaigne e George V. Foi là que eu fiz essa foto... Primeiro achei que ela estava cobrindo o rosto por ser àrabe, depois percebi que é estilo mesmo com o foulard na cabeça e pescoço...Os franceses dominam essa técnica...Foulard é como se fosse uma segunda pele, eles usam com tudo e em quase todas as estações, sò não quando os dias estão muito quentes, assim mesmo o lenço de seda amarrado no pescoço tem uma utilidade: proteger do suor e manter o perfume...











E olha ai mais um elegante homem andando pelas ruas de Paris num dia qualquer da primavera...Um bàsico-clàssico-chique de frente...








De costas e de lado... Adoro a bolsa enorme na mão e o òculos transparente. Não tem nada a ver com um seguidor de moda não. É um seguidor de elegância. Diferente...









Para encerrar a foto do dia: ela foi feita de longe com zoom por isso està meio lavada, mas o que vale é perceber o quão o trio calça slim+sapatilha+jaqueta perfecto pode ficar bom...Otimo look para sexta-feira e finais de semana... Bisous A + fiquem com um clipe da Dalida.....


Nenhum comentário:

LinkWithin

Posts relacionados