MODA PARIS: Balenciaga e Martin Margiela...Sim a moda tem gente real..Normal não...

Normal nesse mundo ninguèm quer ser..Pelo menos não nòs que amamos moda. Mas é bom ver a parte masculina feita por estilistas cool como Nicolàs Guesquiére da Balenciaga poder ser admirada, sem ter que entender porque o cara fez isso ou aquilo...






Nicolàs certamente fez esse homem quase 008 para um frio não muito intenso, caso da Europa agora. Aquecimento do planeta baby...Nem por isso a història ficou sem graça...Seus homens sequinhos usam sobreposições. Elas sempre funcionam. Bom-gosto na medida certa...



Ok, dias frios...Esse look. O modelo de casaco é célebre. Quem jà não teve uma versão dele???? Fica òtemo assim com tudo preto e o foulard ( tipico da vestimenta dos parisienses) agarradinho no pescoço...






É bom um break também nas pirações. Às vezes "satura" mesmo o lance de querer inventar demais e de roupa nada...Boa fase masculina da Balenciaga...Cumpriu bem o calendàrio focalizando a criação para um homem mais jovem...E anota a volta do càqui...cor que também usamos muito década de que mesmo???? Vàrias....








Falando em realidade. Esses caras da Maison Martin Margiela parecem estar saindo do metrô, ou vindos de uma tribo cigana bem urbana. Mistura de verde com marrom é para quem tem estilo. A camisa aberta para um tipo que sabe fazer a linha "cafajestes do século 21" e os diferentes tipos de jaquetinhas agradam difetentes tipos de homens...Òbvio...





As calças sequinhas, a bota para fora ( total nessa estação), o casaco mais comprido, o cabelo, enfim você tem vontade de quê mesmo???






Pensadores? Eremitas? Nômades? O trabalho de Margiela passa essa sensação. A de que ele està em sintonia com um povo que não é fashion victim, mas se veste, gera opinião e faz o mercado funcionar...





Fica ai a proposta. Um simples olhar muda tudo. Calça sequinha, coletinho. Tudo. As outras escolhas quem faz é você. As de Martin Margiela ele jà fez. E uma delas é não falar com a imprensa. Bom... então a gente pode imaginar bastante o que ele queria dizer com suas coleções. Sempre. Até que não é uma mà estratégia...

Nenhum comentário:

LinkWithin

Posts relacionados