MODA PARIS: vestido de Audrey Hepburn volta para casa depois de ser leiloado na Christies! E mais: a moda das passarelas nos editoriais..

Dizem que Chanel é a mãe do vestido curto preto e Givenchy o pai do longo. Bem a cena de Audrey Hepburn olhando uma vitrine de jòias em Nova York é uma das mais celébres do cinema e não deixa nada mais a pensar sobre o poder de um preto longo. Agora a gente repete a dose para contar: dia desses esse vestido usado por Audrey no filme de Black Edward baseado no filme de Truman Capote que em portugês ganhou o nome de "Bonequinha de Luxo" foi leiloado por mais de 600 mil euros. A cifra foi para a associação do escritor francês Dominique Laporte Lapierre "City of Joy" e o vestido? Bem esse voltou para os acervos da Givenchy para preservar o patrimônio da casa...







E para falar: o longo preto da Fendi usado por Carmen Kass na coleção prêt-à-porter primavera-verão 2007 e desenhado por Karl Lagerfeld traz para os dias de hoje aquele frescor necessàrio para a moda...








É uma delìcia reconhecer peças de desfiles em grandes editoriais de moda. Esse da Vogue Itàlia traz o vestido da coleção do inverno Jean Paul Gaultier num ensaio lindo e colorido. Contrariando a onda de trabalhos com fotografias desfocadas que não mostram a roupa como ela é...Uma outra coisa boa de ver: a cor nos làbios, um tom meio alaranjado deixa de lado uma época em que todas andavam somente com a "cor da boca"...Voilà! Os tempos mudam e a moda avança novamente para searas alegres....








Falando em alegria entra de novo a sedução. O blog jà tinha mostrado as peças da Agent Provacateur... Os bodys, na verdade o que a gente chamava de collant na década de 8O, são excelentes tanto no uso pràtico junto com qualquer tipo de parte de baixo ( calças slim, oversizes, saias justas pelos joelhos e também com as minissaias) quanto no uso ìntimo fazendo o tipo coelhinha de Playboy particular...Sim, porque a sensualidade verdadeira é boa de ser expandida entre poucos...Vulgaridade? Jamais






Outra imagem boa de mostrar como idéias de passarelas acabam dentro dos editoriais. Quem lembra dos turbantes do desfile de primavera-verão 2007 da Prada? Muita gente criticou Miuccia por não ter mostrado muita coisa na sua apresentação, agora eles estão aì codificados para os dias de hoje e que, pelo menos aqui na Europa, vão ganhar adeptas....









E falando em provocação esse anùncio de jòias da marca italiana Lucifer vir Honestus não precisa de palavras...Mas atenção: assim como o profano aparece e muito, o sacro também està no ar...( o blog vai mostrar nos pròximos dias)....

Nenhum comentário:

LinkWithin

Posts relacionados