MODA PARIS: haute-couture faltam seis dias..enquanto isso um pulo em Milão para encontrar Prada, Dolce & Gabbana, Versace, Jil Sander, McQueen...

Para abrir a imagem do dia com um homem elegante na
versão futurista de Dolce & Gabanna
. Os italianos trazem referências do filme de Stanley Kubrick 2001 Odisséia do Espaço e dão um toque de sobriedade na sua passarela...Chique.










Em contraponto a elegantes momentos roupas de astronautas (que abriram o desfile) dando um certo conforto ao gato D & G que andava meio apertado ultimamente em roupas carregadas de balanfandãs, rasgadas e justas...






Parece que a grife se ligou que estava de dar uma virada na pàgina de exageros. Hora de elegância meninos...Please...E o cinza que jà està nas ruas de Paris para todas as mulheres entra na pauta deles...








Dolce & Gabanna ( fotos das pontas) e Jil Sander. Duas boas apostas que fazem parte do guarda-roupa feminino mas que rola muito bem no deles: o trench-coat e o tricô...











E Donatella Versace pode ter dado uma segurada na onda de exageros mas sua onipresença é tão forte que mesmo nas passarelas masculinas ela mostra que a rainha é ELA. Suas clones se entremeiam aos homens do inverno 2008 vestidos com calças sequinhas, cores fortes e uma postura decidida boa de ver...










Que bolsa é essa? Moda masculina? Sim da coleção Prada...Tem gente que vai fazer tudo para ter uma dessas...













A proposta de Jil Sander é de se atualizar, sem perder a elegância. Esses dois primeiros looks comprovam que a grife conseguiu acertar o prumo. Jà a Missoni transmite para sua coleção masculina o poder dos uso das cores em tricôs de altissima qualidade e a Dolce & Gabanna com um toque Dandy moderno, sem exageros...










Mais Prada: aos extremos. A grife reedita as tocas de lã colocando um bom ar marginal masculino. Existem vàrios tipos de homens no planeta e a grife tà ligada nisso...







Alexander McQueen em trench colorido, Versace em couro e Prada num casaco oversize...A Milão masculina é realmente demais...










Alexander McQueen entra na que Gareth Pugh navegou na coleção passada em Londres, cobre seus homens, coloca cor terra neles e dà um ar de guerreiros-ninjas com couro, calças slim e os casacos mais compridos linkando com os lordes do passado. Mistura boa entre o que jà foi e o que é...

Nenhum comentário:

LinkWithin

Posts relacionados