MODA PARIS: haute-couture começa com gueixas new-look em Dior, Jack Kennedy em Valentino, prata para Elie Saab e muito sonho...

O motivo é a comemoração dos 60 anos da Maison Dior. Foi em 1947 que Christian Dior fundou sua loja aqui em Paris. Longa estrada que hoje nas mãos de um excêntrico criador ( Jonh Galliano) mistura o famoso new look com a tradição oriental das gueixas e a història de madame Butterfly...



A apresentação de ontem aqui em Paris, no Bois de Bologne ( um parque fantàstico onde existem alguns clubes chiquérrimos dentro) foi para poucos convidados e a cena dramàtica e teatral clàssica de Galliano mais uma vez foi montada...




Em geral Galliano faz sempre a mesma coisa: pega um tema històrico e coloca suas pinceladas de delìrio sempre provocando impacto. Desdobrando tudo isso surgirà uma outra coleção mais ligth e sem apelos alegòricos ( provavelmente para o prêt-à-porter). O show de Dior jà é tradição nas mãos do estilista inglês que dessa vez apareceu vestido como um soldado inglês...






Valentino também deu sua viajada (quem não dà?). A dele foi ir ao encontro de Jack Kennedy, 1968, ano que em que ela se tornou mulher de Ari Onassis. Foi Valentino quem fez seu vestido e ele lembrou de tudo com o mesmo chiqué da época...









Nessa ele vai para Roma para uma fase branca que passou e o resultado são roupas de mulheres realmente especiais ($$$$$$) e, principalmente, com muita grana para gastar...Um vestido de alta-costura pode chegar a custar 100 mil euros...Consta que existem duas mil mulheres no planeta que consomem a alta-costura...






Elie Saab ( a gente jà vai falar dele), Valentino e Dior...Três longos de sonho, qual é o seu???





Então...o estilista Libanês Elie Saab é um dos membros correspondentes (Valentino também é), ou seja, vem de fora e faz parte do seleto grupo da alta-costura aprovada pela camara de moda francesa...Subindo cada vez mais no gosto de celebridades e milionàrios, Saab abriu a semana de desfiles e mostrou vestidos contemporaneamente lindos...






Sua noiva prateada vem em contraponto a coleção anterior que foi ouro total. Sem teatralismos ou exageros a roupa de Saab veio para estabelecer uma razão comercial legal nessas apresentações da alta-costura...E para vender sonhos também: essa é a proposta de todo esse trabalho onde as roupas são feitas pedaço por pedaço, pano por pano, pedrinhas por pedrinhas, enfim um trabalho artesanal vindo do passado...

2 comentários:

Érika disse...

Oi Ana, entrei para ver as gueixas de Dior e não encontrei...bjs, Érika.

Ana Clara Garmendia disse...

Amore
São referências não uma gueixa reproduzida. Veja os cabelos, o make, o detalhe da foto de abertura do Blog, a saia justésima da parte em que falo dos longos...Sacou? Beijoka

LinkWithin

Posts relacionados