MODA PARIS: Louis Vuitton, Chanel, Chloé, Ysl...Delicias de acessorios irresistiveis...

Um desfile dentro de outro...Assim a gente pode definir quando as grifes apresentam junto às roupas suas coleções de bolsas...Ìcone de poder, uma boa bolsa para abrir muitas portas...Ela decodifica você junto à sociedade...Por isso o blog fez uma pequena seleção dos modelos apresentados na semana de prêt-à-porter de Paris...




MIMO BRANCO: a Chanel e um modelo tipo saquinho em matelassê ( tradicional técnica usada pela grife assim como as famosas alças de corrente)...Sabe quanto pode custar um acessôrio desses??? Mais de 3 mil reais...





A Louis Vuitton é campeã no assunto. Tem mais 152 anos de tradição ( a maison foi fundada em 1854 em Paris e é uma das poucas que tem seus produtos fabricados na França) e um històrico de qualidade indiscutivel, por isso mesmo é alvo de falsificações cruéis no mercado...Para compensar sempre uma renovação como o modelo azul de mão...





Esses modelos que não são os clàssicos da LV aparecem e somem rapidinho das lojas...Viram peças de colecionadoras..Acreditam?? Também custam uma fortuna..





A Yves Saint Laurent fez essa estilo bem despojado para as finas que gostam de uma bolsa a tiracolo. Estilo mulher de roqueiro, entende????




Outra que està ficando famosa por ter modelos incriveis é a Chloé. Na sua coleção anos 70 ela traz o amarelo como acessòrio. No verão é uma alternativa interessante...Salpicar um pouco de cor...





Mais dois modelos de mão da YSL...A grife quer aproveitar o vasto poder que uma simples bolsinha pequena de mão provoca no desejo de consumir feminino..Dizem que uma mulher é capaz de fazer qualquer coisa por uma bolsa. Não diria que qualquer coisa, mas que estourar o cartão de crédito sim...

MODA PARIS: franjas à vista



As coleções de prêt-à-porter trazem uma velha conhecida da moda em novo formato: as franjas. Sem ser vulgares nas criações da Givenchy elas apareceram em varias versões de vestidos ou saias. Logicamente que uma roupa para poucas...



No detalhe um trabalho bem artesanal que faz a peça ficar incrivel e que marca um grande ponto no surpreendente momento da grife...




E além da Givenchy ( fotos das pontas) a Loewe sai um pouco do basico mostrando franjas costuradas no vestidinho branco...Uma boa alternativa para não exagerar no detalhe...



E a coleção de Emanuel Ungaro elas apareceram em bolsas. Uma boa forma de aplicar a tendência....E foram bem conceituais na apresentação de A.F. Vandervost...Você escolhe como vai usar as suas...é sò ter criatividade...

MODA PARIS: se as roupas estao classicas, os acessorios até que nem tao basicos assim...



Um momento extremamente limpo, de linhas classicas, uma volta aos curtos, um exagero nas mangas ( que o blog vai fazer uma edição especial) e sapatos enormes...Essa é uma das linhas que a semana de prêt-à-porter de Paris seguiu...Em meio a flores românticas na passarela as sandàlias de Yves Saint Laurent são um show de modernidade...








Mesmo quando em linhas gerais as sandalias são releituras, os materiais são diferentes, couros especiais e também uma outra velha conhecida arma de sedução feminina: a meia arrastão...Vamos combinar uma coisa? Se for bem usada, ela jamais sairà de moda. Pode ser classica...







O plastico em uma versão chic da YSL e o modelo também classico de fitas faz o contraponto da coleção...








E a Louis Vuitton fez coleção retrô, mas arrasou na ousadia dos sapatos. A sandalia é delicada e o salto furado e dourado dà aquele toque futurista...É o retrô-futurismo ganhando volume e forma na primavera-verão 2007...








E a Givenchy colocou sapatos e sandalias enormes na passarela...Coragem para usar..Elas podem virar armas...








Parece uma pintura aborìgena? E é...Transportada para os sapatos Givenchy....Coragem novamente menina...Tudo por um estilo diferente em meio a tantas imagens que buscam sempre uma renovação na criação de moda...

MODA PARIS: Saruel, uma peça que sai do circuito aràbe e invade as grandes grifes...



Pensou que a semana de moda de prêt-à-porter de Paris tivesse somente uma tendência forte? Engano. As calças saruel apareceram em vàrias apresentações desde a "cara" Viviene Westwood que tem e cria sua pròpria moda para seu proprio gueto....



Passando pela Wunderkid bem trabalhada por Joop em uma calça de seda não tão volumosa, mas que fica òtima com salto alto e uma blusa mais sequinha ( aqui uma barriga de fora nada extravagante e apelativa é permitida)....



Percorrendo ainda as criações de Givenchy em vàrios comprimentos do modelo que jà foi moda vàrias vezes e que ano passado chegou a ser editado em jeans, mas que agora ganha versões mais sofisticadas ( sim porque em jeans é uma moda não muito confortàvel). Atenção: somente permitido para as magras de pernas longas....




Oui! Louis Vuitton também visitou a tendência...Não dà para ignorar que a influência aràbe é cultural e atàvica nos nossos criadores...



Jean Paul Gaultier fez para Hermés uma propria versão do saruel. Mais para pantalona, mas com uma referência ligeira na peça...



Ao ver e rever as coleções a gente começa a enxergar de outra forma o trabalho de cada uma delas. Resultado: quanto look legal na Balmain...Christophe Decarnin acertou a mão e està na mesma onda coletiva de seus concorrentes ou colegas criadores...



Ok a Yves Saint Laurent perdeu um pouco o frescor...Mas Stefano Pilati tem là seus bons momentos ao substituir monsieur Laurent na direção artistica de uma grife que faz parte da història da moda do século 20 ao lado de Dior, Chanel, Balenciaga, Balmain e tantos outros que ainda tentam manter pulsando a vibração do glamour vivido no passado...

MODA PARIS: leveza, transparencias e sensualidade num verao 2007 glamouroso, sem ser exagerado...




Mesmo Emanuel Ungaro ( sob a direção artistica de Peter Dundas) que adora um exagero conseguiu acertar em alguns looks na coleção primavera-verão 2007 prêt-à-porter. Um longo pùrpura ( matiz que os atores detestam, dizem que dà azar, mas que os catòlicos amam. É a cor do Papa) pode fazer milagres de beleza não???




E na discrição do branco e prata Balmain também colocou suaves transparências em suas peças. Tudo feminino, puro e jovial...



Com ar vintage a Louis Vuitton também tem vàrias opções de suavidade na sua coleção...Um contraponto são os òculos arredondados e as bolsas cheias de detalhes que certamente darão uma trabalheira para a mafia chinesa copiar...



Mais suavidade e leveza na coleção da Loewe. Comercial e bem editada a grife consegue fazer uma roupa para mulheres de vida normal ( que não são atrizes, vedetes ou afins), que gostam de coisas boas de linhas clàssicas mas com um leve toque de sedução...Transparêncioa bem colocada serve para isso...




"Derretendo" a dureza do preto e do brilho na calça de cetim a transparência apareceu também na coleção da Akris (fotos das pontas) e de Antonio Berardi...É sempre bom fazer essa mescla do comportado com o sensual. Não pesa e as roupas se eternizam....

MODA PARIS: ombros à mostra...Uma tendencia absoluta



Em todas as coleções que Paris mostrou para o prêt-à-porter verão 2007 os ombros apareceram bastante, obviamente por ser verão, mas alguns detalhes das roupas os destacam mais ou menos.
Fora isso eles jà vinham aparecendo nas chamadas coleções Croisiéres (apresentadas no inverno), uma jogada comercial das grandes grifes para vender roupas mais simples e mais baratas dentro do conceito luxo....O blog abre com um icone de ombros à mostra: o classico vestido vermelho Valentino...



O incontestàvel Lagerfeld para sua coleção homônima com vàrios decotes de ombros...O vestido beringela tem detalhes que sò mesmo de perto dà para perceber a quantidade de referências que ele traz...Urbano, casual e usavel em qualquer situação...



Chanel e a reedição de um modelo bem singelo que mostra tudo com um toque de recato. As manguinhas bufantes vão virar febre e jà estão sendo usadas inclusive em camisetas...



Falando na Croisiére olha ai um look da Dior apresentado esse ano em Nova York...Foi o começo de uma fase de simplificação luxuosa da grife...




E a Miu Miu faz varias versões de blusas e vestidos que mostram os ombros. Todos comportados. Bem adaptaveis também para qualquer situação. A nova mulher não està para sensualidades escancaradas. A gente ja falou sobre isso né???

MODA PARIS: Costume National e seu futurismo sensual...



A idéia da Costume National é propor roupas futuristas...Numa mistura bem acertada e fazendo justiça aqui e agora a possiveis comparações com a coleção Balenciaga que também fez coleção futurista, a grife mistura elementos prata com linhas simples e puras...




Esse classicismo que toma conta da moda é realmente uma coisa forte. A volta de materiais como couro e vinil também, apesar de nos dias quentes de verão ser uma roupa desconfortàvel...Mas essas roupas não são para o dia, são para "coquetel" como se dizia antigamente e como tudo renova o classico a gente se apodera do termo e "classifica" as criações da Costume National ( que em Paris é vendida nas Galerias Lafayette) assim...



Batas soltinhas de seda bege...Otimo look para ser usado com uma parte de baixo ou na praia assim mesmo...Um comentario sobre as batas ou tunicas: ELAS NUNCA SAEM DE MODA PARA QUEM SABE USA-LAS...Isso significa: não exagerar nos detalhes, deixar que a peça não concorra com outra que você esteja usando...



Saber colocar elementos futuristas numa peça é realmente para profissional. Na leitura deste vestido o prata identifica o toque...Na verdade hà sempre varias interpretações e varias referências numa roupa, por mais que ela tem um tema definido, o que aliàs traz muitas discussões...porque moda boa mesmo não pode ser caricata...



Finalizando: a Costume National não fez nada demais, mas cumpriu a exigência comercial do momento que são roupas limpas, com cores fortes, metalicos ou ainda com a ausência delas em tons neutros como o bege...A grife ainda deu outro toque atual: a estruturação das mangas e a cintura marcada ( que fica bem em quem não tem quadris largos)...

MODA PARIS: o encantador trabalho de Giambatttista Valli



As imagens protagonizadas por Giambattista Valli dão um alivio na gente. Fresco, moderno, leve e autêntico, mesmo que siga uma tendência geral de curtos, coloridos, beges e decotes tomara-que-caia...




Uma seleção de pretos até que nem tão bàsicos assim. Os babados ficam lindos tanto mais curtos quanto mais longos e são sempre clàssicos...




Quando entra na alfaiataria o estilista também acerta...As peças dos dois looks brincam com volumes, comprimentos, grafismos e cortes...Falando nisso: você sabia que as golas de casaco sequinhas foram inventadas por Balenciaga para que as mulheres pudessem usar suas pérolas???




E esse modelo volumoso e ao mesmo tempo simples em vermelho seguem uma linha lançada por Chanel em sua alta-costura outono-inverno 2006...É monsieur Karl Lagerfeld servindo de inspiração para outros bons estilistas...



Mais tomara-que-caia em estampas ou cores fortes como o rosa..Alguém tem duvida da profusão de leituras desse classico modelo que a moda terà pela frente????



Vestidos de todos os jeitos...Na versão bege, simples com poucos detalhes na barra ( excelente com legging ou jeans slim), modelo mais armadinho, feminino e mais uma derradeira versão do nosso decote do dia...Tomara que não caiam de moda tão cedo!!! São excelentes aliados do verão...

MODA PARIS: ainda mais...Veronique Branquinho e Rick Owens...



A estilista Veronique Branquinho faz parte da banda nova que jà tem seus fãs e seus pontos de venda bons no mercado internacional. Essa temporada ela trouxe o estilo Charleston...Uma boa opção em conjuntos de blusas trabalhadas em fio prata (prova de que ela anda sozinha mesmo na sua pesquisa de coleção), saias de cetim na altura dos joelhos ou ainda numa versão bem limpa e deliciosa do jogging em cetim...Uma roupa que a gente usou nos anos 8O lembra???



Sem perder o toque de que sua roupa é feita agora, completamente sem ar retrô ( um feito e tanto para quem trabalha com temas antigos) Veronique dà à moda bons trabalhos com saias, franjas ( também tendência que a gente viu no desfile da Prada em Milão e em alguns outros) e na limpeza do vestido de cetim com detalhe nas costas...



E Branquinho trabalhou também um leve plissado no vestido soltinho em cetim. Uma peça que sempre tem espaço no verão seja no Brasil ou na Europa. Quer mais? Todo mundo que não seja muito baixa pode usar....Até as mais cheinhas que não tem braços fortes demais...



E Rick Owens brincou com leveza de tecidos, cortes e comprimentos numa apresentação que, sinceramente, não traz nada de novo ao nosso universo...




Mas que, voilà, soa como um trabalho alternativo que segue sempre um estilo de exploração de tecidos e se não chega a encher nossos olhos também não assusta. Além do mais tem publico para Rick Owens...as muito magras, altas que são lindas e ficam bem com todos esses volumes. Roupa para mulher de cara limpa...

MODA PARIS: o bom começo de Wolfgang Joop para Wonderkid



Uma excelente alfaiataria baseada no trabalho de quem??? Wolfgang Joop levou toda sua experiência para a Wonderkid estrear em Paris. Resultado uma roupa que merece um editorial sozinho e que trabalha cortes e tecidos de maneira impecàvel...



Uma roupa feminina, voilà, sem cara de verão, mas a gente sabe que mulheres contemporâneas vivem atravessando os oceanos e precisam sempre de boas roupas de diferentes estações...A jaquetinha de couro com a saia soltinha traz um look diverso em meio a tantos curtinhos sequinhos ou vaporosos que se viu até agora...




O casaquinho mais curto com corte de smoking cai bem com a calça soltinha, mas vai em outras tantas opções. Joop fez também uma boa inserção de flores no tecido tradicional e trabalhou numa boa os comprimentos mais longos. Està ai mais uma versão manchada que começa a se consolidar como uma leve tendência...




Impossivel não amar esse vestido...Soltinho, com detalhes de trabalho no tecido na cor levemente borrada e nas tachas que fazem um drapeado suave...Acerto ligeiro...




E o rosa que andava meio sumido em boa fase na coleção Wonderkid..Shortinhos larguinhos ou em couro trabalhado, camisas cheias de detalhes ou o casaco que faz terno com o short. Perfeito para um verão chique e nada apelativo...

LinkWithin

Posts relacionados