Armani em campanha vermelha



A apresentação de Emporio Armani na semana de moda de Londres teve um apelo diferente da exaltação à moda. Usando a força de seu nome Giorgio Armani reuniu celebridades em seu desfile para dar força à campanha The Global Fund to Fight AIDS, Tuberculosis and Malaria ( Fundo Global de combate à AIDS, tuberculose e Malària) na Àfrica. O peso de tudo isto?
Gente como Bono, Beyonce, Ashley Judd, Leonardo DiCaprio, Kim Cattrall, and Alicia Keys falando sobre a campanha.





E se a moda de Armani agora é deixar a moda de lado para falar de coisas sérias, as celebridades adoram. "Shop till it Stops" é o lema. O ciclo é este. Arrecadar dinheiro para esta campanha.



Como novidade a grife não acrescentou nada ao jà conhecido estilo de Armani. Muitos curtos, vestidos bàsico preto e vermelho e modelos tomara-que-caia. As cores cinza, preto e vermelho também reafirmam que o estilista està noutra batida e que a moda para ele começa a ser um veìculo para fazer coisas maiores. Voilà.
É òtimo usar um assunto que parece ser fùtil e aplicà-lo em uma causa extremamente grave na saùde pùblica do nosso planeta.




Falando em roupas. Erdem Moralioglu, também na semana de Londres oferece uma coleção baseada na decadêcia do século 18 misturada com a ousadia dos muito curtos. Se eles estavam em desgraça hà um ano, atualmente se consolidam.



As cores do preto ao marfim, as meias de renda, a atitude blasé combinam bem com o astral do momento. Passam os rebuscamentos e a moda londrina passa muito bem. Roupa sem muitas invenções, afinal tudo se transforma sempre quando o assunto envolve a criação.


Fotos: reprodução Marcio Madeira

Nenhum comentário:

LinkWithin

Posts relacionados